Plicomas Anais

Saliências permanentes de pele no ânus, os plicomas anais muitas vezes são confundidos com hemorróidas ou outras moléstias, gerando muita ansiedade para aqueles que descobrem apresentar essa condição. Podem constituir alteração isolada, ou podem estar associados a doenças outras (quando, então, são secundários) como hemorróidas, fissura anal crônica e doença de Crohn. A importância do correto diagnóstico, habitualmente fácil para o médico especialista, é justificada, porque outras doenças, como condiloma acuminado, e mesmo câncer, podem se manifestar de forma semelhante. Podem ser únicos ou múltiplos, variando de uma simples excrescência de pele até projeções alongadas. Alguns plicomas podem corresponder a resquícios de uma trombose hemorroidária externa já resolvida, porém, na maioria dos casos, não se identifica um fator causal para o seu aparecimento (idiopáticos). Habitualmente de consistência macia, podem aumentar de volume, tornando-se infiltrados, em consequência de processos inflamatórios.

Plicomas anais idiopáticos não requerem tratamento como regra. Entretanto, muitas pessoas buscam tratamento para os mesmos por diversas razões. Entre elas, destaco a dificuldade para a realização da higiene com papel após as evacuações (“higiene” essa que julgo equivocada, porque considero correta a higiene com jato de água), desconforto local com o uso de roupas íntimas justas, inchaço e dor, e aspectos estéticos. Penso que, independentemente da motivação, o desejo do paciente deve ser respeitado, sempre com o devido esclarecimento sobre essa sua condição. O tratamento é cirúrgico, consistindo na excisão dos plicomas, geralmente em regime ambulatorial.

Desafortunadamente, alguns médicos tendenciosamente diagnosticam essas alterações de pele na região anal como hemorróidas, no intuito de induzir seus pacientes ao tratamento cirúrgico.

Tags:

622 Respostas to “Plicomas Anais”

  1. Rosi Says:

    Olá doutor,espero que possa me aconselhar.
    Há três meses fiz uma THD, minhas hemorroidas nem eram tão desconfortáveis assim..ja fui na segunda consulta e relatei ao medico que sempre estou “suja”, passo os dias tendo que higienizar o local! É bem deprimente…
    O medico me mandou aguardar mais um pouco e retornar. Estou pensando em procurar outro especialista mas é chato isso né?? Ficar trocando de medico assim?
    Esse procedimento pode ser revertido?
    Obrigada doutor.

  2. Rafinha Says:

    Dr. Fiz sexo anal com meu marido e logo se criou uma bolinha de água do lado do ânus, a onde no outro dia passei o papel e saiu tipum pus ..bem pouco, o que pode ser?

  3. katy Says:

    Sei que vc vai falar que não é adivinho e que devo procurar um médico eu sei , mas por favor estou desesperada , a alguns meses reparei que quando faço força pra evacuar sai uma bola do meu anus que não sangra , não doi e não coça e estou desesperada, ainda não procurei um médico por que ainda não tive coragem de contar pra e ninguém e principalmente por ter medo de ser algo grave ? Por favor me dê pelo menos uma resposta pra eu não me desesperar tanto

  4. Rafael Says:

    Olá,Meu nome é Rafael tenho 14 anos e estou com um problema.Essa semana fui ao banho e senti que havia algo estranho comigo,quando passei a mão e senti um caraço(uma bolinha)no meu ânus,olhei no espelho e vi que aquilo não era normal.Estou em pânico,me ajude não sei o que fazer! O que isso pode ser?

  5. kaue1284 Says:

    bom dia !!!
    doutor sou muito ressecada e quando fui fazer coco fiz muitaa força
    percebi ao levantar que saiu um pouco de sangue da minha vagina, isso foi a primeira vez que acontece isso é normal ?

  6. Daniele Dias Says:

    Boa tarde Dr. Tenho um bebe de 1 ano de 2 meses, ele está com essa “pelinha” no ânus dele faz 2 meses. Levei ao pediatra e o mesmo me informou que são fungos e receitou a Nistatina para passar a cada troca de fraudas. Pois bem, tenho passado desde então e não estou vendo melhora, estou realizando o tratamento tem mais ou menos um mês e meio. Não notei que ele tenha tido prisão de ventre, ao contrário, apareceu após uma diarreia forte devido ao nascimento dos dentinhos. Ele não chora de dor quando evacua, ou quando fica sentadinho. O tratamento adotado para o plicoma (Nistatina) realmente funciona? Caso negativo, além do pediatra, qual especialista poderá cuidar do caso do meu bebe? Obrigada pelo espaço.

  7. Cristiano Says:

    Ta saindo uma pelinha do anus da minha esposa mas não dói isso se torna preocupante pois o que é isso?

  8. Kethlen santos Says:

    Ola doutor, tenho 14 anos e estou com plicoma, queria saber como que é a cirurgia, os medicos por minha idade nao enfiaram algo em dentro de meu ânus né?

  9. ingrid Says:

    Boa noite dr, eu nunca tive problema de prisão de ventre e tive depois de uma viagem, quando fui defecar fiz bastante força, incluaife fui ao médico que constatou que era somente fezes duras e que poderia fazer força para sair apos o uso do remedio e que nao corria risco de hemorroidas, consegui defecar e sigo indo ao banheiro todos os dias, imaginando que o anus seja um relogio, nas 12h eu estou com uma ùnica pelinha que ao defecar me incomoda, não sangra mas me faz sentir dor, não tenho veias dilatadas e parece mesmo que “uma prega se descolou”, estou usando pomada para fissura anal e hemorroidas mas nao tem adiantado e a pele segue la,como posso resolver?

  10. lia Says:

    estou com um bolinho de carne ao redor do anus, oque pode ser. E caso de cirrurgia?

  11. Beatriz Says:

    Boa tarde Dr. Gustavo. Tenho um plicoma anal, que foi resultado de uma trombose hemorroidária, há alguns anos. O incomodo que sinto é justamente em relação a higiene após a evacuação. Tenho vontade de retirá-lo, mas tenho medo da cirurgia (pois já fiz uma de hemorróidas e foi muito penosa). Qdo o sr. diz no texto que a cirurgia é ambulatorial significa que é feita com anestesia local ou peridural? Como é o pós operatório? Agradeço muito a sua atenção. E parabéns pelos textos tão informativos de um problema recorrente, mas que gera tantos constrangimentos.

  12. Bruna Says:

    Eu tambem queria saber por que,que quando vou fazer coco meu anus fica inxado,eu tenho problema para evacuar preciso fazer fora e todas vez que faco forca meu anus fica inxado,eu acho que tenho fezes duras paradas dentro do meu anus eu ja fiz de tudo pra conseguir fazer coco mais nao consigo,entao esse coco que eu sinto duro parado dentro do meu anus ele sairia com uma lavagem anal?
    E tbem gostaria de saber se consigo uma cirurgia de graça pra poder tiras essa pelinha (bolinha vermelha)
    Do meu anus ? E se nao for de graca quanto mais o menos o senhor acha que ficaria?

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Bruna, você não respondeu minhas perguntas anteriores. De qualquer maneira, você já consultou com um médico, conforme relatou anteriormente. Todas essas perguntas, você deveria ter feito a ele quando da sua consulta. Como não trabalho no SUS, não tenho informação sobre os procedimentos cirúrgicos realizados por esse Sistema. O preço de qualquer cirurgia em clínica privada varia enormemente, dependendo da região e do médico. Não existem registros de preços médios que possamos consultar.

  13. Bruna lima Says:

    Tenho problemas pra fazer coco e preciso fazer força e esses dias notei que hava saido uma pelinha pra fora do meu anus e isso nao dói e nem coça nada do tipo apenas sai um pouquinho de sangue quando vou fazer coco e doi um pouquinho de nada,fui ao medico e ele disse que e normal e que nao some apenas diminui mais tenho 14 anos existe a possibilidade de eu poder tirar essa pelinha ?

  14. Lais Says:

    Ola doutor, esses dias estive muito ressecada e após disso nasceu um tipo de carne crescida ou uma verruga não sei direito o que é mais é da cor da pele e as vezes após eu ir ao banheiro incomoda um pouco e coça bastante
    O que pode ser?

  15. Ediva ia silva Says:

    Eu já fiz a cirurgia de plicoma .

  16. daniel Says:

    ola doutor depois que tive uma diarreia muito forte,percebi que no dia seguinte saiu um caroço da cor da pele proximo ao anus, o que pode ser?

  17. Julio santos Says:

    Boa tarde doutor!! eu fiz uma cirurgia pra retirada de hemorroidas externas e depois vi q as feridas estao abertas e inchadas, esse inchaço vai desaparecer quando houver a cicatrizacao total??

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezado Júlio:
      Pode ocorre inchaço, maior ou menor, principalmente das margens dos ferimentos operatórios, como consequência da resposta inflamatória do organismo ao trauma cirúrgico. Este inchaço, quando presente, desaparece quando da cicatrização completa.

  18. Monique Says:

    Olá Doutor

    Eu tenho uma pele ou carne não seu bem oq é, pra fora do meu ânus não doi e não encomoda e nem sangra no normal… Mas quando eu to com uma diarréia mais forte ele incha e arde… Oq é isso??

  19. Sílvio Says:

    Bom dia,
    Recentemente tive um problema de trombo hemorroidário. Após consulta ao Proctologista, ele prescreveu tratamento co Proctyl. O trombo regrediu e, praticamente, sumiu. Porém, fiquei com um incômodo no ânus (como se estivesse inchado). Há anos possuo um plicoma, na parte frontal do ânus, que nunca me incomodou. Pergunta: este plicoma pode ter aumentado de tamanho, ou inchado, e, por isso estou sentindo este desconforto no ânus ?

  20. michele Says:

    dr fiz uma (BIÓPSIA) pos cirurgia ,o resultado deu ( sugestivo de plicoma ) o que quer dizer isso ?? eu tenho alguma coisa grave ou terei ??

  21. Jose Says:

    Bom dia dr.gustavo.fiz a cirurgia de plicoma anal cronica a lazer deu tudo certo nao sinto mais ardencia apos a evacuacao e tirou o plicoma .mais tem uma pergunt é muito sensivel o anus eu aplico um oleo para as fezes nao ficarem muito duras chega a ficar horas de sensibilidade no anus existe algum remedio para isto ou tenho que espera mais tempo pois tem dois meses que fiz a cirurgia

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezado José:
      Método sofisticado para tratar um problema tão simples, não é mesmo? Dois meses é tempo demasiado para a cicatrização completa, embora isso possa acontecer. Seu cirurgião é o profissional que deve prestar esclarecimentos para suas dúvidas.

  22. Cida Lins Says:

    Dr Boa noite! há dez anos fiz uma cirurgia de hemorroidas e a Dra me falou que eu teria um quadro completo de fissuras, fistula e outro nome que não me lembro..sempre notei uma carne alterada no perineo entre o anus e a vagina ….quando tenho relação arde e dói …olhando pelo espelho não vejo nada anormal..porem quando estou o banho que me toco sinto como se fosse uma carne alterada…estou apovorada…me ajude…pode ser cancer?

  23. ANA PAULA Says:

    Oi Doutor eu fiz uma colonoscopia e fui diagnosticada com plicomas anal e hemorroidas, e eu tenho uma doença inflamatória do intestino (colite cronica),estou preocupada pois já mudei muito de médico pois nenhum me da segurança pois parecem que não dominam muito o assunto.Será que você pode me esclarecer um pouco mais sobre essas doenças, eu tenho 25 anos e já estou com tudo isso meio que me desespero, pois sei que pode virar câncer.

  24. Jenifer Says:

    Olá, tenho pesquisado e pesquisado e acho que o meu problema é plicoma, vi inclusive algumas fotos e é muito parecido com o que eu tenho. Já faz em média dois anos que vem aumentando e no inicio doia muito e hoje não doi mais, inclusive pratico sexo anal com o meu marido e não sinto dores e nem sai sangue quando evacuo, seria um saliencia maior e outras duas menores, macias conforme descrito acima. Estou agendando consulta com um clinico para encaminhamento de um proctologista. Poderia me informar se seria mesmo plicoma por nao sentir mais dores ao evacuar e fazer sexo anal. Obrigada

  25. daniela Says:

    tive um parto normal e depois percebi com esta com hemorroidas pois sai tudo para fora, e esta com muita dor minha mãe comprou uma pomada e tive uma grande melhora mas mim incomoda muito pois temos uma cuva depois do anus que for o bubum é ali que esta assado pois arde e coça muito por favor me ajude.

  26. Adilson Says:

    Boa noite
    a alguns meses venho notando uma e agora duas bolhas no ânus, ñ sinto dor e só uma vez vi sangue.
    oque pode ser?

  27. Lorena Costa Says:

    Oi Dr. Faço frequente sexo anal com meu esposo desde que nos conhecemos e isso já tem mas de um ano acontece q apareceu uma pele for fora do ânus é pequena aparentemente como um caroço mas é só uma pele não coça nem dói acho q é por causa das frequentes vezes q fazemos sexo anal seta um plicoma? Acontece q está me incomodando muito pq qero q fiq e como antes sem nenhuma alteração no local e outra eu estou grávida não sei se a gravidez contribuiu pra isso acontecer qero saber se
    Eu ficar sem fazer sexo anal um bom tempo pode voltar ao normal ou tenho q tirar essa pele cirúrgicamente????

  28. Elisa Says:

    Boa tarde tenho uma pergunta dr.
    Com a fissura curada dá para fazer apenas retirar o pequeno plicoma que ficou. Retirar a pelinha traz algum risco?
    Tenho uma pequena fissura que me faz ter corrimento no ânus, isso é normal?

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Elisa:
      Fissura anal primária, habitualmente, não apresenta secreção, exceto, se existe uma fístula associada, ou tecido de granulação exuberante, por exemplo. Se após a cicatrização da fissura, você optar por submeter-se à excisão do plicoma, o risco maior seria a não cicatrização do ferimento operatório resultante, com formação de uma fissura anal residual.

  29. Santos Says:

    Doutor, boa noite! Tive uma relação sexual com sexo anal no dia 11/07/2014, e até hoje, estou sentindo coceira na região do ânus, começou 1 dia depois… visualmente, não há caroços, nem vermelhidão, nem bolinhas, a unica coisa diferente que notei foi uma parte da pele do ânus um pouco mais alta, como se uma das linhas que vão em direção ao centro tivesse inflamado.. A coceira irrita mais a noite… Outra coisa que noite foi a presença de uma “gosma” branca presa às fezes, mesmo dias depois… O senhor sabe o que pode ser?

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Considerando que você apresenta prurido anal há quase um mês, o correto é você consultar com um médico coloproctologista. Ele deverá obter mais informações, realizar o exame físico e, se necessário, solicitar exames complementares. No seu caso, como em outros, a consulta é fundamental.

  30. Danilo Diniz Says:

    Bom dia Doutor!

    Estou com fissura anal, decorrido da prática de sexo anal.
    Na busca de soluções tenho encontrado dificuldades problemas com a alimentação rica em fibras devido minha rotina (antiga rotina desde então).

    Está impossível as idas ao banheiro, tenho tomado laxantes e evacuado durante o banho com auxílio de água da mangueira sendo direcionada ao local. Uma amiga farmacêutica me trouxe uma pomada gel manipulada.

    Diltiazen 0,2%
    Lidocaina 2%
    Vitamina A 1%
    AC acetil salicilico 1%
    dexametasona 0,4%

    Minhas perguntas são:

    1- O que acha da fórmula?
    2- O que mais aconselharia?
    3- Pelo que entendi o ferimento pode ser cicatrizado, porém a “tal” pelezinha que sobressai (plicoma né?) é permanente?

    Desde já obrigado e parabéns pelo blog.

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezado Danilo:
      No caso de fissura anal, não recomendaria esse “mix” de fármacos. Primeiro, porque o local de aplicação é diferente para DILTIAZEM e LIDOCAÍNA, por exemplo. Enquanto, o primeiro deve ser empregado apenas na pele da margem anal, o segundo deve ser aplicado diretamente na ferida, como anestésico tópico. A frequência de aplicação difere para ambos, também. A concentração de DILTIAZEM está baixa. Além disso, DEXAMETASONA é um corticoesteróide, que somente deve ser empregado por um curto período de tempo, além do qual, pode determinar atrofia da pele, favorecer a infecção por fungos, etc. Finalizando, repito a recomendação de você consultar com um médico especialista, acrescentando que, habitualmente, o plicoma anal associado não desaparece.

  31. Verônica Gonçalves Says:

    Dr. Fiz hemorroidectomia por grampeamento a 55 dias, ontem fui ao banheiro, notei após a evacuação o aparecimento de um caroço, amolecido e dolorido, corre o risco em tão pouco tempo da hemorroida ter voltado?

  32. P. T Says:

    Dr. Gustavo,
    Sou mulher, tenho 22 anos e convivo com plicoma anal há 8 anos. Penso em fazer cirurgia para removê-lo, mas meu corpo tende a desenvolver queloide na pele. Gostaria de saber se tenho chances de fazer uma má cicatrização no local.
    Parabéns pelo site. Ele é muito informativo e as informações passam credibilidade.
    Muito obrigada pela atenção.

  33. Laiza Rodrigues Says:

    Dr Gustavo, boa noite!
    Meu filho de 2 anos está com algumas verrugas ao redor do anus, pode ser HPV ou será que é Plicoma?

  34. alisson.francaa@hotmail.com Says:

    Dr Gustavo, boa noite !
    Fiz uma cirurgia para retirada das verrugas características do HPV há 4 meses, porem tenho excesso de pele na cicatrização da região anal. Minha médica disse que está tudo bem e que posso fazer um procedimento cirúrgico para retirada dessa cicatriz, mas com a certeza que a cicatriz voltará com excesso de pele.
    Por favor, peço uma opnião do Senhor quanto a isso.
    Grato,

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Se o excesso de pele corresponde a plicomas anais, não há como antecipar que, após a remoção cirúrgica, novos plicomas aparecerão. É uma possibilidade, não, uma certeza. Do contrário, não seriam relizadas cirurgias para retirada de plicomas anais com finalidade estética.

  35. Paula Says:

    Ha aluns meses eu tenho percebido que quando se aproxima o meu periodo menstrual, um caroço surge no meu anus, bem proximo a entrada do anus. Esse caroço coça e tem odor fétido. O que pode ser isso, Doutor?

  36. Luciana Says:

    Dr. Gustavo, há 40 dias me submeti a uma hemorroidectomia por indicação médica visto que apresentava plicomas anais em decorrência de uma fissura. Gostaria de saber, do ponto de vista estético, quanto tempo leva para atingir o resultado final do procedimento e se há possibilidade de continuar apresentando plicomas decorrentes da cirurgia.

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Luciana:
      Não entendi. Os diagnósticos eram de plicomas anais e fissura anal e você foi submetida a uma hemorroidectomia? Esclareça melhor o seu caso. De qualquer maneira, em resposta às suas perguntas, a cicatrização completa depende de variáveis individuais, da técnica cirúrgica empregada, etc., mas habitualmente ocorre em até trinta dias, e, sim, plicomas anais residuais podem ocorrer após qualquer cirurgia na pele da região anal, mesmo após a remoção de plicomas.

  37. debora Says:

    Dr. meu nom é Debora e opere um plicoma a 2 meses na egião anal antes formava fissuras que dava muito dor depois da cirurgia melhorei mais o plicoma neste temp de 2 meses voltou a crescer e se fico muito tempo em pé doi preizo sentar ou até apetar para aliviar a dor por que isso pode ter ocorrido.

  38. mano Says:

    olá Doutor, gostaria de saber se a retirada de um plicoma localizado na região anterior da margem anal é mais difícil de cicatrizar pela sua localização, tendo uma maior chance de se tornar uma fissura anal?

  39. Lena Says:

    Bom dia Doutor, faz 10 dias que eu fiz uma cirurgia para retirada de fissuras anal, e por descuido esqueci de me esclarecer com minha médica, gostaria de saber se você poderia me ajudar, minha dúvida e quando que eu posso ter relações sexual vaginal, uma média de quantos dias após a cirugia, grata pela atenção!

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Lena:
      Na ausência de dor anal por ocasião da relação sexual, nenhuma restrição neste momento. Mas como desconheço a cirurgia realizada e sua condição atual, o mais correto seria obter essa informação com sua médica assistente. Por que você não liga para ela. Para meus pacientes, eu ofereço meu telefone celular, inclusive.

  40. sandra Says:

    Boa tarde, tenho 18 anos e tenho notado ultimamente uma pequena pele sensivel e um pouco inchada a volta do anus. O que devo fazer?

  41. ricardo Says:

    Olá, doutor!
    Há algum tempo (uns 04 anos), observei a existência de de uma lesão endurecida e esbranquiçada na região anal. Outro detalhe importante é que a mesma, durante o uso de papel higiênico, sangra (sangue vermelho vivo). Fui ao médico e ele disse que se tratava de uma dermatite ectópica e receitou-me uma pomada, mas não resolveu… O Sr. poderia me ajudar nas possibilidades diagnósticas?

  42. vanilson ferreira da silva Says:

    ola,dutor.gustavo:e queria saber o que e,que a bem ums3anos aparece um caroço no meu,omelhor no anus e fica “fora e dentro.asim,no meio da passagem,da evacuação e as vezes imflama,as vezes não.eu a treis anos atrais eu não tinha visto esse tipo de caroço,pe queno,em mim não.e as vezes que queimar mais eu tomei,”diclofenaco de sodio,ai desenflamou,sei eu que não e o remedio,atual,para ese tipo de,aparecimento!dr:aums 7anos atrais eu estive com esse caroço,e tomei”so,5comprimidos de ciproflox ssacino.e desapareceu,ate hoje,ai esta voltando de novo,o que o senhor mediz.o brigado!..

  43. Nathan Says:

    Dr. eu a algum tempo atras fazia relacoes anais com meu parceiro. Isso nunca me machucou ou causou desconforto uma vez que os cuidados eram muitos. Após uma evacuacao com fezes muito duras percebi um corte com a presenca de sangue que causou desconforto mais passou. Apos meses esse corte evoluiu e junto apareceu o plicoma anal. Fui ao Proctologista que me diagnosticou apenas com fissuras nao exclareceu sobre o plicoma. Devo lembrar que minha fissura é cronica, uma vez que ela nao sessou com o tratamento medicamentoso. Esse plicoma incha, doi muito, arde o dia todo , contracoes de esfincter sao torturas diariamente para mim, fora o sangramento. Ja nao posso mais realizar uma higiene usando papel, apenas, tenho sempre que usar ducha, roupas intimas encomodam, sentar, andar, ja nao sao coisas agradaveis por conta do plicoma. Sabe Dr. Mais que dores o plicoma tem me prejudicado emocionalmente, pois eu sendo homossexual deixei de ter relacoes sexuais desde que apareceu os sintomas. Me pego chorando toda vez que vejo a estética anal, me incomoda muito saber que talvez isso possa durar para sempre. Enfim gostaria muito de saber se o Sr. acha correto prolongar a dor do paciente e o abalar ainda mais insistindo com tratamento medicamentoso no caso da fissura anal cronica com presenca de plicoma ou indicaria a cirurgia anal para resolver o problema e a estetica? O pós operatorio é dolorido? Dura quanto tempo? E apos a cirurgia a vida do paciente pode voltar ao normal, ate mesmo nas relacoes sexuais sempre tomando os cuidados ?
    Obrigado Dr. e parabens por nos ajudar com nossas duvidas!

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezado Nathan:
      Serei bastante objetivo, embora isto seja um pouco frustrante para você. Todas essas considerações devem ser feitas pelo médico que você eleger para realizar seu tratamento. Ele deverá analisar seu caso e, em conjunto, vocês deverão deliberar sobre a proposta terapêutica mais adequada para a solução de seu problema.

  44. Iara Says:

    Dr. tenho uma duvida fui diagnosticada com trombose no anus isto é verdadeiro ou pode ser Plicomas anais? pesquisei na net este nome e vi que é o que me saiu é perecido com isso, mas uma pergunta pode estar relacionado ao sexo?Porque ontem logo apos o sexo senti um certo desconforto na região( não fiz sexo anal) fui olhar no espelho e la estava ela, mas depois de algum tempo ela sumiu é normal tudo isso?

  45. BAHZES (@bah536) Says:

    olá. sou bem nova… tenho 15 anos. há um tempo venho notado que há algo parecido como essa “doença” proximo ao meu ânus. eu nao sinto dor e tambem nao me incomoda. mas por questoes de estetica eu gostaria de saber qual medico devo procurar para ter melhores informações e se existe uma idade certa para operar. obrigada

  46. Vanessa Says:

    Olá Dr.
    Minha mãe está com um caroço perto do ânus,sai pus,coceira,está sentindo muita dor, não consegue nem sentar, estava até com febre. Ela foi ao médico, ele disse que é uma veia, ela vai fazer uns exames, o médico disse que vai ter que fazer uma cirurgia…
    Estou muito preocupada com ela.

  47. Ramon Says:

    Ola,

    Tenho uma pele, meio que uma verruguinha no ânus. Sou gay, e isso me incomoda muito, pois tenho frequentemente relações sexuais. Quanto custa normalmente uma cirurgia desta gravidade? O Sistema Unico de Saúde cobriria tais despesas ? Como seria a cirurgia e o pós-operatorio ? Desculpa por tantas perguntas.

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezado Ramon:
      Se o SUS oferece cobertura para tratamento cirúrgico de sua condição, dependerá inicialmente do diagnóstico. Da mesma forma, o preço vai depender do cirurgião e do hospital ou clínica que o pessoa elege para realizar a cirurgia.

  48. Maria Helena de Jesus Says:

    Dr. Gustavo:
    Há exatamente 24 meses que fiz uma hemorroidoctomia, fiquei com três plicomas de uma forma ou de outra sinto imcomodada há indicação cirúrgica?

  49. Lucas Says:

    olá Dr. o meu caso é que nasceu uma pele no meu anus, não doí e nem sai sangue e depois nasceu uns caroçinhos tipo veruga queria saber o que deve ser?

  50. Simone Says:

    boa tarde!

    tive relação anal e depois disso, saiu uma pele para fora, que doi e coça ela inchou de uma tal forma que me incomoda quando estou sentada ou quando ando, o que posso fazer para aliviar, pois marquei medico, mas vai demorar 1 mes e o desconforto e muito grande.

    Obrigada.

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Simone:
      Consulte em caráter de urgência em um pronto atendimento. Seu caso não se encaixa para consultas eletivas.

    • milliane Says:

      Dr. Tenho 20 anos, já faz um tempo(meses) que percebi uma espécie de bola de carne bem ao lado do ânus, não me encomoda, não sangra, na sensibilidade é como se não estivesse la. Porém o que me deixou curiosa é o fato de está alí, nunca tive relação anal, nem qualquer outro motivo aparente para isso.ainda não procurei um atendimento médico, somente informações na internet. O que eu faço? É considerado um plicoma? Obrigada

  51. francieli Says:

    Ola dr estou cm 8 meses e meio d gravidez e saiu umas bolinhas de pele pra fora do meu anus isto prejudica em alguma coisa no parto normal estou cm medo q saia tudo para fora na hr de fazer forças

  52. adriana rodrigues da silva Says:

    Bom dia doutor fiz uma colonoscopia e o resultado foi borda anal 18cm e presença de 3 lesões polipoides sésseis variando de 0,2 s 0,4 cm de diâmetro e pólipos hiperplasico no intestino grosso eo o proctologista me falou qesta tudo bem e marcou reretorno pra 2015 so q depois do exame earou com muita cólicas e evacuação mole ja faz 20 dias q realizei o exame e tenho muito sangramento por favor me ajuda devo procurar outro especialista obrigada

  53. raquel Says:

    ooi , meu filho tem um plicoma e o pediatra diz que é normal . mas ele tem problemas para evacuar . e quando ele faz muita força para evacuar o plicoma incha . devo me preocupar e procurar um especialista ?

  54. Michelly silva Says:

    olá Dr meu caso é o seguinte a seis anos tive uma fissura anal q me rendeu uns dois meses ou mais de dores depois o q restou foi um plicoma q de vez em quando sentia coceira e ardência no local mas esse ano depois q tive minha filha fiquei com hemorroidas e essas me sofram bastante e por fim depois q desinflamaram percebi q o plicoma q eu já tinha cresceu bastante de tamanho.minha dúvida é isso pode acontecer depois de uma inflamação hemorroidaria?? o plicoma pode aumentar de tamanho por esse motivo??? grata..

  55. thamyris Says:

    Gostaria de saber se plicomas anais podem sair com pomadas ou outros tratamentos caseiros, ou se saem apenas com cirurgia. Se saem com pomadas, qual a mais indicada?
    Desde ja agradeço!

  56. joyciane Says:

    Olá boa noite dr… Tenho uma filha de 13 anos tive ela muito novinha com 14 anos e tem algo que me incomoda a anos desde o 1 ano que tive ela o parto foi normal. Percebi uma espécie de uma carne do lado de fora do ânus e quando estou perto de menstruar ela inflama chega a sangrar fica muito dolorida chega a fica insuportável, e fiquei com minha vagina um pouco que com deformidades não muito que vai até o ânus queria saber qual medico devo procurar ???Obrigado!

  57. Ellen Says:

    Dr. Gustavo. Há algum tempo, quando fui defecar, acabei por fazer muita força e ao longo dos dias percebi que criou uma espécie de carne próximo ao ânus, bem avermelhada, mas não dói, nem coça. Sinto que toda vez que evacuo, é como se ela ficasse inchada, mas depois volta ao tamanho normal. Em um exame com minha ginecologista, mostrei-a e ela disse que é como se estivesse “estourado” uma veia devido a força que fiz para evacuar, e só retira com a cirurgia. Mas, gostaria de saber a opinião do senhor sobre isso? E se isso pode dificultar no dia em que eu pensar em ter filhos…na hora do parto, especificadamente, terei alguma dificuldade? Se eu não quiser retirar, terei algum problema futuramente? Hoje, não me causa nenhum desconforto ou dor, consigo fazer tudo, sem problemas! Espero suas respostas, grata pela atenção, abraço!

  58. patricia Says:

    boa noite Dr Gustavo, fiz uma cirugia as emorroidas n tenhi dito dor n é tao ruim como diziam ser apenas apos as idas ao w.c doi muito entrentato as fezes sao moles e sinto que por mais q va ao w.c a barriga inchada e encomoda muito sera que isto passa irei ter sem essas fezes moles e ao poucos?? e outra questao apois quanto tempo pode se ter relacoes sexuais vaginal? uma vez q tenho dito dor depois de evaquar tenho receio que ao ter relacoes que tambem doi. esclareci me minhas duvidas pfvr.

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Patrícia:
      Após a hemorroidectomia, deve-se evacuar fezes formadas e macias diariamente, pelo menos, pois isto funciona como dilatação fisiológica do ânus, diminuindo consideravelmente a possibilidade da cicatrização determinar estenose. Quanto às relações sexuais vaginais, elas podem ser reiniciadas alguns dias após a cirurgia, sempre levando em consideração aquilo que é conhecido como “bom senso”. Se você perceber incômodo, postergue mais um pouco. E nada de manipular a região anal.

  59. jose Says:

    oi vou fazer a cirurgia e o medico falou que ia corta com anestesia local é plicoma anal é um caroco e eu quero saber se vai sair a dor e a ardencia depois da evacuacao .

  60. Samuel Ferreira Says:

    Olá Dr. gustavo., de uns dias pra cá quando eu ia no banheiro evacuar.. quando olhei percebi qui tinha um pouco de sangue, nas ultimas idas ao banheiro tive qui fazer um pouco de força porque as fezes estavam um pouco duras, isso começou quando eu passei a tomar um medicamento pra reduzir colesterol ” oleo de peixe Omega 3 e Mevilip sinvastatina”, vou parar de tomar, notei hoje também que tem um pequena plicoma sentinela, mas em volta nao tem nenhuma pele descascada que possa sair sangue, nesse caso o que o senhor indica? esse plicomazinho não incomoda em nada, apenas senti dor pra evacuar e chequei !

  61. Jonathan Says:

    Olá Dr. Poderia me ajudar esclarecendo algumas duvidas?
    Bom eu fazia relações anais com meu parceiro e quando começamos a prática apareceu uma pequena pele acompanhada de um cortinho, mais que no começo não doía muito. Depois de um tempo comecei a apresentar problemas de intestino, fezes muito duras e me causou o aparecimento de fissuras anais. Procurei meu proctologista que iniciou o tratamento mais nao me explicou alguns pontos que tenho dúvida. Fora a fissura anal as fezes muito duras fizeram com que uma pele saisse para fora do ânus, ela nao é grande mais causa muito incomodo ao tocar na roupa intima, ao sentar, andar e principalmente nas contrações de esfincter. Ao realizar um auto exame em casa com a ajuda de um espelho percebi que a dor interna causada pelas fissuras passam com a ajuda dos medicamentos, já as dores causadas por esta pele nao sessam, me fazendo ter dores insuportaveis na “borda” do ânus onde as pregas ficam. Há também a presença de sangue que sai dessa pele … Meu médico disse que não é hemorroida e enfim gostaria de saber mais claramente o que é, qual especialista posso procurar, se o Sr. acha indicado a cirurgia para a remoção desse plicoma ou ”pele ” que fica exposta e me causa muita dor.
    Desde já agradeço e aguardo resposta.

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezado Jonathan:
      Vamos raciocinar. Tendo você consultado, tendo sido examinado pelo seu proctologista, sendo ele competente, parece lógico que ele deveria lhe prestar essas informações, esclarecendo suas dúvidas. Você relata que o médico disse que não eram hemorróidas, porém não informa o que ele disse que era. O correto diagnóstico é elemento fundamental para o adequado tratamento.

  62. Natalia Says:

    Boa noite dr,
    Estou no final da gestacao e apos mta diarreia apareceu um carocinhp tipo um calo no.anus. o que pode ser?

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Natalia:
      Este é um “blog” médico e não, de adivinhação. Se eu tivesse esse dom, provavelmente não estaria aqui, escrevendo. Mas, brincadeira à parte, vou relacionar as duas possibilidades mais frequentes: trombose hemorroidária externa e abscesso anal, este, menos provável, porque você informa que a lesão aguda é mais firme. O correto é consultar.

  63. eduardo Says:

    Há dois dias ao usar o chuveirinho do clube que frequento para higiene pessoal, senti forte dor, pois o mesmo tinha um jato fortíssimo. Não dei muita importància ao fato mas duas horas depois um caroço apareceu e está até hoje. Pensei que pudesse desaparecer, mas está lá e dói. Acontece que tenho uma viagem marcada para daqui a dois dias para Amsterdã, onde pretendo andar bastante de bicicleta. Estou preocupado com a situação. O que devo fazer? Obrigado.

  64. Carol Says:

    Olá dr Gustavo. Fui ao médico e fui diagnosticada com doença hemorroidaria d grau 2, interna e externa, pois tbm tenho um plicoma. Ele me receitou a pomada proctyl por 30 dias. Usei, mas não melhorei, então voltei ao médico ontem. Ele me disse q o plicoma persiste e que a interna ainda está bem saliente, me receitou o anti- inflamatório nimesulida e o creme venalot, passando com um cotonete, porém quando passei o creme, senti um ardor fora do normal e muita queimaçao, depois d uns 5 minutos a queimaçao passou. Isso é normal??

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Carol:
      Não indico PROCTYL, nem VENALOT para tratamento da doença hemorroidária, portanto não tenho experiência com esses medicamentos. Plicoma anal não desaparece com tratamento clínico; ele pode é diminuir de volume se, por alguma razão, tiver inchado. Indico nimesulida para tratamento do sintoma dor.

  65. fernando Says:

    dr. uma curiosidade, o tal do points q retira vegura. nao retira um plicoma sentinela? qual o risco?

  66. Manoel Says:

    Prezado Dr.
    Fazem 30 dias que fiz a cirurgia, não doi mais para evacuar, mas agora estou sentindo uma bolinha no anus e também não consigo ficar muito tempo de pé pois parece que o anus vai cair. No 15 dia fui inclusive para a academia, estava bem… mas agora parece que retrocedeu…. e minhas hemorroidas sangravam muito e agora comecei a sentir dores nos testiculos, parece que o sangue foi para lá agora…. Afff….
    Manoel de Floripa

  67. Mariana Says:

    Olá Dr. Gustavo. Há cerca de uns 3 meses, vim perceber que estava com umas “carnezinha” no ânus, e ela tava metade pra dentro e a outra metade pra fora. E mais acima do ânus, tinha umas bolinhas, que junto dessa carne coçam de vez enquanto. Então nunca procurei um médico porquê não sei aonde ir, e venho a pesquisar na internet o que pode ser. Portanto, em todas as explicações da doença plicomas anais ela vem ser correspondida com o que tenho. Então o senhor acha que deve ser o quer? Que especialista devo procurar? Obrigado por sua atenção

  68. Tiago aoki Says:

    dr. uma duvida, plicoma sentinela sera quase igual uma verruga? qual seria a diferença entre os 2? pois a verruga tbm pode nascer derre pente, (não falo das verruga q nasce no anus e sim as que nascem normalmente no corpo.)

  69. Afonso ferro Says:

    Dr. Gustavo eu já fui diagnosticado com hemorroida grau 2 e ultimamente observei uma pele que saí da região anal….pode ser plicomaa? No caso, a cirurgia demora muito tempo? Qual o tipo de anestesia que se aplica? Tenho medo de anestesia geral.

  70. maria fernanda hara Says:

    dr. apos uma relação e introdução anal. sentia dor ao evacuar, depois de 1 semana ja nao sentia mais dor. porem senti q uma pelinha começo a nascer. quando meche nela senti um incomodo. pesquisei e vi q se tratava de um plicoma sentinela. tem algo q posso tratar em casa? pomada ou coisa do tipo. pq aparece esse tipo de coisa (pelinha ou plicoma sentinela ) e como preveni?sei q e tbm e em razão a introdução anal.mais isso nunca tinha acontecido.como prevenir na relação. oq acontece c nao tratada? grata.

  71. Jorge Says:

    Doutor tenho uma fissura anal e o medico disse que com uma pomada irá sarar. Queria saber se poderei ter relaões sexuais e se as tiver corre o risco da fissura voltar! OBG

  72. Mah Says:

    Ola Dr. Estou muito preocupada com o meu marido ele está com um caroço no anus , como se estivesse saindo pra fora , com a cor da pele , ele sente muita dor não consegue nem andar direito , o que pode ser ? preciso de informaçoes pois ele esta com medo de ir ao médico .
    Obrigada.

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Mah:
      Já informei que este “blog” não tem como objetivo a realização de consultas virtuais. Entretanto, posso prestar alguns esclarecimentos. Volumes anais dolorosos agudos, habitualmente, correspondem a quadros de trombose hemorroidária ou abscesso anal. No segundo caso, o paciente pode ter febre.

  73. diana Says:

    hola doctor durante 3 años y medio tuve en el ano una carnecita no sentia dolor ni tenia sangrado pero si miedo y aveces un poco de incomodidad y bueno hoy dia me extirparon senti mucho dolor y quisiera saber si el plicoma volvera a crecer o ya no gracias.

  74. paulo Says:

    olá DR Gustavo
    é meio dificil de explicar mais vou tenta é meio constrangedor sabe
    mais vamos la,
    eu to com uma espece de carne em volta do anus sabi tipo um plicoma perianal, mais eu nao tenho nenhum dos sintomas sitados aki.
    nao doi em momento algum eu comecei a perceber porque eu estava tendo umas coseras no anus sabe depois de huns 3 dias eu resolvi da uma olhada mesmo ae percebi q tinha uma espece de pele do lado do meu anus..
    porfavor me informe em que tipo de medico eu devo marca uma consuta porque issu nao me parece uma coisa boa, apesar de eu nao sentir nada so de veis enquando umas coseras mesmo. Obrigado pela atençao!

  75. Maria Helena Says:

    Dr. Gustavo

    Fui diagnosticada com plicomas há algum tempo, e sempre me cuido com uma dieta regulada a base de fibras e muita água para evitar prisões de ventre. Porém, quando como alguns alimentos (pães, pastéis, comidas feitas de farinha de milho ou de trigo) as fezes acabam rompendo a parede do intestino causando sangramentos.
    Comecei a evitar esses alimentos, mas, as vezes até um único pão causa o endurecimento das fezes, fazendo-me sangrar.

    O médico me receitou uma pomada a base de nifidipina e lidocaína. Tem algo mais que eu possa fazer? Algum outro tratamento ou medicação? Alguma medida caseira ?

    Agradeço-lhe desde já!

  76. Dalva Says:

    olá DR Gustavo fiz uma cirurgia de Hemorroida faz um tempo o médico mandou fazer uma queimagem eu não fiz , agora sinto muita Dor não aguento ficar sentada nem em pé fiz uma colonos copia, deu isso ( plicoma e pro lapso discreto de mucosa anal pólipos retais pequenos) mais estou sentindo muita dor não aguento sentar nem ficar em pé da pra o senhor mim explicar um pouco de que seja mesmo fiz a colonos copia tirou os dois pólipos foram tirados agradeço desde já

  77. pablo Says:

    Dr Gustavo.
    Apos ter feito 40 dias de tratamento de ciprofloxacino por causa de uma prostatite comecou diarreia com com gotas de sangue no papel higienico nao e sempre que tenho diarreia e quando faco normal nao tem gotad de sangue a verdade e que gostaria de saber se mesmo passando dez dias apos o termino do tratamento pode ocorrer la de vez enquando essa diarreia

  78. Ana Maria Says:

    Dr. Gustavo
    Há cerca de 6 anos sofro com um problema que vem se agravando, inicialmente, mas sem diagnóstico médico eu deduzi, que eram problemas de hemorroidas e fui fazendo uso de medicamentos e banhos por conta própria, que a princípio melhoraram. No entanto a medida que o tempo foi passando o desconforto foi aumentando a ponto de incomodar-me com dores e sangramentos!
    Procurei o médico e realizei uma vídeo colonoscopia que teve o seguinte resultado!

    PRESENÇA DE EROSÕES HIPERÊMICAS EM RETO
    RETITE EROSIVA LEVE
    PRESENÇA DE HEMORROIDAS INTERNAS E PLICOMAS ANAIS.

    O médico me receitou Venalot, Mesacol 800 e Proctyl

    faço uso há 2 meses, melhorou um pouco os sintomas, muito pouco mesmo.

    NA SUA OPINIÃO O QUE ESTÁ ACONTECENDO E O QUE DEVO FAZER?

  79. Marcos Says:

    Olá boa tarde!….
    Preciso fazer uma cirurgia de uma hemorroida trombosada, quero saber onde fica sua clinica e se te o site para eu fazer uma breve verificação!…
    Grato de de ja. Atc. Marcos
    Contato.

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezado Marcos:
      Escrevo o endereço, mas esclareço que o mesmo encontra-se à direita da logomarca, na parte superior do blog. De qualquer maneira, aí vai: Rua Mostardeiro, 333, sala 806, em Porto Alegre, RS. Telefones para contato: (51) 32223539 – 30610716 – 99861216.

  80. Thaís Says:

    Olá Dr. Nasceram algumas manchas brancas em volta do meu anus e um plicoma com aparência de camarão e era escuro e ficou branco você pode me ajudar? A data da minha consulta está muito longe e estou preocupada. Obrigada

  81. samucasan Says:

    Olá! Doutor. Gostaria de tirar uma dúvida: tive uma trombose hemorradária que foi retirada em atendimento ambulatorial. Pois bem, após a retirada, cuidei da região e logo apareceu uma outra saliência, algo esponjoso no interior do ânus, como se fosse algo solto. Às vezes sinto uma coceira leve. A médica deixou em aberto a decisão de fazer cirurgia, ou seja, caso os incômodos se intensificassem, marcaria outra consulta para ser encaminhado. Estou em dúvida de fazer ou não a cirurgia.

    Muito obrigado.

  82. Edson Morais de Oliveira Says:

    Boa noite, Dr. Gustavo. Há uns 3 meses atrás tive uma fissura anal, com muita coceira, dor ao usar o banheiro e quando tomava banho parecia que tinha um corte na região, quando a água caia doía muito. Fui ao medico e ele me disse para não usar papel higienico mais, comer bastante frutas com fibras e sempre lavar. Depois disso sempre fiz tudo conforme me disse. Só que agora de uns tempos para cá sinto uma quentura quando vou evacuar (e a mesma sensção de ter comido um pote de pimenta) ao usar ao banheiro, a região anal fica muito seca, parece que tem varios cortes ao tomar banho, fico muito assado também e agora estou com umas bolinhas parecendo verrugas… isso pode ser cancer?

  83. Juliana Says:

    Olá Dr Gustavo , tenho uma filha de 1 ano e 4 meses , ela é muito ressecada e faz muita força ao evacuar . Nos ultimos dias percebi um pelinha mole e algumas fisuras ao redor do anus e ela diz dodoi bumbum quando vou limpa la estou preocupada se é hemorroidas ou se é essa pelinha . Sera que melhora com o tempo .

  84. Keila Says:

    Olá Dr.Gustavo!!!
    Há quase 1 ano,eu comecei a sentir dor seguido de latejamento após evacuar,pouco tempo depois,comecei a notar sangue no papel higiênico e sentir dor só que agora ao evacuar,essa dor passou a ser intensa e constante,até que notei certa vez o vaso sanitário,banhado em sangue.Procurei um proctologista,a Dra. me examinou e disse que não havia nada,mas me passou uma pomada (policresuleno + cloridrato de cinchocaína),após o uso,comecei a notar que o sangramento começou a diminuír até que parou,porém surgiu uma bolinha que de uns tempos para cá tem aumentado,hoje aproveitei que fui ao ginecologista e contei a Dra. e ela olhou e disse que era um plocoma,só que essa bolinha é muito dolorida e eu ainda sinto dor ao evacuar,eu gostaria de saber também o porque disso??eu não tenho prisão de ventre que é algo que os médicos re me perguntam..

    Desde já agradeço!

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Keila:
      Inicialmente, quando da sua consulta com a médica proctologista, não entendi a razão do tratamento se você afirma que a profissional disse que “não havia nada”. Plicoma anal, na ausência de outras lesões, não dói. Minha orientação: esclareça seu caso com a proctologista com a qual consultou, inicialmente, ou procure uma segunda opinião, mas com um médico de mesma especialidade.

    • keila Says:

      Olá Dr.Gustavo!!! A Dr. Disse na época que não havia nada,pois ela não viu nada..após o uso da pomada que a “bolinha”começou a aparecer e a Ginecologista disse ser um plicoma..

      Grata.

  85. Rosana Says:

    Olaaa Dr. adorei seu site. Tenho plicoma, que foi diagnosticado pelo meu ginecologista, uma pele grande na regiao do perineo. Nao sinto nenhum incomodo, gostaria de saber se posso fazer sexo anal.

  86. Lana Souza Says:

    Olá Dr Gustavo, gostaria de saber pois não tenho certeza se tenho o plicoma, pois no meu caso acontece quando tenho relação anal ou quando faço a higienização no local com um papel mais áspero como aconteceu a primeira vez que estava menstruada no trabalho e não tinha como me lavar,tive que passar o papel várias vezes a pele inchou causando incomodo e um pouco de coceira,mas ela desaparece depois de alguns dias, só reaparecendo nesses casos, por isso evito o máximo o sexo anal, será que seria plicoma o meu caso? Obrigada.

  87. Helyenara Maia Bello Says:

    Oi, Dr Gustavo. Anteriormente perguntei a respeito da dieta que minha filha de 1 ano e 4 meses faz porque tem um plicoma. O medico que a acompanha passou a dieta porque o que causou o plicoma foi o ressecamento. Ela é extremamente ressecada. Então a restrição a qualquer produto que contenha trigo, farinhas, gelatina, maçã, pera, batata, aipim… é para ela não ficar ressecada e defecar com facilidade. Mas o plicoma não desaparece.

  88. patricia Says:

    olá DR. Gustavo, a 4 dias fui evacuar e senti um inchaço um uma das laterais externa do meu anus ,tudo indica que é plicoma nao doi só é um pouco incomado esse inchaço nao desaparesse com o tempo nao é só com cirurgia agora ?

  89. giovani tavares Says:

    boa noite Dr. recentemente descobri que tinha um plicoma fui ao medico antes e ele disse, passou pra mim fazer banho de acento e uma pomada Andolba, usei vários meses só que não estava dando um resultado, ai voltei no medico e fiz uma pequena cirurgia fácil e rápido para retirada do plicoma, deu tudo certo, só que depois de 4 dias da cirurgia percebo que no local as vezes fica com odor, tomo banho passo sabonete e bastante água corrente, e seco bem com papel toalha, como é uma área do nosso corpo que fica úmida e bem abafada estou percebendo que as vezes ta dando um odor, gostaria de saber se tem algo que posso usar, pois onde retirou o plicoma deu alguns pontos, ou seja uma sutura

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezado Giovani:
      Em ferimentos operatórios que apresentam área cruenta, às vezes emprego curativos com solução de hipoclorito de sódio 1% ou permanganato de potássio 1:20.000. Converse com seu médico e peça orientações para seu caso. Observação: o hipoclorito de sódio descolore os tecidos (roupas, toalhas, etc.).

  90. Helyenara Maia Bello Says:

    Olá, Dr. Gustavo.
    Minha filha de 1ano e 4 meses desenvolveu um plicoma. O medico que a acompanha recomendou uma dieta muito restritiva. Essa dieta é mesmo fundamental? (A dieta é restrição à qualquer alimento que contenha FARINHA DE TRIGO -biscotinho maizena que ela gosta tanto, macarrão que ela ama…- qualquer espécie de farinha -mucilon que ela acha a lata no armário e pede mama- gelatina, yogurt, maçã, banana, pera, batata, aipim…). É extremamente necessária a dieta? Obrigada pela resposta!

  91. Patricia Says:

    Bom dia, fui ao medico e ele me receitou Dilitazen 2%, foi diagniosticada com fissura anaml cronica, essa pomada gel e eficaz? Posso manter relacioes nesse periodo ?Estou com um plicoma tambem so saira por meio de cirurgia?

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Patricia:
      Diltiazem 2% gel está bem indicado no tratamento da fissura anal crônica primária. Recomenda-se sua aplicação três vezes por dia. Relações sexuais, desde que não anais, não tem contra-indicação. Se ocorrer a cicatrização com o tratamento clínico, você deverá reavaliar a “questão” plicoma com seu médico assistente.

  92. David Says:

    Olá Dr. Meu caso é parecido com o do Carlos, depois de ter feito sexo anal, adquiri uma fissura anal que sempre curava e depois voltava pelo motivo de que eu era ressecado, depois que a fissura cicatrizou eu tive um plicoma, fiz o uso de proctyl e ela já não dói, nem arde mais. Só as vezes. Depois disso eu tive hemorroida externa, o medico me receitou uma pomada, usei e passou. Mas as vezes a hemorroida aparece novamente (principalmente depois que faço sexo anal), mas sempre some naturalmente, isso é normal?

    Eu quero fazer a cirurgia para retirada do plicoma, mas ainda tenho duvidas sobre o que acontece após o procedimento, quais são os riscos e também quais são os risco se eu continuar fazendo sexo anal mesmo tendo o plicoma (se tiver algum risco), você pode me tirar essas duvidas?

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezado David:
      Plicoma anal pode estar associado à fissura anal, neste caso sendo denominado de “plicoma anal sentinela”. Ele pode inchar e doer como consequência de traumatismo. Este seria o risco de sexo anal. Edema ou trombose hemorroidária, assim como fissuras, também podem resultar dessa prática. A fissura anal crônica é o resultado mais indesejado do tratamento cirúrgico do plicoma anal. Se múltiplos, a excisão em excesso da pele da região anal pode resultar em estenose anal. Feliz Ano Novo.

  93. Renata Fernandes Says:

    Dr. Gustavo.
    Só tenho 14 anos. E tive um problema essa ano no estômago. Estava com infecção. Só que tinha diarréias direito e sem ir ao médico comecei a tomar remédios pra parar a diarréia. Foi quando fiquei com uma baita prisão de ventre. Durante essas tentativas de ir ao banheiro e colocando muita força. Percebi que saiu para fora uma bolinha de carne no meu anus. Fiquei muito assustada. Já faz alguns meses que isso aconteceu. Andei pesquisando na Internet e vi casos parecidos. Só que muitos sangram. Doí. Incomoda. A ninha não ela só incha quando estou a fazer minhas necessidades. E depois volta ao normal. A minha não dói. Nunca sangrou e nem incomoda.
    Queria saber se isso é um plicoma anal? E se tem como remover? Por estética. Pois tenho muita vergonha. E se eu corro algum risco? Pode ser perigoso?

  94. Ricardo Says:

    Dr, fiz uma cirurgia para retirar uma fístula e um plicoma anal. Porém, estou no 5 dia pós cirurgia e noto o aparecimento de um pequeno inchaço no lado oposto ao que fiz a cirurgia,o que parece um novo plicoma. Faço banho de assento 2 x ao dia. Estou indo para a faculdade fazer algumas provas, e nos últimos 2 dias fui até o mercado.O que pode ser? Como posso fazer parar?

  95. ricardo Says:

    Boa tarde, doutor. Tenho 25 anos e realizei ontem um procedimento para extrair um plicoma. Antes do procedimento, o médico fez um exame interno no ânus, inserindo um cabo com uma câmera para verificar o motivo do sangramento que eu relatei que possuía ao evacuar. Neste exame, ele percebeu que o sangramento ocorre por conta de algumas hemorroidas internas pequenas (o que ele me assegurou não ser algo grave, em comparação com outros motivos que poderiam ocasionar um sangramento). De qualquer forma, ele disse que a única maneira de eliminá-las seria mediante uma cirurgia com laser. Achei estranho que, ao final da consulta, ele não recomendou nenhuma consulta para acompanhamento posterior da excisão do plicoma. Isso é necessário? Outra coisa, fiquei com bastante vontade de remover de uma vez por todas as hemorroidas internas, mas temo que o procedimento possa gerar novos plicomas. Baseado na sua experiência, o senhor diria que isso é bastante comum de acontecer? O que eu não quero é me submeter ao procedimento (que, neste caso, me parece mais invasivo que o de remoção do plicoma) e, em seguida, ter que novamente retirar plicomas. Por outro lado, se não realizar a cirurgia, temo que essas hemorroidas possam, no futuro, causar complicações, talvez aumentando de tamanho ou se tornando externas. Outra coisa: as hemorroidas internas são um impeditivo para a prática do sexo anal? O sexo poderia agravar a condição delas? Entendo que é complicado para o senhor tecer comentários baseado somente em informações prestadas por aqui. Escrevo ao senhor porque não senti, no médico que me operou, o desejo de continuar o tratamento (realizar a cirurgia a laser, por exemplo) ou de tirar mais dúvidas.

    Muito obrigado, grande abraço!

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezado Ricardo:
      Se as hemorróidas são internas e pequenas, como avaliou o médico com quem você consultou, existe uma série de tratamentos mais conservadores que podem ser realizados no próprio consultório para obter a resolução do problema. Dentre eles, citaria: fotocoagulação com raios infravermelhos, injeção esclerosante e ligadura elástica. Tecnologias mais avançadas não necessariamente resultam em tratamentos mais adequados ou convenientes.

  96. jackeline Says:

    Dr. Estous cm essa pele gostaria de saber comi e feito o tratamento se tem que ser esteticamente iu clunicamente. E se eu pidefia comprar na farmacia alguma pomada. Pois entao sinto vergonha de falar para um medico . Obrigada e gostaria da resposta

  97. Carlos Says:

    Dr. Hoje fui ao procto devido a uma bolinha q havia aparecido o meu anus. Era um coagulo e ele estorou lá na consulta mesmo. Isto apareceu porq eu tinha feito sexo anal uma semana atras. Ele tirou o coagulo e me receitou uma pomada, mas olhei no espelho agora e tem uma pele externa, que pelo o que eu entendi é um plicoma anal. Tem como remover essa pele? Gostaria de remove-la por finalidade estetica.

  98. sheila Says:

    Olá doutor tenhu plicoma desde a minha primeira gestação há 13 anos, agora estou grávida novamente e noto q está aumentando de tamanho e isso me incomoda muito ,estou até com vergonha de ter relações sexuais com meu marido . Será que possa fazer cirurgia para tirar o plicoma estando grávida? Obrigada.

  99. Alessandra Says:

    Boa noite! Dr a minha mãe fez cirurgia de hemorroidectomia dia 29/11/13, ela ainda não conseguiu evacuar, estou dando pra ela somente sopa líquida, água, frutas, esta tomando metamucil e dipirona pra dor, mais ela esta reclamando de muita ardência e ainda esta sangrando um pouco, isso é normal? Gostaria de saber também se pode ser aplicado alguma pomada anestésica no local? Será que isso aliviaria na hora de evacuar? Desde já agradeço.

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Alessandra:
      Existem outros medicamentos mais potentes do que a dipirona e que, inclusive, podem ser administrados combinados com a mesma. Da mesma forma, outros fármacos podem contribuir para que ela evacue fezes formadas e macias nas primeiras quarenta e oito horas após a cirurgia. Seu médico assistente é o responsável por prestar esses esclarecimentos.

  100. ana Says:

    Estou c 8 dias de operada de hemorroidas e fissuras, na segunda, 4o dia saiu novamente , começou a doer, exatamente qdo procurei medico ainda na gravidez por trombose. A medica disse q era um edema muco cutanea com trombo, que iria passar, q eu tinha tendência . Na terça aumentou ai pedi antibiótico, o q amenizou a dor, mas não houve nem redução nem diminuição dos trombos, e ela continuou dizendo que ia passar, pra eu ter paciência. Hj percebi pus, estou bem preocupada e apreensiva. Falando de meneira simples: ta exatamente como antes da operação. O q pode ter acontecido, erro medico?

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Ana:
      Provavelmente, foi-lhe receitado algum analgésico e antiinflamatório para a dor, ao invés de antibiótico. Secreção purulenta não significa infecção, necessariamente. Ocorre nos ferimentos operatórios abertos como parte da resposta inflamatória necessária para a cicatrização. Informe-se com que realizou a sua cirurgia.

  101. cristiane Says:

    . fui ao proctor ele falou em cirurgia a laser para tirar as tais peles e seria por estetica o que o senhor me recomenda elas sao incomodo mas nao doem obrigada por sua atençaõ

  102. cristiane Says:

    gostei dos esclarecimentos procurarei-o para uma avaliação

  103. lorena Says:

    Dr. Gustavo, há alguns dias percebi essa tal “bolinha de carne”, fui procurar algo na internet e descobri que chama plicoma anal. Em muitos comentários vejo pessoas dizendo que incomoda, doí e etc, mas em mim não incomodava, não doí, nem sangrava, no entanto que descobri só no banho. Hoje sangrou um pouco, observei e acho que a outro nascendo, e isso me assustou mais ainda. Nunca fiz sexo anal, nem tive filhos, nem nada, pois vi em muitos comentários de pessoas dizendo que isso apareceu após algo assim. Não sei o que pode ter causado em mim, mas vou tentar marcar um médico.

    Tem algo que o senhor, com sua experiência e conhecimento possa me receitar? Algo que eu tenha que evitar ou fazer enquanto não tenho o diagnóstico pessoalmente? Estou assustada, com medo e um tanto de vergonha de falar para alguém.
    Tem algo que eu possa fazer para evitar que nasça outros e que sangre? Algo que tenha que evitar de fazer, de comer? E a solução? Só cirúrgica? :\

    Aguardo resposta. Obrigada!

  104. Mirian V. Says:

    Ola Dr.
    Desde que tive meu filho em parto natural, vi que ficou uma pelinha para fora do meu anus, e que conforme o tempo quando eu tenho relação anal com meu marido. Essa pelinha, cresce de tamanho e as vezes cria uma ferida nela. O que dói muito, queima, não posso nem encostar nela com minha calcinha! O Sr. poderia me dizer se isso é algum prolema serio ou não???

  105. jubergonzi Says:

    Ola doutor. A um tempo surgiu uma fissura no meu anus , sempre tive dificuldades para ir no banjeiro , fui ao poctologista e ele disse q nao era nada hrave era apenas um excesso de pel p or conta do esforco feito na hr de ecacuar. Essa fissura sempre foi mtt pequenae nunca sangrou , porem de vez em quanso ela incha e deppis volta ao normal . Queria saber o pq disso ?

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Juliana:
      Inicialmente, seu proctologista não disse que você tem fissura, pelo que entendi. Sua descrição corresponde mais a um plicoma anal. Essa saliência pode inchar por traumatismo, ao relizar a higiene, por compressão e atrito com a roupa, etc.

  106. Renata Says:

    Olá Dr. acredito que pelas descrições de Plicoma e trombose hemorroidária, estou com esse problema.. a 2 dias atrás ao redor do anus formou uma bola, esta ficou muito dolorida no primeiro dia, então procurei por pomadas analgésicas para aliviar.. pomadas para hemorróidas.. no entanto acredito que não seja bem hemorróida e sim uma trombose hemorroidária conforme o senhor explicou. A um tempo atrás eu ja tive essa saliencia, procurei um proctologista e este me receitou uma pomada chamada Trombofobe, então eu comprei novamente e estou usando. Gostaria de saber se em quanto tempo esse trombo poderá desinchar e voltar o normal… e se tem alguma pomada mais eficaz para eu poder usar… Como faço academia, estou no momento suspensa de fazer.. acho que poderá prejudicar e agravar a situação. E sendo trombose hemorroidária, eu posso ficar tentando coloca-la para dentro.. ?? Ela ainda está dolorida quando eu mecho, e um pouco dura…

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Renata:
      Todas suas dúvidas já foram respondidas em outras ocasiões. De qualquer maneira: mais de trinta dias poderão decorrer até a resolução completa da trombose hemorroidária; não existem pomadas comercializadas em farmácias que acelerem a cura e, finalmente, não tente introduzi-la no canal anal. Ela não saiu de lá.

  107. Guilherme Says:

    Boa tarde.

    Já fui ao proctologista algumas vezes e fui diagnosticado com hemorroidas, apenas externas, e um plicoma. Tenho uma alimentação balanceada mas noto que não é muito raro , quando saio dessa rotina e como muitas besteiras, em um final de semana por exemplo, que o lado que está o plicoma inflama, doendo um pouco na hora de fazer a higiene com ducha. Em alguns casos faço uso do Proctyl, tanto pomada quanto supositório.

    Bom, creio eu, como já foi esclarecido aqui, que o meu plicoma está relacionado com uma crise de hemorroidas, minha dúvida é o porque de apenas o plicoma, digamos assim, apresentar esse quadro de dor, não era para as outras hemorroidas externas se comportarem da mesma maneira?

    Acredito que esse plicoma se originou em decorrência de uma fistula anal que tive, lembro que a localização é a mesma.

    Caso eu decida fazer a cirurgia, o procedimento, no caso a operação, pode ser no mesmo dia para retirar tanto as hemorroidas quanto o plicoma? Faria tranquilamente ambas, mas é muito chato esses contratempos de um simples plicoma se “transformar” em vários ou até mesmo em uma fistula, mas tenho consciência que isso depende da recuperação de cada um.

    Agora em relação à rotina normal, após a completa cicatrização e ocorrendo tudo bem, depois de algum tempo (anos por exemplo), tanto as hemorroidas quanto o plicoma podem voltar mesmo se forem seguidos hábitos saudáveis como higiene com ducha e alimentação equilibrada em grande parte dos dias? Quais os fatores que desencadeariam isso? Genética? A prática do sexo anal pode acelerar esse fato?

    No que tange à vida sexual, ela pode ser prejudicada por essas cirurgias? No caso da retirada das hemorroidas o Sr falou para um visitante que pratica sexo anal algo sobre tecido epitelial da cicatrização e que variava de caso a caso, qual a influência disso para quem quer fazer as cirurgias mas depois objetiva voltar a praticar essa modalidade?

    Sei que é difícil falar, mas no meu caso, o Sr. acha que valeria a pena continuar com essas “crises” e praticando sexo anal (claro que quando não há inflamação e com lubrificante adequado), ou valeria a pena arriscar na cirurgia para retirar ambos e especialmente se livrar, talvez definitivamente, do plicoma problemático? Tenho casos na família de hemorroidas internas, e bem como sangramento, não os possuo, único problema é esse bendito plicoma associado com a hemorroida.

    Obrigado pelo espaço e pelas informações esclarecedoras, me desculpe pelo tamanho do texto e queria dizer que ficaria feliz caso o Sr. se predispusesse a responder minhas dúvidas.

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezado Guilherme:
      Na época da sua correspondência, estava no exterior e, admito, sua exposição é longa e um pouco confusa. Mas, tudo bem. Estou respondendo agora, após concluir a preparação de uma aula que darei amanhã na UFRGS. Inicialmente, você mesmo registra que já consultou com proctologista algumas vezes. Por que, então, não buscou todos esses esclarecimentos? É muito difícil, para não dizer impossível, orientá-lo adequadamente, sem a realização de um exame físico. Já expus, inúmeras vezes, que este blog não é um canal para consultas médicas; no máximo, quando oportuno, um veículo para prestar informações úteis nas áreas de minha competência profissional. Os relatos prestados pelas pessoas que me escrevem são, muitas vezes, equivocados. Por exemplo: você acredita que o plicoma anal, que apresenta, seja resultado de uma fístula anal. Fístula ou fissura? Pois, se fístula, isto significa que você já foi operado para curá-la. Quanto ao fato de operar hemorróidas e plicomas concomitantemente, esta é a regra, já que se busca normalmente, além do resultado funcional, o resultado estético. Quanto aos fatores relacionados com a origem dessas alterações, os conhecidos, além dos inerentes a cada indivíduo, já foram expostos – leia atentamente os posts e os comentários. Se haverá alteração na anatomia do ânus que interfira na prática de sexo anal, isto dependerá da cirurgia realizada e do resultado final da mesma. Habitualmente, não. Finalmente, quem acha, ou decide, é você, desde que bem informado. Repito: a palavra final é do paciente, depois de prestados todos os esclarecimentos. Ouça uma segunda opinião médica, se necessário, e desconfie de diagnósticos apressados.

  108. Silvana de M. A Martins Says:

    Oi dr. tdo bem? fiz 2 drenagens de abscesso anal e a um mê fiz cirurgia de fístula anal complexa, estou com aquele fio “seton” e retirarei somente daqui ainda mais 1 mês e meio, tenho plicoma e devido ao fio está incomodando bastante. Nesta situação, é normal ter dor todos os dias e principalmente após a evacuação?

  109. Mariana Says:

    Dr.
    Estou desde o dia 09/10 com problemas..
    Começaram com muitas dores, sensação de repuxar por dentro, ardencia..
    Ficou para fora uma pele..no qual no sinto dor..porém as vezes ela incha..
    E por dentro do anus, na borda sentia um inocomodo muito forte..e dor..me recomendaram colocar pomadas supositorio..porém eu não aguentava de dor..
    Agora estou com essa pele para fora ainda e uma bolinha que saiu para fora tb, dura..e muito dolorida e atras dela..aparentemente um corte..
    Todo vez que foi no banheiro sinto muita dor, mesmo com uma dieta equilibrada e tenho sangramentos desde o começo…
    Não consigo ficar sentada e com nenhuma roupa intima que me aperte…o que eu faço? o que poderia ser isso? estou desesperada e mal consigo trabalhar

  110. Tatiane Says:

    Dr. Gustavo Tenho 18 anos estou em uma gestação, tenho notado que meu intestino ficou muito preso agora na gravidez, fico muitos dias sem evacuar, quando evacuei percebi um pouco de sangramento e dor na região, dias depois notei uma “Bolinha” na berada do anus.Estou muito preocupada com isso, pois quando evacuo essa Bolinha fica maior e dolorida.Não sei o que fazer.

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Tatiane:
      O correto é que consulte com um médico especialista. Talvez essa saliência corresponda a um mamilo hemorroidário com ou sem trombose. De qualquer forma, em linhas gerais, algumas orientações para uma melhor evacuação: ingerir leguminosas (vagem, feijão, ervilha, lentilha, etc.) e cereais, e aumentar a ingesta hídrica, se não houver contra-indicações. Às vezes, o acréscimo de um laxativo suave também poderá estar indicado.

  111. grazi Says:

    Oi doutor! A uma semana fiz sexo anal com meu namorado e apareceu uma bolinha de carne para fora do anus que esta dolorida e de vez enquando sangra,e a primeira vez que isso acontece..oque sera isso? ? Obrigada

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Grazi:
      Sem o exame físico, é impossível dar um diagnóstico de certeza. Duas possibilidades, entretanto, são mais frequentes em casos semelhantes ao seu: trombose hemorroidária externa ulcerada, mais provavelmente, e fissura anal com plicoma sentinela.

  112. Wiliane de Cassia Says:

    boa tarde, Dr.! Ha 1 mês e meio atrás tive meu segundo filho,foi meio complicado,pois voltei pra sala com hemorragia,daí me cortaram até quase no anus,agora depois q cairam os pontos percebi uma bolinha de carne na entrada do anus,na sua concepção o q deve ser? obg

  113. Rivana Mendes Says:

    Bom dia doutor! Fiz uma cirurgia de hemorroidectomia na quinta-feira dia 07/11/2013, o problema é que mesmo seguindo à risca todas as recomendações necessárias, tipo comendo somente fibras, muita folha, comendo manga, mamão, etc; tomando 3 litros de agua por dia e fazendo o uso correto dos medicamentos ( ibuprofeno 400 mg 3 x ao dia, metronidazol 500 mg 3 x ao dia, plantaben nas refeições, omeprazol, paracetamol, ahhhhh, tambem estou tomando outro medicamento por conta propria, pois assim que cheguei em casa tive uma incontinencia urinária, como se fosse infecção urinaria e estou tomando norfloxacino 400 mg de 12 em 12. Entao doutor, o problema é que ainda nao defequei, até pra soltar gases é insuportavel e tenho de ir ao vaso, faço muito esforço que nao surte efeito, começa às veses sair uma pequenino pedaço de fezes bem molinha mas não da sequência, a impressão que tenho é que o canal ficou tao apertado que nao existe passagem. Sera que preciso me operar de novo para abrir mais um pouquinho? Eu tinha uma hemorróida de grau 2 externa que nunca apresentou sangramento, ocasionou-se por conta da minha segunda gestação.
    Agradeço imensamente se me responder com brevidade, pois meu retorno ao médico é somente dia 22.

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Rivana:
      Se depois de um período inferior ao que você relata, após a hemorroidectomia, o paciente não evacua, essa quantidade de fibras ingerida diariamente deve ser radicalmente reduzida e alguma medida de resgate da evacuação deve ser adotada. Essa ou essas medidas vão depender da sua história e do exame físico realizado, podendo contemplar a ingesta de um laxativo mais potente e/ou o emprego de enemas evacuatórios. De qualquer forma, a conduta deverá ser ditada pelo seu médico assistente ou, na ausência do mesmo, por algum outro médico com quem você consulte.

  114. Regyns Says:

    Doutor, apareceu em meu ânus um pequeno carocinho e com o tempo causou muita dor para sentar fui ao medico ele me passou xyloproct e daflon, usei e 1 dia antes de retorno ao especialista estourou o coagulo ao evacuar mesmo seguindo todos as indicações com fibras, saladas exercícios, não senti mais do para sentar com o passar dos dias e apenas queimação. O medico me examinou e disse q eu não tinha mais hemorroida externa apenas pequenas 3 a 4 internas e que não chegavam a grau 1 e que elas podem sim sarar sozinhas com dieta por estar no começo.
    Gostaria de fazer estas perguntas ao senhor : Hemorroida apesar de ser uma veia q se delata no ânus ela pode retroceder se for no começo como meu medico disse e sarar de vez sem operar e só com banhos de agua fria no local ou ela as vezes vai inflamar mesmo com cuidados ? Pois ele disse q as pontadas e um pouco de queimação ao sentar e andar as vezes e processo de cicatrização pelo fato do coagulo ter estourado e que pomadas pode fazer este processo ficar lento ( cicatrização ). Faço musculação e lutas a 10 anos posso continuar praticando como sempre fiz ? Esta bolinha que q esta na parte externa mesmo após vazar o coagulo internamente é possível cauterizar para aliviar um pouco o incomodo para sentar e se limpar tirando o excesso de pele pode ajudar ? A cirurgia so pode ser feita quando o quadro for mesmo grave não podemos fazer a mesma no começo para não prorrogar la na frente o sofrimento ?

    Obrigado por tirar nossas duvidas e obrigado

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Inicialmente, hemorróidas crônicas não involuem, porém podem ter suas manifestações reduzidas. O que involui e apresenta resolução completa é a trombose hemorroidária (quadro agudo). Continuar praticando esportes, como os que pratica, não é indicado na vigência de quadro agudo. Quando a trombose hemorroidária ulcera, habitualmente apenas parte dos trombos é eliminada em um primeiro momento e, mesmo assim, lentamente. A cirurgia é indicada quando a dor é muito intensa, não se obtendo alívio adequado com emprego de medicamentos, ou quando se deseja uma resolução imediata do caso, por exemplo.

      • Regyns Says:

        Dr após o quadro do coagulo sumir posso treinar normalmente ? sem a cirurgia mesmo pq o medico disse nao ser indicado por ser mínimas as hemorroidas terei de usar medicamentos para sempre ou ela pode ser controlada sem eu ter de usar mais pomadas no local e levar a vida normal por estar no começo ? Dr eu não tenho ninguém na família que tem este problema tenho um pouco do intestino preso q acho q foi o q causou o mesmo, pq os das gestantes saram com o tempo e os por esforços não retrocedem com o tempo ? A minha hemorroida após usar o banheiro eu vejo uma pequena carninha la dentro do lado esquerdo e do lado direito não sai para fora nem nada por ser bem pequena a tendência dela e progredir ou estabilizar ja q não sara ? E neste caso esta carninha pode vir ja da área dentada no canal anal ou este tipo de hemorroida é so no final do ânus mesmo que se desenvolve e não la do fundo ? Achava que ela sempre iniciava no fundo e com o tempo ia aumentando ate sair para fora, não sabia q ela pode aparecer ja no final do ânus e estabilizar …… desculpe tantas perguntas Dr. Muito Obrigado pela ajuda

      • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

        Considerado apenas o problema agudo, o retorno aos treinamentos poderá ocorrer após a resolução completa do quadro. Wm relação à doença hemorroidária crônica, existem várias possibilidades de tratamento no consultório como injeções esclerosantes, ligaduras elásticas e fotocoagulação com raios infravermelhos. A conduta mais apropriada resultará da avaliação do médico especialista, que deverá esclarecê-lo sobre o tratamento mais adequado, necessitando obter o seu consentimento.

      • Regyns Says:

        A mais uma duvida, só com compressa de agua fria é melhor q ficar usando pomadas realmente ?

      • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

        Nunca tive acesso a qualquer trabalho científico que estudasse essa comparação. De qualquer maneira, para trombose hemorroidária externa, não indico nenhuma das duas alternativas.

      • Regyns Says:

        Dr para a hemorroida interna pequena e melhor agua fria mesmo e evitar pomada xyloproct internamente ? Dr pq a hemorroida da gravides da mulher sara e do homem por esforco fisico nao cura tb ?

      • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

        Inicialmente, você deve identificar o quadro hemorroidário específico em ambos os casos. Eventos agudos são mais frequentes nas duas situações, podendo recorrer quando da reincidência do fator desencadeante (gestação ou parto, ou esforço físico exagerado em determinados exercícios ou práticas desportivas). Nesses casos, a moléstia aguda pode ter resolução espontânea. Entretanto, na vigência de uma doença crônica, a tendência é não haver regressão, ocorrendo, inclusive, progressão da mesma com o passar do tempo.

      • Regyns Says:

        Dr desculpe tantas perguntas mas o senhor esta me ajudando muito com meu quadro.
        hemorroidas internas se inflamadas podem desencadear muitos gases no dia ? Pois aconteceu isso comigo quando meu coagulo vazou tiver este problema e quando foi cicatrizando com o tempo foi diminuindo a frequência dos gases.

      • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

        Hemorróidas não têm relação alguma com produção ou eliminação maior de gases.

      • Regyns Says:

        Quando é feito a ligadura elástica, infra vermelho, ou método por injeção ( congelamento ) é eficaz ? Pois se tratando de uma veia delatada apenas se resolveria tirando a mesma por ela não retroceder, o simples fato de eliminar com estes procedimentos aquela quantidade ou excesso de carne interna q é a hemorroida não causa reincidência por não ter tirado a veia em si com o problema mas sim só aquele inchaço ?

      • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

        Segundo alguns trabalhos científicos que comparam métodos de tratamento de doença hemorroidária, a ligadura elástica é aquele que apresenta os melhores resultados depois da cirurgia convencional. O emprego de raios infravermelhos parece-me oferecer melhores resultados do que as injeções esclerosantes. Crioterapia está em desuso.

      • Regyns Says:

        Dr qual a opinião do senhor sobre a cirurgia THD ( Doppler ) a longo prazo já que se trata de um procedimento novo no pais ? O senhor acredita que com o passar dos anos ele pode trazer problemas para a saúde ou problemas com no local aplicado ?

        Muito Obrigado e Deus o abençoe

      • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

        Vou responder, reproduzindo esclarecimento já prestado para outra pessoa neste mesmo post, com apenas uma retificação, sobre a dearterialização hemorroidária transanal (THD), também conhecida como ligadura arterial hemorroidária Doppler-guiada. Na Medicina, como em outras ciências ou atividades, como queira, as indústrias estão sempre querendo inovar, mesmo que isso não necessariamente signifique melhores resultados terapêuticos. O que inicialmente parece ser a panacéia para todos os males, o tempo traduz muitas vezes em resultados pífios. De qualquer maneira, até hoje, só conheço um especialista em Coloproctologia em Porto Alegre (RS) que empregua essa técnica. Revendo a literatura médica, artigo publicado no periódico “Diseases of the Colon & Rectum” (2008;v51,pp.945-9) revela que a taxa de recidiva da doença foi de doze por cento 12,6 meses após o emprego de THD, com esses pacientes sendo submetidos à cirurgia complementar com o emprego da mesma técnica ou até de hemorroidectomia convencional. Trabalho mais recente, com acompanhamento de até cinco anos, publicado na revista “Techniques in Coloproctology” (2012;v16,pp.61-5) conclui que a THD é efetiva para hemorróidas de segundo grau, isoladamente parecendo menos eficaz para hemorróidas de terceiro grau. Cumpre lembrar que inúmeros trabalhos científicos demonstram que a ligadura elástica – que pode ser realizada no consultório sem anestesia qualquer – só perde em eficácia para a hemorroidectomia convencional, quando comparada com a mesma, tendo as hemorróidas anteriormente citadas como indicação terapêutica. Cumpre salientar que THD não trata alterações outras concomitantes, como os plicomas. Espero, desta forma, ter-lhe fornecido dados suficientes para que forme sua própria opinião.

      • Regyns Says:

        Dr a cirurgia pelo método de grampeamento é tb eficaz ? o Sr o recomenda tb ? o pós com este método e muito doloroso tb ?

      • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

        Como já exposto em outros comentários, não é objetivo deste “blog”, nem é permitido pelo Conselho Federal de Medicina, a realização de consultas virtuais. Isto explica porque não houve resposta para alguns comentários seus. Porém, neste caso, em particular, você está pedindo informações sobre um procedimento cirúrgico empregado no tratamento da doença hemorroidária crônica, algo que posso oferecer, sem receio de infringir o Código de Ética Médica. Publicações científicas concluem que a hemorroidectomia ou hemorroidopexia com grampeamento é menos efetiva que a cirurgia convencional e está associada a um maior risco de recidiva da doença e prolapso a longo prazo. Também existe uma incidência aumentada de cirurgias adicionais e tenesmo relacionada ao emprego dessa técnica. Finalmente, deve ser considerado que, como qualquer procedimento relativamente recente, suas desvantagens não são ainda completamente compreendidas.

  115. Gleicy Says:

    Ola Dr. Vi em comentários anterios que o Sr. Falou que o preço da cirurgia de plicoma varia muito e depende muito do médico. Porem nao tem nem ideia de quanto pode ser. Em media sai quanto?

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Gleicy:
      Vamos para o aspecto prático de sua dúvida. Inicialmente, é muito difícil estabelecer uma média de preços. Teríamos que perguntar para uma amostra de médicos de um determinado local que faixa de preços eles estabeleceriam para se ter uma idéia aproximada da média. Além disso, o preço dependerá de muitas variáveis, dentre as quais eu citaria: número e volume dos plicomas, competência e tempo de atividade do médico, região em que você reside, se o procedimento cirúrgico será realizado em consultório, clínica ou hospital (em regime ambulatorial ou de internação), se o preço inclui, ou não, as consultas no período pós-operatório, etc. No final de tudo, o preço final será estabelecido pelo médico que você escolher para realizar a cirurgia, sendo até gratuita, se realizada através do SUS.

  116. naathalia Says:

    Boa noite Dr. Meu caso e seguinte tenho 21 anos sempre fui ressecada e tinha pessimo hábito de usar papel higiênico com força e as x sai sangue mas nunca liguei era pouco ai um dia tive umas pontadas no anus e usei muita força pra ir banheiro depos de 2 dias apareceu uma bolinha bem em cima do anus dolorida e vermelha usei hemodase,hamamelis e nao paro a dor fui no posto medica mal olhou disse q era hemorroida pequena e passou prokgel, tbm n resolveu dor nunca passava depois 2 dias fui outro médico tbm clínico ele disse q era plicoma ele passou trok G hoje faz 7 dias q to passando pomada dor sumio mas tamanho diminuio pouco e tomei brupovil por conta faz 3 dias dor nao voltou fiz td banho assento nao usei papel higiênico e comi fibras e nao to indo ao banheiro sem esforço nem dor mas dentro da bolinha parece q tem uns gaos que se mechem parece grao de arroz formato e tem uns redondinhos tbm o que pode ser essas saliencias? Isso q mas encomoda prq n tem tanta pele nem tao grande metade de uma moeda se 5centavos.
    Fui ao medico denovo ele disse q nao sabe quando vai diminuir total e falou q n precisa operar mas to com medo de nunca diminuir e ainda ta inxado mas n doi mas.
    E vi varias fotos nem parece plicoma nem hemorroida parece pele saliente com alguns graozinhos dentro q da pra sentir com mao.
    Ta bem em cima do anus ja estou 16 dias assim demora muito par sumir ?

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Nathalia:
      Se trombose hemorroidária for o caso, as pequenas irregularidades que você percebe sob a pele podem corresponder aos vasos trombosados. A dor desaparece antes da saliência, que poderá sumir até mais de trinta dias depois de seu surgimento.

  117. Flávio Says:

    A utilização da técnica Dearterialização Hemorroidária Transanal guiada por Doppler pode trazer algum problema ou desconforto para o sexo anal? Como algum rompimento devido ao ato sexual ou machucar o pênis devido à costura realizada no procedimento?
    A técnica de hemorroidectomia convencional seria melhor para quem pratica o sexo anal?

  118. Carla Says:

    Olá Dr Gustavo, estou com uma cirurgia de hemorroida marcada para sábado agora. Além das hemorroidas, farei também a retirada dos 2 plicomas. Meu medo é saber que esses plicomas podem voltar. Eles são enormes, em torno de 4 cm cada um (tenho 2) e além de incomodar demasiadamente quanto ao uso de roupas e higiene, etc, esteticamente é horrível. Inclusive a minha vida sexual, em virtude desse problema estético, já não existe mais há pelo menos 4 anos.
    Já questionei meu médico a respeito disso e ele me disse que eu ficarei bem, que não é pra me preocupar, mas pesquisando na net, vi vários casos em que os plicomas voltaram sim.
    Gostaria de saber se na sua opinião e vasto conhecimento, existe alguma conduta que eu possa e deva tomar para que esses plicomas tenham uma menor chance de voltarem a aparecer?

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Carla:
      Você pode atuar apenas sobre variáveis controláveis, obviamente. Realizar higiene anal com jato d’água duas vezes por dia e após as evacuações, talvez complementando com banhos-de-assento com solução de permanganato de potássio, para diminuir as chances de desenvolver alguma infecção nos ferimentos operatórios. Evacuar fezes formadas e macias diariamente, sem esforço, para que o ânus, no período pós-operatório, não cicatrize com vício, minimizando as possibilidades de ocorrer estenose ou fissura anal. Não dê chances ao azar, traumatizando a área operada. Portanto, nada de passeios de bicicleta, etc. O bom senso deve sempre prevalecer.

      • Carla Says:

        Muito obrigada pela orientação Dr. Gustavo! Sua opinião me é de grande valia. Vou seguir tudo certinho como vc e meu médico me disseram.
        Minha cirurgia foi tranquila, o pós que é meio complicado né?! Haha. Sobrevivendo de frutas e folhas por enquanto e introduzindo massas bem aos poucos. Me sinto bem já e quase não tenho dores.
        E digo uma coisa para aqueles que têm pavor dessa cirurgia, como um dia eu tive. Não, não é bicho de 7 cabeças como pintam. É doloroso sim, não vou mentir, mas as dores físicas e emocionais que eu sentia antes da cirurgia, era muito, muito maior. Hoje posso dizer que tirei um fardo enorme das costas.

  119. Lulu Says:

    Tenho 30 anos tive um parto normal complicado,na hora de ganhar o bebe descobriram que eu não tinha passagem suficiente para o parto normal, forçaram assim mesmo,levei 14 pontos da entrada da vagina ate perto do anus.passar o tempo ficou uma cicatriz muito feia,e uma pele sobrando. So que nao doi e nem encomoda. Isto pode ser hemorroida?? obrigado aguardo resposta

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Lulu:
      Mesmo sendo médico, atuando em uma ciência fora da esfera das ciências exatas, trabalho para ser bastante preciso em meus diagnósticos. Você deve compreender que algumas possibilidades diagnósticas podem contemplar a descrição do seu problema. Portanto, para que não ocorram equívocos, o melhor mesmo é você consultar com um especialista, até mesmo para verificar se existe a necessidade de tratamento.

  120. giseli Says:

    Dr.tenho 23 anos, e apareceu um plicoma, a principio a enfermeira achou ser hemorroida, e a dra receitou proctyl, porem apos uma semana de uso, não houve mudança no tamanho, e fui avaliada novamente, ela disse então que é um plicoma, é possivel uma cirurgia, e existe alguma pomada que retire o plicoma caso não possa operar?…

  121. Marta Says:

    Hoje percebi que tinha um pedaço de carne bem pequena perto do anus. Nunca tinha visto nem sentido nada nela, peguei ate mas n senti nada. O que poderia ser isso? Obrigada

  122. Eliana Says:

    Bom dia Dr.Gustavo!
    A minha filha de 1 ano e 4 meses foi diagnosticada pela pediatra com plicoma e a Dra. disse que não tem tratamento e que iria suavizar quando a constipação passar. A minha bebê sente dor ao evacuar. Plicoma só resolve com cirurgia? Teria algum remédio para aliviar a dor?
    Obrigada!

  123. Kamila Says:

    Dr.
    Tenho vários plicomas resultado de uma fissura que demorou muito tempo para cicatrizar.
    Hoje estou com 38 semanas de gestaçao e um inchaço com sangue preso e muito doloroso na borda esquerda do anus.
    Estou usando proctyl e fazendobanhos de há dois dias e continuo com muita dor.
    Não sangra em nenhum momento.
    O que mais posso fazer?

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Kamila:
      Se o diagnóstico for de trombose hemorroidária externa, verificar, com seu médico ou sua médica ginecologista e obstetra, se é possível utilizar medicamentos antiinflamatórios e/ou analgésicos. Quando a dor é muito intensa, a cirurgia pode ser a solução mais adequada se a dor do ferimento operatório resultar menor.

  124. rafaela Says:

    Dr. gustavo, quero mt realizar uma cirurgia para retirada do plicoma, contudo antes de procurar um especialista gostaria de ter uma ideia de quanto custa esse procedimento.
    Poderia me ajudar?

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Rafaela:
      O preço de um procedimento cirúrgico varia muito de profissional para profissional e, entre outras coisas, depende da experiência e competência do médico.

    • Carla Says:

      Rafaela, ñ sei em qual região vc mora, eu moro em São Paulo, na zona leste.
      Assim como vc, eu tb tive muitas dúvidas a respeito de preço sobre essa cirurgia, ñ tinha idéia sequer de qto seria a média de valor. Liguei em várias clínicas e ninguém me dava nem ao menos um preço estimado. Só depois de uma consulta com um proctologista foi que eu consegui saber o preço, que no meu caso foi 3 mil reais. Não sei se esse é o valor em qquer cidade, mas pelo menos agora vc tem uma base. Mas um valor correto mesmo, só um médico especialista poderá te informar, até pq não posso afirmar que seu problema seja somente o plicoma né. Mas procure um especialista sim. Acredito que valha a pena, pois só quem tem esses terríveis e monstruosos plicomas sabe o quanto é triste. Boa sorte meu bem! =)

  125. lais Says:

    Dr. Gustavo
    fiz coco e noite que esta com uma pelinha pra fora mais nao doi nada porque sera que saiu essa pelinha ela nao vai mais volta pra dentro….

  126. Katia Says:

    Dr. Notei há um tempo atrás a existência de uma pelinha, parecendo uma linguinha, saliente no meu ânus. Perguntei pra minha mãe e ela disse que eu tenho isso desde que eu nasci. Após passar na ginecologista, a mesma me informou que era só uma pelinha, uma vez que não doía, cossava ou sangrava. Mas, desde ontem eu estou sentindo muita ardência e cheguei a acordar de madrugada por conta disso, essa pelinha ficou inflamada e eu mal conseguia tocar. Hoje de manhã ela doía e eu senti incômodo para sentar, pela tarde/noite, percebi que, além de arder ela também está sangrando um pouquinho. Não relações nesse período e não encontrei nada com essa descrição na Internet. Alguma ideia do que pode ser?

  127. Claudiely Stresser Machado Says:

    Caro Dr. Gustavo, tenho 22 anos e desde a infância sofro com sangramento ao evacuar, mesmo que as fezes não estejam ressecadas. De um ano pra cá, além do sangramento tenho sofrido horrores com muita dor e um enorme plicoma. Procurei um procto ele me indicou o tratamento local com uma pomada manipulada (ninfedipina + lidocaína) que alivia bastante a dor, porém se deixo de usar a pomada a dor volta a ser insuportável.
    Ele me disse que eu tinha o plicoma e também fissura anal, coincidentemente meu irmão teve fissura anal e necessitou intervenção cirúrgica. Eu gostaria de saber se isso pode ser considerado genético e se há possibilidade de cura sem a cirugia, pois segundo o procto que me atendeu, como a pomada aliviou a dor, a cirugia não era necessária, porém não quero depender do medicamento o resto da vida, pois se não uso tenho dores, incômodo, ardência no ânus. Mas ao mesmo tempo fujo à cirurgia temendo a recuperação, que ao que me recordo é muito sofrida. Tomo bastante água e procuro comer mamão papaya diariamente, quando frutas não ajudam uso FIBERMAIS na alimentação pra ver se não resseca tanto as fezes.

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Claudiely:
      O tratamento clínico da fissura anal crônica consiste em três componentes: relaxamento do esfínctera anal interno, adequada expulsão de fezes formadas e macias e alívio da dor. NIFEDIPINA é uma droga que reduz a pressão de repouso do músculo esfíncter anal interno e em um estudo, pelo menos, apresentou taxa de cicatrização da fissura superior àquela da NITROGLICERINA (89 versus 58 por cento). Entretanto, pode haver recidiva da doença. Para que se julgue que o tratamento medicamentoso não esteja sendo exitoso, deve-se empregar a droga por pelo menos 80 dias. Se a opçaõ final for pelo tratamento cirúrgico, saiba que os pacientes percebem menos desconforto mesmo logo após a cirurgia. Vale a pena salientar que existe um risco variável, porém pequeno e maior no gênero feminino, de algum grau de incontinência anal, mais frequentemente para gases, após a esfincterotomia lateral interna subcutânea, cirurgia considerada padrão-ouro como tratamento da fissura anal crônica.

  128. pedro Says:

    Bom dia Doutor ja fiz colonoscopia exame de toque constou hemorroidas mas venho fazendo fezes finas mas no exame nao consta nada o senhor acha que estas fezes finas e deviduo a hemorroidas . Porem sou muito ansioso sera que pode ser emocional tambem. Obrigado!!!!!!

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezado Pedro:
      Habitualmente, hemorróidas internas são diagnosticadas através de um exame denominado “anuscopia” realizado em consultório. Elas não são normalmente adequadamente percebidas no toque retal. Por ocasião da colonoscopia, quando volumosas, elas podem ser observadas quando, no reto, o médico realiza uma manobra de retroversão com o aparelho, para conseguir enxergar a transição anorretal. De qualquer forma, o médico examinador é o profissional adequado para esclarecer suas dúvidas.

  129. lis Says:

    Ola dr. Fiz a cirurgia para a retirada de dois plicomas ha duas semanas, a cicatruzaçao esta otima, no entanto, a borda do ferimento de um deles ficou semelhante a um novo plicoma, fui ao meu medico e ele disse ser normal e q nao poderia ter sulturado para nao causar estenose, porem ele nao deixou claro se isso continuara como esta, pois esta maior q o plicoma q tinha antes, gostaria de saber se volta ao normal ou se terei q fazer cirurgia novamente :(

  130. Evandro Says:

    Olá Doutor!
    Após a uma diarréia apareceu ao redor do meu anus uma pele que não doi e não incomoda, o que devo fazer porque também ela não muda de tamanho.

    Desde já agradeço.

  131. Jose Says:

    Dr, me ajude por favor, fiz sexo anal com minha namorada a 3 dias, e ela no dia seguinte ao ato sentiu muitas dores e notou um caroço no anos, este não sangra, ela nunca teve isso, como fizemos sexo anal sem lubrificante e sem camisinha creio que tenha sido por causa do atrito, pode ser algo grave ou apenas uma inflamação que irá desaparecer depois? ( ja que ela nunca havia notado nenhum caroço ou dor antes ) existe alguma pomada para passar e melhorar? Ouvi falar do Proctyl, seria uma boa idéia usar? Ela tem muita vergonha de ir ao médico pelo constrangimento. Nos ajude por favor Dr.

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezado José:
      Relação sexual anal sem uso de lubrificante adequado é um grande equívoco. O ânus não apresenta nem a lubrificação natural, nem a complacência da vagina. O mais provável, é que ela esteja com uma trombose hemorroidária externa. De qualquer maneira, o correto é consultar com um médico especialista para que este determine o diagnóstico e oriente o tratamento indicado. Nos casos de trombose hemorroidária externa, emprega-se habitualmente medicamentos analgésicos e antiinflamatórios.

  132. Daniele Martins Says:

    Dr. estou com diarreia cronica há 1 ano desde que operei a vesícula, já fui no proctologista ele disse que tenho um plicoma anal e fissura anal, alguns mamilos hemorroidarios, segundo meu procto o plicoma não é grande, mas com a diarreia eu sinto dor nele, e ele inflama quando tenho diarreia…o procto disse que meu caso é mais clinico, que resolvendo a diarreia isso se resolve, e que cirurgia não é recomendando no meu caso que com tanta diarreia poderia dar abcesso. Ja fui em vários gastros, e nenhum resolve minha diarreia, ja tomei lonium, anita, flagyl, digedrat, buscopam e sempre to com diarreia. Minha ultima colono foi em 2009 e não deu nada. Meu gastro diz que meu organismo nao se acostumou a viver sem a veiscula, tenho pangastrite. Não tá dando pra viver com tanta diarreia e esse negocio no anus sempre inflamando, dói pra andar. Meu medico diz que doi pq a pele fica roçando. Puxa, será que tem tratamento essa diarreia. Faço dieta rigorosa, sem laticinios, sem gordura e sem açucares. Pois alimentos açucarados tb me dão diarreia. A minha duvida é realmente operar plicoma com diarreia dá abcesso ? Essa minha diarreia tem solução? Meu procto disse que só o gastro pra resolver isso e que nao será facil, mas ja fui em varios e ng resolve, meus exames estão todos normais, incluindo ultra, lipidograma e hepatograma.

  133. Aninha 36 Says:

    Dr. Gustavo, se ainda utiliza esse blog, por favor me tire essa dúvida: recentemente fui à Goiânia e fiz uma cirurgia dada como essa tal excisão de hemorroidas. Tem pouco mais de um mês. Os plicomas estavam muito expostos, era um incômodo estético. Acontece que apenas houve uma diminuição de tamanho. Ainda está visível. Esta cirurgia não deveria retirar tudo? O ânus volta ao normal ou não? Me responda, por favor. Só me submeti a isso porque achei que ficaria perfeitinho, do jeito dele…

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Aninha:
      Sempre que possível, em uma operação para hemorróidas, com ou sem plicomas, além do resultado funcional, busca-se o resultado estético. Algumas vezes, quando os plicomas são grandes ou numerosos, sua remoção cirúrgica completa pode resultar em extensas áreas cruentas, podendo, como consequência, redundar em fissura anal residual (quando um ou mais ferimentos não cicatrizam completamente) ou estenose (estreitamento) anal. Também, mesmo que a excisão dos plicomas tenha sido completa, no período pós-operatório, a resposta inflamatória pode determinar inchaço das bordas dos ferimentos operatórios, surgindo, como resultado, plicomas residuais. Converse com seu cirurgião para obter maiores esclarecimentos.

  134. luuuuiz Says:

    a minha e externa. Comia muita besteira na rua, parei de comer besteira na rua é ela desencho. agora ficou um pequeno caroço. “não doi, não sangra, nem sinto que tenho é não me incomoda ”
    Agora sei que tenho que me cuidar. Existe algo que possa dizer sobre isso? Pomada ou algo do tipo. Sei que pode ter sido infecção estomacal comia muita besteria por que sou universitário é vida de universitário e muito corrido.

    PS. Não bebo e não fumo.

  135. pedro Says:

    Doutor gostaria de lhe colocar uma pergunta
    Há 10 anos atrás tirei 2 quistos no ánus, e fiquei bem mas a 4 anos para cá no momento de ir no banheiro as vezes sai uma bolinha branca do meu anus que apos alguns instantes volta para dentro não tenho nenhuma dor nem sangramento, nem preciso empurra ela pa dentro ela vai sozinha, somente incomoda um pouco nessa hora, será hemorroida ?

  136. David Says:

    Bom dia Dr, tudo bem?
    Tenho 20 anos e no ano passado me apareceu uma bolinha de pele no meu anus e usei varias pomadas, por fim ela sumiu aparentemente, mas sempre quando vou evacuar, essa bolinha volta e me causa um certo desconforto, nunca gostei de papel, sempre utilizo o jato de água, e logo ao levantar ele volta para dentro e fica tudo normal, não faço força para evacuar, meu intestino funciona perfeitamente, e essa bolinha não dói, minha pergunta é… se caso não me causar desconforto no meu dia a dia, apenas na hora de evacuar, tem necessidade de cirurgia? Ela pode piorar? Obrigado desde já e tenha um ótimo dia.

  137. Douglas Says:

    Olá Doutor, Tenho um problema e eu ainda não fui ao médico, creio eu que seja hemorroidas, meu problema é o seguinte, tenho tipo 2 bolhinhas meio distante do anus, elas ficam mais ou menos uns 2 ou 3 cm do anus, elas coçam, sangram quase sempre que evacuo e agora está me dando uma dor insuportável, não sei o que fazer, não quero ir ao médico por que tenho vergonha, o que o senhor poderia me dizer?

  138. allan Says:

    Boa Tarde doutor estou com uma pele no anus pra fora e sangra quando vou ao banheiro fui ao medico e ele me disse que tera que operar e diee que teno que tomar uma anestesia chamada de traqueo nao sei se escrevi direito , teno medo desta anestesia e porque sera que nao aplica a local.Obrigado!!!

  139. Juliana Says:

    Olá Doutor,
    acompanho o site desde um tempo muuuito curto e queria saber se o senhor poderia me tirar uma dúvida.
    tenho 21 anos e fiz sexo anal pela primeira vez com meu namorado já faz um dia e meio, e, na hora doeu muito e tal mas depois do sexo anal eu reparei que surgiu uma saliência no meu ânus beem pequena quase como se, algo tivesse inflamado. Queria saber o que pode ser. Sinto pouca dor, não sangrou durante o ato e nem sangra agora em nenhum momento mas esta com uma coloração rosinha natural e doendo. Essa saliência no meu ânus é como uma uretra, só que inflamada, sabe, um aspecto inchado. isso é normal como um aviso de que “perdi as pregas”? vai sair isso/vai desinchar e sumir? ou é permanente do tipo que só sai com cirurgia?
    grata desde já Ju.

  140. Ellen Tanusa Says:

    Olá. Doutor bom dia ..
    Fiz sexo anal com preservativo e 3 dias depois começei a
    sentir uma cosseira seguido de dores no anus, e quando vou ao banheiro noto pequenos resíduos branco ( parecido com sêmen) nas fezes . O que podes ser isto !?

  141. Vinicius Says:

    Boa Noite Doutor, eu fiz uma consulta com um procto que diagnosticou trombose, hoje existem pequenos caroços duros os tais plicomas, com o passar de uns 20 depois do trambo nao existir fiz novamente relação sexual anal e no outro dia um novo trombo apareceu? porque essa area está tão sensivel. quero saber quais alimentos aceleram na descoagulação do sangue, esteticamente é muito esquisito se não desaparecer o jeito é tratamento cirurgico? grato e parabéns pela página!

  142. ana Says:

    Olá Dr, Gustavo. Eu tenho já a mais de 10 anos umas peles soltas ao redor do anos,essas peles ñ saem de dentro elas com o tempo foram se formando, no começo doíam muito e sangravam agora já nao doem mais só me em comoda pois são grande, agora uns meses para cá apareceu um caroço mais na parte de trás do anus e doi muito sangra tbm as vezes me da até umas fisgadas fui consulta mais a medica ñ quis olhar, gostaria da sua opinião o que sera que eu tenho poço corrigir com uma cirurgia.

  143. marly Says:

    Dr preciso de ajuda….sinto uma dor quase q incontrolavel entre o anus e a vagina …coloquei o dedo dentro para ver oque sentia e senti um caroço q ao apertar doi demais…
    oque pode ser?

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Marly:
      Você, assim como outras pessoas que para mim enviam seus comentários, me deixa em uma situação delicada e desconfortável, solicitanto diagnóstico com base em algumas informações imprecisas. No seu caso, a resposta é idêntica: consulte com um médico especialista.

  144. danilo Says:

    Ola doutor este caroço apareceu em mim 3 vezes uma vez por ano fica uns 3 ou 4 dias e some e normal

  145. Caroline Says:

    Olá Dr.,
    Fiz uma cirurgia para retirar plicomas e uma pequena hemorróida faz cerca de 3 meses. Hoje, a maior parte da ferida já cicatrizou, mas parece ter restado uma parte ainda aberta, bem próxima ao anus, que solta uma secreção amarelada semelhante a pus, e às vezes sangra um pouco (apenas umas gotinhas no papel higiênico, quando pressiono para enxugar a secreção). Também arde um pouco quando lavo com sabonete. É normal? Quanto tempo deve levar para haver cicatrização total? Obrigada!

  146. angelica s. Says:

    qual é sabonete correto para higiene anus

  147. Isairis Says:

    dr, apareceu um exceço de pele no meu ânus, devido a uma evacuação dolorida. é indolor, não sangra, apenas incomoda quando da limpeza após a evacuação. faz uma semana e a minha pergunta é: não simplemente pra colocar pra dentro com o dedo? tenho medo de piorar a situação.

  148. Bruna Ribeiro Says:

    ola dr….
    estou gravida alias ja estou no fim da gestacao e de uns dias para ca notei uma pequena bolinha no meu anus fiquei muito preocupada isso seria Hemorroida? mais detalhe nao sinto dores nem ardencia quase que ela passa despercebida so vi que era quando fiz minha higiene pessoal q senti algo anormal ai olhei no espelho tem uma bolinha pequena devo me preocupa e procurar um especialista quem seria? afetara meu parto direto ou indiretamente?
    obrigada aguardo a resposta.

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Bruna:
      É claro que, considerando que você está no período final de getação, algumas hipóteses diagnósticas parecem mais prováveis. Entretanto, seria uma irresponsabilidade de minha parte propor possibilidades diagnósticas. Consultar é o correto.

  149. Rosa Says:

    Dr. tenho um plicoma. Já fui encaminhada ao cirurgião proctológico. Será necessário fazer colonoscopia?

  150. bruna Says:

    Dr…estou com umas bolinhas ao redor de anus, não sai nada…parece espinha e encomoda quando ando, oq pode ser?

  151. WINDSOR COELHO CAVALCANTI JÚNIOR Says:

    Prezado Dr. Gustavo, muito boa tarde.
    Chamo-me Windsor Júnior, tenho 43 anos e moro no Recife.
    Há cerca de 35 dias, mais ou menos, submeti-me à hemorroidectomia e também esfinterectomia anal…
    Bom, dias depois da cirurgia, surgiu um CALOMBO, digamos assim, que foi crescendo a tingiu o tamanho, mais ou menos, da cabeça de um dedo polegar…no início estava dolorido, e eu sentia pontos…ou próximo ou nele mesmo…hoje, não sinto os pontos, a dor diminuiu…existem outros calombinhos pequenos, porém, não incomodam…quanto ao grande, só dói se eu tocá-lo de forma mais forte, porém o tamanho do mesmo permanece igual…isso do lado esquerdo, onde era a fissura…já do lado direito, um dos corte da cirurgia, teima em não fechar…próximo do ânus…e isso estava causando sangramentos quando eu defecava…os sangramentos cessaram, poém o INCÔMODO é muito grande, associado à uma ardência, digamos assim, no local da ferida…o médico que me operou disse que se tratava de uma trombose e que iria regredir (até agora, nada..rsss) e que a ferida tb fecharia…mandou eu ficar nos banhos de assento e usar Proctyl pomada…e só…atá umas cervejinhas ele liberou rsss
    Bom, diante deste quadro, prezado dr. gustavo, gostaria de saber se os procedimentos, na opinião do senhor, são estes mesmos, ou se algo está errado…
    Grande abraço e antecipadamente, muito obrigado…
    Windsor Júnior

  152. Renato Says:

    Bom dia doutor! Nesse ultimo domingo, senti um incomodo no anus, e no banho notei que tem uma pele saltada pro lado de fora (forma redonda, parecendo uma bolha). Higienizei a área e assustado, forcei pra dentro do aparelho digestivo, mas o problema persistiu. Estou muito abalado, que tipo de especialista devo procurar? Não tenho mais plano de saúde, na rede publica nem sei em quem confiar por nao ter indicação. Me aconselhe por favor?.. obrigado

  153. luciano lahr Says:

    ola doutor,tive plicoma, eu gosto de correr 6 vezes por semana 10 km, pois gosto de competir, a corrida pode dar plicoma devido a força nas pernas.

  154. Nicollas Says:

    Doutor, boa tarde

    A aproximadamente 3 semanas apareceu uma pele na borda do meu ânus. Fiquei com medo de ser hemorroidas, mas pesquisei e vi que não era. Não sinto dor, não sangra e nem coça, mas me incomoda muito. Pelo que vi, se trata de um plicoma. Estou usando pomada Proctosan a 10 dias, tomando bastante água, ingerindo alimentos com fibras e banho de assento morno. Minha dúvida: esse excesso some com uso da pomada (quanto tempo?) ou somente com cirurgia?

  155. dido Says:

    Querido doutor,
    Passei por uma cirurgia de retirada de um plicoma anal, e gostaria de saber, depois de quanto tempo posso ter relação sexual?

  156. edson Says:

    ola bom dia doutor , quero saber quanro pago por uma cirugia de plicoma anal so de um lado
    ?e a laser? vai para casa no mesmo dia?

  157. samara Says:

    ha aproveitando para informar que quando esta pele incham sinto dores.

    qual medico procurar?
    em casos cirurgico doem o Pos Operatório?
    em caso cirurgico exixtem cirurgias particulares e quanto custam aproximadamente?

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Samara:
      Dando continuidade às respostas do seu questionário, informo: primeiro, que desconheço cirurgia na região anal que não determine alguma dor; segundo, quanto a preço, dependerá do médico, clínica ou hospital, tipo de anestesia e moléstia a ser tratada, principalmente.

  158. samara Says:

    Olá Dr: Gustavo

    Há aproximadamente 5 anos apareceu um inchaço no meu anus, no inicio não dei muita importância, mas hj em dia me sinto incomodada com algumas vezes pois fica uma pelinha pra fora do anus o que atrapalha na higienização e as vezes incham essa pelinha e sai um pouquinho mais para fora. O q fazer? o que pode ser? isto tem tratamento?

  159. Mário Says:

    Doutor, td bom? Então, estou precisando muito de sua ajuda…
    estou sentindo uma coceira irritante na regial anal. Eu olhei e está avermelhado…tem umas pequenas bolinhas vermelhas, não sei se é irritação ou oq é…e umas duas peles pra fora, fica parecendo que está “molhado”. e coça muito , oq pode ser?
    Tirei algumas fotos, posso te mandar para algum email? Eu sei que tenho que procurar o proctologista, já marquei mas estou com mto medo…é para semana que vem ainda a consulta = ( grato.

  160. Luciana Says:

    Boa noite Dr. Gustavo,
    Fiz uma cirurgia há 2,5 meses para retirada de 1 plicoma e 1 hemorroida. Como consequência dessa cirurgia fiquei com 2 plicomas grandes e de extremo desconforto pois coçam muito e minha pele esta super sensivel(sinto como se estivesse com vários cortes minúsculos). já fui a 3 médicos que me passam vários remédios (anti-inflamatórios e pomadas), Por ultimo a 3 semanas que falou que o desconforto da coceira e da pele sensível vai sarar sozinha com +- 1 mês e os plicomas terei que tirar.
    Gostaria muito de saber se há algum medicamento para parar a coceira que é o que mais me incomoda.
    Irei fazer a cirurgia no próximo mês mas estou com medo de acontecer igual a primeira cirurgia onde tirei 1 plicoma e fiquei com 2 isso é possível?
    E por esta com a pele tão sensível é possível o pós cirúrgico ser mais demorado ou mais difícil?

    Muito obrigada.

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Luciana:
      Obrigado pela confiança, mas como já dito inúmeras vezes, o profissional adequado para responder suas dúvidas é aquele que lhe presta atendimento. Porém, vou fazer algumas considerações. A escolha do medicamento adequado para tratar o prurido (coceira) que você percebe está intimamente relacionada com o diagnóstico de sua causa. Quanto a possibilidade de outros plicomas surgirem como consequência da remoção cirúrgica daqueles que você já tem, sua história pregressa já responde essa pergunta. Sim, é possível. Quanto à pergunta relacionada à pele sensível, não tenho condições de responder, pois não conheço sua natureza.

  161. Robert Says:

    Dr. boa noite, tudo bem?
    Venho acompanhando seu site desde que após evacuar descobri ter desenvolvido uma hemorroida externa trombosada.
    Já fui em dois proctologistas que mais me constrangeram do que me ajudaram, o primeiro pediu que eu ficasse de quatro e nem ao menos usou luvas, me chamou de “garotão” e que isso sumiria em tempo indeterminado.
    O segundo proctologista não quis olhar o meu anus porque de alguma forma o meu plano não cobre esse serviço da parte dele.

    Enfim, eu estou extremamente frustrado, eu até marquei um terceiro medico mas desisti de ir.

    Minha hemorroida trombosada foi de um tamanho considerável, com o tratamento clinico de proctyl não obtive nenhuma melhora por 2 semanas, resolvi tentar a Trombofob e o resultado foi incrivel, sinto que murchou muito, mas ainda sinto um carocinho duro e parece ter mais pele do que algo dentro, pois ela se movimenta conforme eu manipulo com o dedo, como se estivesse solta sem todo aquele conteúdo.

    Enfim, eu gostaria de saber se é possível que a elasticidade da pele afetada retorne, se algum alimento ou hidratante pode ajudar nessa absorção do tecido, ou pomada.
    Além disso, em caso negativo, eu vou optar pela cirurgia por uma questão estética, e gostaria de saber se o pós cirúrgico de um plicoma simples como resquicio de ums hemorroida trombosada é tranquilo ou pode acarretar outros problemas como incontinência .

    Muito obrigado e parabéns pela seriedade.

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezado Robert:
      Desconheço plano de saúde no Brasil cujo atendimento não contemple o exame físico, assim como também não tenho informações sobre algum medicamento que favoreça o desaparecimento de plicoma anal. A trombose hemorroidária externa habitualmente tem resolução espontânea. O que você ainda percebe no interior do plicoma é, provavelmente, algum vaso trombosado. Como o plicoma é uma alteração restrita ao tegumento, sua excisão não acarreta lesão na musculatura esfincteriana anal, não podendo resultar em incontinência anal. Como já citado anteriormente, dependendo da localização do plicoma, sua remoção cirúrgica pode resultar em um ferimento de difícil cicatrização, constituindo uma fissura anal crônica residual.

  162. Kateuscia Says:

    Dr Boa Noite! Tenho um caroço no ânus, apareceu ao mais ou menos três semanas, o médico ao qual me consultei disse que não é bem uma hemorróida pois não sinto dor, só um incomodo afinal é caroço tomei cetoprofeno e estou usando uma pomada policresuleno + cloridrato de cinchocaína, mas até agora não vi resultado o que faço?

  163. jose batista Says:

    Boa tarde Dr . Mais uma vez recorro ao Dr. para me esclarecer um problema que havia mencionado antes. , e que o Dr. disse que provavelmente estaria com TROMBOSE HEMORROIDÁRIA EXTERNA por eu haver notado um caroço Só que esse caroço aparentemente sumiu e não consigo detecta-lo, só sinto um pouco de desconforto ao evacuar, e hoje fui ao banheiro e ao evacuar um pouco de sangue junto a fése . o que poder ser ?

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezado José Batista:
      Infelizmente, minha bola de cristal está no conserto. Deixando as brincadeiras de lado, se o caso que você descreveu corresponder a uma trombose hemorroidária externa, poderá ocorrer sangramento por ulceração da pele e exposição do trombo, ou o sangramento poderá corresponder a outro evento qualquer não relacionado.

  164. daniel Says:

    Doutor, apareceu, uma pequena saliencia no ânus, eu já tenho pólipos tb que causam coceira. essa saliencia não dói, e parece ser um pouco escura, o que pode ser?

  165. Henrique Matos Says:

    Dr: gustavo estou usando Wartec a 2 anos no ânus por causa de um condiloma (HPV) desde então surgiu um pequeno excesso de pele externo na borda do ânus e que está me encomodando. Queria saber se é por causa da pomada ou por causa mesmo do condiloma. Quero fazer uma cirurgia plástica pra retirar. Poderia ao menos informar do por que esse excesso de pele? Não tenho mais verrugas só uso a pomada por que coça bastante e quando fico estressado por muitos dias no local começa a ficar áspero e coçando.

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezado Henrique:
      Você está usando WARTEC (podofilotoxina) com acompanhamento médico durante esses dois anos? Se não, procure um profissional para orientá-lo. Sensibilização da pele, prurido, ardor, eritema e úlcera epitelial superficial podem ser efeitos colaterais do emprego dessa droga. Se a saliência de pele constituir um plicoma anal, o fator causador pode não ser identificado em alguns casos (plicomas idiopáticos).

  166. Ana Paula Says:

    Dr.fiz uma cirurgia de hemorroida externa que foi mal sucedida tive plicomas que infeccionaram ficaram inchados com pus e muita dor, em consequência dessa cirurgia tive necrose ,abcesso uma pequena fistula .Procurei um procto que diagnosticou tudo isso e me operou novamente dois dias depois da consulta.Agora após um mês da segunda cirurgia estou com dois plicomas que inflamaram e incharam não tem pus mas médico falou que agora tenho que fazer uma correção como se fosse uma plástica. Como estou extremamente traumática gostaria de saber se isso ocorre mesmo se é uma coisa normal. Obrigada desde já agradeço.

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Bem, Ana Paula. Com voce, ocorreu. As respostas para suas dúvidas, entretanto, devem ser obtidas com os médicos que realizaram as cirurgias. São eles, os profissionais que, por acompanhar o seu caso, reúnem os elementos para prestar os melhores esclarecimentos.

  167. Ítalo Says:

    Doutor, contrai a pouco tempo a sifilis secundaria, meu reagente foi de 1/256. Sou homossexual e além das chatas feridas no corpo eu tenho algumas bem grandinhas ao redor do anus e a mais ou menos uma semana começou a crescer um carroço ao redor do meu anus. Não doi, mas deve ter uns 3 cm. Estou preucupado, sera normal da sifilis? Ou qdo sumir a doença meu anus volta ao normal? Grato

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezado Ítalo:
      Se você tem o diagnóstico, já deve ter recebido o tratamento também. Uma lesão que surge na fase secundária da sífilis é o condiloma latum, lesão elevada, maior, que pode corresponder à alteração que você refere. Entretanto, deverá consultar para obter o diagnóstico correto, verificando se não apresenta infecções outras, concomitantemente.

  168. priscila s. brito Says:

    oi doutor ,tenho uma pequena pele solta no ânus ,ñ dói nem incomoda ,mas estou com medo ,pois prático sexo anal frequentemente e faço musculação, pego bastante peso é necessário parar com a musculação e o sexo anal ?pode crescer ?estou com muito medo de ser de alto risco ,obrigada

  169. Darlene Borges Says:

    Bom dia Dr., 
    Encontrei seu blog e como o Sr. é sempre tão esclarecedor e solícito, decidi enviar um e-mail pois gostaria de uma esclarecimento, estou com dor na região anal à mais de 15 dias, não tem sangue, não dói na evacuação, tenho o intestino super regulado e fezes normais… por coincidência ou não essa dor começou depois que comecei a fazer academia, faço jump, bike, pilates… teria alguma coisa a ver com os exercícios? Estou usando a pomada Proctyl que tem amenizado a dor. Num auto exame verifiquei uma pele solta, o que poderia ser? Agradeço imensamente se puderes responder. Obrigada

  170. Marcos Says:

    Doutor, estou com presença de plicoma, só que eu tenho problemas de diarréia um pouco que constantes, por causa de uma retirada do íleo + valvula íleo cecal. A dúvida é, diarréia piora o muito o Plicoma? Porque eu mal estou conseguindo sentar, e a dor tá osso, e isso acontece toda vida que tenho diarréia, e no meu caso a cirurgia não seria o mais adequado, devido as diarréias? E por fim, o pós operatório é muito dolorido? Obrigado.

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezado Marcos:
      Tente conversar com seu médico sobre possibilidades para alterar a velocidade de trânsito intestinal, como alteração na dieta, ingesta de medicamentos que determinem constipação, etc. A diarréia pode causar inflamação na pele da região anal, fissuras anais, dentre outras moléstias.

  171. Augusto Says:

    Olá Doutor, tudo bom? Então, eu estou fazendo tratamento com Roacutan e sentí o meu ânus ressecado, assim como os lábios, a pele…enfim, eu sei que é normal. Mas eu tinha hemorroidas(quer dizer, tenho), mas nunca tinha me incomodado…
    eu tive uma infecção urinária, e tratei…mas não sei oq foi, eu fiz fezes e quando me limpei notei sangue(já tinha notado outras vezes), então fui olhar no espelho e ví ao redor do ânus…duas peles elevadas, meio finas, a aparência é feia…o que pode ser? é plicoma? Eu irei procurar o urologista, mas gostaria de saber se o senhor tem algum palpite. Eu olhei na internet e não se parece com verruga pq não é arredondado, é como se fosse uma pele levemente dura, parece com a foto que eu ví de plicoma na internet…mas é ao redor do anus, uma fica em um lado e a outra do outro lado ao redor. tem umas duas semanas q observei e continuam do mesmo jeito..só que agora parecem mais “ressecadas”…obrigado.

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezado Augusto:
      Eu, como médico, elaboro hipóteses diagnósticas. E, para tanto, além de ouvir o relato dos pacientes, necessito examiná-los. Peço desculpas pela impossibilidade de poder contribuir para a elucidação de seu caso. Como já afirmei anteriormente, o ideal é realizar uma consulta presencial.

  172. SARA Says:

    Dr, eu tive um plicoma, uma medica viu, achou que fosse hemorroida, me encaminhou pra um proctologista. Quando ele fez o diagnostico viu que eu tinha um plicoma com uma fissura anal. Estou fazendo tratamento clinico e ele me passou laxantes, pois tive parto normal há 2 meses e meios e isso agravou mais o caso. Fiquei sem tomar o remedio 1 dia, por motivos maiores, e meu intestino prendeu. Voltou a sangrar e a tbm sensação de estar ”me rasgando” na hora de evacuar. Estou usando diltiazen 2% ao redor do anus, dia 17 agora acabo de tomar os laxantes.. vai doer, vou sangrar eu to traumatizada.. ele disse que tenta tratamento clinico antes de fazer cirurgia, pois corre o risco de incontinencia. Dia 17 fico sem o remedio. Eu vou ficar maluca!

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Sara:
      Se o diagnóstico é de fissura anal crônica, e você é constipada, deve adotar medidas para evacuar fezes formadas e macias diariamente, tais como: ingerir quantidade adequada de alimentos com fibras (cereais e leguminosas são ótimas fontes), hidratar-se adequadamente, realizar atividade física e, se necessário, utilizar laxativos com orientação médica. Diltiazem deve ser empregado três vezes por dia. Para dor, um medicamento analgésico poderá ser empregado.

  173. Rejane Lima Says:

    Olá, Dr. Gustavo. Há 7 anos fiz uma cirurgia de hemorroidas internas e externas, fissura anal, O pós foi uma tragédia, Logo no primeiro dia apresentei diarréias de mais de dez episódios/dia. Tenho síndrome do cólon irritável e quando passo por estresse e ansiedades muito intensos, apresento esses episódios… No hospital, pós cirúgico, fizeram tramal venoso e eu passei muito mal. Senti dores insuportáveis, fiquei quase 60 dias de licença. Conclusão: Meu procto falou q as minhas dores eram por eu estar com meu emocional abalado. Fui procurar outro procto q falou q não via motivo de minha dor crônica. Minhas fezes saem fininhas, acredito q fiquei com estenose… Qdo. fiz três anos de cirurgia, apresentei uma criptite, dores horríveis, foi drenado no consultório e tratado com antibiótico. Logo após percebi q ficava escorrendo fezes do meu anus sempre pós evacuação… às vezes, sentia cheiro de secreção purulenta, mas por medo, permaneci com isso durante longos cinco anos, sempre usando algodão para absorver a secreção q saía. Há 30 dias, após evacuar, dores intensas surgiram e dois dias depois começou a drenar pús pelo anus… Com trauma de procurar o médico, iniciei cefalexina por 16 dias, o q não melhorou. Só consegui consulta para a próxima sexta feira, porém, as dores aumentaram muito e a drenagem parou, começou um inchaço lado esquerdo interno do anus, meu plicoma triplicou de tamanho!!! Por não aguentar esperar, uma médica amiga me receitou Cipro, já é o terceiro dia e a febre de 38 graus não passa… O q acha q será feito? Também informo q operi um cisto pilonidal em 1995, esse abscesso interno poderá ser o retorno do cisto??? Q situação… Desde já agradeço

  174. Maria Says:

    Dr. Gustavo, será que tem como fazer a retirada do plicoma anal sem ser por meio cirúrgico?

  175. Valesca Says:

    Como diferenciar Plicomas de hemorróidas externas?

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Valesca:
      As hemorróidas externas aumentam de tamanho, ficam mais intumescidas, quando a pessoa permanece algum tempo sentada no vaso sanitário, por exemplo, podendo até regredir completamente algum tempo depois, quando a pessoa sai dessa posição, além de representarem aumentos de volume mais difusos no ânus.

  176. Bruna Scocca Says:

    Olá Dr. fiz uma cirurgia para a retirada de um plicoma e cauterização de uma fissura, os sangramentos e as dores foram resolvidas, porem o corte continua sem uma cicatrização completa, usei diversas pomadas, que na verdade pareciam dificultar ainda mais a cicatrização, passei a usar então um spray de Andolba, que foi até agora o melhor produto que encontrei, gostaria de saber se há algum medicamento ou procedimento que possa acelerar essa cicatrização, fiz a cirurgia no dia 07/05/2013, e também se é necessário o uso de antibiticos, o unico medicamento que me foi receitado foi Dipirona. Obrigada pela atenção!

  177. Lucas Moisés Says:

    Olá Dr. Gustavo,
    Há 3 dias eu percebi um “bolinha branca” no meu ânus, creio eu que seja um Plicoma. Eu nunca tive antes. E há mais ou menos 6 dias eu estou tendo problemas de Constipação, pode ter alguma relação?
    Obs: A tal bolinha não é consistente, basta encostar o dedo nela que ela perde sua forma.
    Agradeço desde já a sua atenção.

  178. Sofia Says:

    Olá Dr, meu nome é Sofia, tenho 17 anos e meio e estou morrendo de medo, porque apareceu um pequeno pedaço de pele saindo do meu anus e está me incomodando, não dói, não sangra mas incomoda. O que seria isso? Procurei na internet e parece com o que se chama plicoma perianal, seria recomendado que eu fizesse a cirurgia? Ou não ? E em caso afirmativo gostaria de saber se a cirurgia é dolorosa, e se a recuperação é demorada? Obrigada. Espero respostas. PS: espero que me dê uma resposta o mais rapido possivel porque estou com medo de tratar deste assunto com mais alguem, semana que vem farei uma cirurgia no maxilar, e sinceramente…. ficarei com vergonha de comunicar alguem que terei de fazer outra por um problema no anus. :(

  179. Andreza Says:

    Ola Doutor! meu filho tem 3 anos e tem um caroço no anus já fui há vários mèdicos e ninguém sabe dizer o que é estou muito aflita, por favor se possível gostaria de enviar umas fotos para o seu e-mail para o Senhor da uma olhada.

  180. jose batista Says:

    Dr.Gustavo.a um bom tempo estou sentindo um incomodo no meu ânus ao evacuar, e hoje esse quadro piorou quando fui ao banheiro evacuar, pois com muita dificuldade conseguir, depois de algumas horas fui fazer uma higiene anal por está sentindo incomodo deparei-me como se fosse um caroço pequeno do lado o que poderá ser ?

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezado José Batista:
      É bem provável que esteja com uma trombose hemorroidária externa. O correto é ter um diagnóstico definitivo obtido com uma consulta médica.

      • jose batista Says:

        Dr.Gustavo, muito obrigado por ter correspondo a minha pergunta, isso é um exemplo de um profissional q não mede esforço e usa a rede social para ajudar a todos. Só mais uma pergunta Dr, se for um trombose hemorroidária, pode ser tratada com medicamento ou tem q submeter a uma cirurgia?

      • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

        A trombose hemorroidária externa é moléstia aguda de tratamento clínico, habitualmente.

    • jose batista Says:

      Ola Dr. Gustavo anteriormente havia relatado uns sintomas, a qual o o Dr. havia dito quer provavelmente estaria com trombose hemorroidária e como aqui na minha cidade a saúde está precária gostaria de saber se tem alguma pomada a qual o Dr.. pudesse indicar até eu ter condições de procurar um especialista,e se a demora do tratamento pode agravar , visto que só sinto incomodo quando vou evacuar pois arde, é como se tivesse uma ferida também quando tusso tenho incomodo, por favor me ajude Dr..

  181. Paloma Says:

    olá tenho uma pele solta perto do anus e pelo q pesquisei deve ser plicoma, isto é doença? como é isso como retirar? obrigada doutor

  182. Matheus Says:

    Doutor, estou com um plicoma enorme, porém não apresento sangramento, presença de pus nem nada assim. É claro, dói e irrita um pouco. Porém, olhando-o hoje, reparei uma manchinha escura. No começo, por aquela região parecer um pouco áspera ao toque, achei que poderia ser uma casquinha de machucado, mas percebi que não. São manchas naquela parte da pele do plicoma mesmo. Estou com medo. O que o senhor imagina sobre isso? Obrigado!

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezado Matheus:
      Habitualmente, plicomas anais não determinam dor, exceto se, por alguma razão, algum processo inflamatório se fizer presente. Por outro lado, se o quadro for de trombose hemorroidária externa, as áreas escuras podem corresponder a pontos onde a pele necrosou e existe exposição dos trombos. A conduta ideal é a consulta com médico especialista.

  183. Sueli Moraes Says:

    Dr. Gustavo, gostei muito do seu blog. Sou enf. Deus abençoe

  184. Ana Paula Says:

    Dr.faz 17 dias que fiz uma hemorroidectomia e ontem tive diarréia hj fiquei com umas 3 bolinhas como se fosse hemorroida dura vermelha e gde chorei muito dói muito hj fui ao médico ele falou que estou com plicoma e eles inflamaram pela diarréia me deu remédio e disse que vai desinflamar ,pro meu marido ele disse que só daqui uns 2 meses ele pode falar com certeza se terá que fazer outro procedimento estou desesperada de medo de sentir tudo de novo,ele falou que tirou os vasos mais não tirou toda pele pra não ter uma estenose esse procedimento está correto ?

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Ana Paula:
      Plicomas anais residuais podem ocorrer após hemorroidectomia, mesmo na ausência de eventos como diarréia. Na hemorroidectomia, o cirurgião deixa “pontes” de pele entre as áreas operadas, pois as mesmas terão participação significativa na cicatrização dos ferimentos operatórios. Caso fosse retirada pele em demasia, durante a cicatrização ocorreria estenose (estreitamento) do ânus, com dificuldade de cicatrização adequada dos ferimentos e consequente formação de fissuras anais crônicas, extremamente dolorosas. Plicomas anais não são hemorróidas, não necessitando obrigatoriamente de tratamento. Se realmente eles estiverem presentes no final da cicatrização, você deverá decidir se desejará removê-los ou não.

  185. Leonardo Barbosa Says:

    Olá Dr. tenho 18 anos e sou do RJ. Ao me higienizar com papel, percebi uma bola de pele e me desesperei ao olhar no espelho. Gostaria de saber se plicoma pode causar algum risco à saúde.
    Obrigado.

  186. jefferson Says:

    tenho uma foto que tirei mais não sei como enviar ao senhor doutor,teria como o senhor ver a foto?. e fico muito grato por sua tenção.

  187. Marcos Says:

    Olá Dr. Gustavo, parabéns pelo espaço e principalmente pela atenção que vem dando, aparentemente, a anos para os internautas pelos comentários, sendo assim decidir tirar uma dúvida: mantive relação anal com um garoto de 20 anos – sou gay, ativo sexualmente – e percebi que seu ânus tinha duas estruturas que não caracterizava nenhuma DST que conheço – já fiz um estudo aprofundado sobre, mesmo usando preservativo decidi pesquisar sobre e encontrei sua página. Ele não se demonstrou incomodado durante o ato e nem intimidado por apresentar esse ‘excesso’ de pele, mas ao ler que pode parecer com condiloma acuminado fiquei preocupado. Pelo que conheço o formato do condiloma acuminado é bem próximo a uma verruga e o que eu vi era realmente uma pele que, comparada ao uma verruga, é maior e estreita, não tendo um formato arredondado ou de uma bolinha. No momento fiquei com receio de perguntar-lo se ele sabe o que é ou se já procurou em especialista. Minha dúvida é justamente em relação a aparência do plicoma, devo me preocupar em algum risco de contrair HPV por conta do excesso que vi?

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezado Marcos:
      Independentemente do aspecto das alterações, o correto é usar preservativo. De qualquer maneira, você pode educadamente perguntar se ele já havia reparado nas saliências cutâneas que apresenta, tendo esclarecido sua natureza com um médico especialista.

  188. jefferson Says:

    boa tarde,domingo agora vomitei por motivo de bebida alcoólica(cerveja)conforme fiquei forçando pra vomitar comecei a sentir um desconforto no ânus,além disso em já sentia pruridos já fás tempo,na segunda feira fui evacuar senti muita dor olhei no espelho e vi que apareceu una saliência ao lado esquerdo do ânus,na segunda-feira comecei a passar pomada pra hemorroida(hermovitus),até ai não tinha melhorado em nada,na terça feira uma pessoa que já passou por isso me indicou o remédio diosmin comecei a tomar o remédio e continuei usando a pomada,hoje sexta feira pela manhã não estava mais sentindo dores até que fui ao banheiro novamente e apareceu o sangramento,olhei no espelho e apareceu uma coisa que parece um pedaço de fígado quando encostei o tubo da pomada começou a sangrar ,e continua sangrando até agora ,vi uma foto de plicoma e é igual o que esta em min,será que isso pode ser um plicoma e se é normal sangrar quando isso aparece?na minha cidade não estou achando um proctologista,vou ter que fazer um plano de saúde pra conseguir ser consultado.

  189. Adriano Says:

    Olá Dr
    estou com um plicoma anal que surgiu recentemente, estou desesperado tentando encontrar uma solução ..como seria amelhor forma de tratar e quanto tempo dura ?

  190. Nanci Cristina Says:

    Olá dr. gustavo eu fiz uma retosigmoidoscopia rigida, e gostaria de sa ber o resultado foi Hemorroidas do 1 grau e plicomas, gostaria de saber se para ficar melhor eu teria que fazer cirurgia e qual o grau para cirurgia é prioridade, pq eu estou com elas para fora e está sangrando e doi muito, quase não consigo andar.Obrigada grata

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Nanci:
      Em primeiro lugar, hemorróidas e plicomas anais não necessitam de retossigmoidoscopia para os respectivos diagnósticos. Plicomas anais são externos e hemorróidas internas de primeiro grau, ou grau I, não se exteriorizam pelo ânus, sendo, o sangramento anal, sua a manifestação mais frequente. Se você tem muita dor, ou você apresenta alguma complicação dos problemas já referidos, ou apresenta, concomitantemente, outra moléstia não diagnosticada.

  191. caio oliveira Says:

    boa noite surgiu um inchaço no meu anus na forma de um caroço e esta doendo mas nao apresenta fazanto de sangue .isso pode ser hemorroidas? e a dor eu devo me preocupar mais ainda? por que andei lendo sobre o assunto e nao vi nenhum caso falando q a dor e um sintona.se puder me tirar essa duvida te agradeço muito

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezado Caio:
      Quando ocorre um “inchaço” agudo na região anal, duas hipóteses diagnósticas surgem de imediato: trombose hemorroidária externa e abscesso anal. Nos dois casos, a dor ocorre, porém sua evolução é completamente diferente. No primeiro caso, varia de um pequeno desconforto até uma dor mais intensa, diminuindo gradualmente com o passar dos dias. No caso do abscesso, a dor vai aumentando de intensidade, podendo ser acompanhada de febre. O aumento de volume da trombose hemorroidária externa também é mais localizado e elástico, enquanto que, no caso do abscesso, ele é mais difuso. O tratamento deste é sempre cirúrgico.

  192. Karina Says:

    Dr. Gustavo, tenho plicoma anal há alguns anos e nunca me incomodou. Mas há mais de vinte dias fiz esforço maior para evacuar, causando-me dores fortes no anus depois do ato e senti como se algo havia se deslocado ou saído do lugar e ao retornar à posição “correta” algum tempo após a dor foi bem maior, aguda e com sensação de ressecado. Seria também o plicoma? estou utilizando diltiazem cloridrato a 2%. Grata.

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Karina:
      Difícil responder, sem examiná-la. De qualquer forma, diltiazem tem indicação como tratamento de fissura anal crônica, com alguns estudos científicos também empregando droga semelhante para tratar trombose hemorroidária e no período pós-operatório de cirurgia de hemorróidas (hemorroidectomia).

  193. Ana Says:

    Olá Dr,
    Tenho plicoma, pratico sexo anal habitualmente e as vezes fica meio inchado e dolorido. Gostaria de saber se a única solução seria com cirurgia e quanto tempo dura o pós operatório?
    E depois da cirurgia posso voltar a praticar sexo anal? E se puder corro o risco de ter outro plicoma?
    Obrigada desde já…

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Ana:
      Se, como resultado de sexo anal, seu plicoma aumenta de volume e dói, uma primeira medida seria aumentar a quantidade, além de avaliar a qualidade, do lubrificante empregado. Caso isto não resolva, o tratamento cirúrgico seria uma possibilidade. O tempo de cicatrização dependerá de variáveis como dimensões do plicoma anal, técnica cirúrgica empregada, do cirurgião, etc, além da cicatrização inerente a cada indivíduo. Se operada, poderá ter relações sexuais anais após a completa cicatrização. Entretanto, novos plicomas poderão surgir, até como resultado da própria cirurgia para correção do mesmo. Consulte e discuta seu caso com um especialista competente.

  194. Barbara Says:

    Boa tarde Doutor !!!

    No ano de 2007 tive um parto normal, porém na última semana de gestação eu comecei a sentir uma coceira no anus que acabou saindo uma ” bolinha ” para fora, após o parto ela aumentou e ficou como se fosse uma pele mesmo como se estivesse saindo do anus, perguntei ao meu G.O. e ele me informou ser devido ao parto um plicoma, raramente tenho problemas com ele, apenas a estética e de vez em quando dói por uma diarréia devido a usar o papel por muitas vezes, acaba inchando um pouco. Bom gostaria de saber se tem possibilidade de crescer ou sair para fora mais, pois tenho medo e se a remoção o pós operatório é muito doloroso ???

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Barbara:
      Os plicomas anais podem aumentar de tamanho com o tempo. Se aumentam seu volume muito, ou pouco, é uma questão relacionada a cada indivíduo. Da mesma forma, a dor, como sintoma, é de intensidade variável de pessoa para pessoa. No período pós-operatório, normalmente é bem manejada com emprego de medicamentos analgésicos, normalmente sendo mais forte por ocasião das evacuações.

  195. vania Says:

    quem tem plicoma anal pode ter parto normal?

  196. claudia trindade Says:

    Boa tarde doutor, fiz uma retossigmoidoscopia e foi diagnosticado presença de plicomas anais, fui ao proctologista e ele me informou precisar fazer uma pequena cirurgia. Por vafor me informe eu preciso mesmo fazer pois tem mais de 1 na entrada do anus e com a cirurgia esse plicomas anais não volta mais ? e é demorada o tempo de cicatrização da cirurgia? Obrigada.

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Claudia:
      A necessidade de tratar, ou nāo, está já bem esclarecida no “post”. Leia-o atentamente. O tempo de cicatrização dependerá de variáveis individuais, assim como do tamanho dos plicomas e técnica cirúrgica empregada. Novos plicomas podem surgir após a cirurgia, até como consequência da mesma.

  197. Marcos Says:

    Prezado Dr. Gustavo,

    Gostaria de consultar um médico sobre a possibilidade de realizar uma cirurgia para a retirada de um plicoma anal. O Sr. conhece e indicaria algum profissional da cidade de Goiânia?
    Obrigado

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Desculpe, Marcos, mas não conheço os profissionais dessa cidade.

    • Gizelle Says:

      Dr.Gustavo,há tempos lhe escrevi sobre um plicoma descoberto em 2008,que não me incomodava.Agora sinto muito desconforto,principalmente se faço muito esforço e curiosamente,até por nervosismo e estresse.Arde bastante,sangra de vez em quando e doem até os pés.Uma sensação de grande desconforto,que só passa com analgésico.Tenho muito medo,pois há 7 anos tive cãncer de mama…e tudo vira um fantasma.Faço minha higiene corretamente com água e uso até sabonete líquido bactericida.Tenho que me preocupar muito? Agradeço uma orientação.

      • Gizelle Says:

        Aguardo uma orientação,dr. Gustavo.Obrigada

      • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

        Prezada Gizelle:
        Desculpe-me, pois somente hoje verifiquei que sua correspondência aprovada havia ficado sem resposta. Entretanto, se você já tem conhecimento do diagnóstico, é porque já consultou com um médico especialista. Sendo assim, ele deve ter prestado o devido esclarecimento. Se ao contrário, você presume ter plicomas, cujas manifestações que descreve não são as habituais, mas ainda não consultou, faça uma consulta presencial, forma ideal de buscar a solução para suas queixas.

  198. Sandra Says:

    Dr. Gustavo, há 3 meses tive um quadro de criptite, sem necessidade de tratamento cirúrgico, fiz tratamento clínico com pomada e banhos de assento, recentemente porém, senti um saliência nos limites do ânus, aparentemente a lesão tem um ‘pedículo’, não sinto dor, o maior incômodo é realmente estético. Gostaria de saber se os plicomas anais podem surgir como sequela da criptite e, se realmente for plicoma anal, posso fazer sexo anal normalmente ou devo retirar ele antes? Se houver a retirada em quanto tempo depois é seguro fazer sexo anal?
    Obrigada

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Sandra:
      Nunca tive acesso a artigos científicos que relacionassem surgimento de plicomas anais em consequência de criptite. No tocante à sua segunda pergunta, se não houver traumatismo do plicoma anal por ocasião da relação sexual, não existe necessidade de tratamento cirúrgico. Entretanto, deve ser feito o diagnóstico diferencial com papila anal hipertrófica ou pólipo anal fibroso.

  199. Sandra Teixeira Says:

    Dr . o Médico que fez a cirurgia no meu marido, disse que operou angiomas… O que são angiomas?

  200. Michelle Says:

    Olá Dr. estou com fungos na região anal há dois meses há 14 dias comecei o tratamento, mas já vi que o inchaço que se formou diminuiu, mas não sumiu, pelo que li aqui acredito ter se formado um plicoma, estou tomando medicamento oral e pomadas na região, amanha voltarei à medica, para ver meu caso, mas gostaria de saber sobre essa cirurgia de retirada de plicomas, ela é muito incomoda? quanto tempo de cirurgia? e quanto tempo de recuperação? tbm tenho hemorroidas de 2 grau, vc acha que seria bom fazer uma ligadura elastica para exterminá-las tbm? Ainda estou sentindo muita coceira, e dores, mas só aonde se encontra o tal plicoma. acredito que não seja mais devido aos fungos!

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Michelle:
      Todas essas suas dúvidas deverão ser respondidas em uma consulta presencial, após a elaboração de diagnóstico correto, quando, então, as propostas terapêuticas adequadas deverão ser apresentadas para uma tomada de decisão com sua ativa participação. Boa sorte.

  201. Penelope Says:

    Muito obrigada Dr. Pela Resposta.
    Fiz o exame e fui diagnosticada com Polipo de 1cm, plicoma e fissura. Vou passar por um procedimento cirurgico daqui 2 dias. Estou com medo do pós operatorio mas depois das dores que senti nos ultimos dias creio que não deve ser muito pior.

  202. Claudio Aparecido Narcizo Says:

    Dr. Gustavo, bom dia.
    Fiz um exame de colonocospia e no diagnostico deu que tenho uma fissura sob plicoma fistulizada.
    1. Gostaria de saber que tipo de fissura é esta?
    2. Qual e o melhor tratamento para este tipo?

    Agradeço.
    Claudio.

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezado Claudio:
      Uma fissura anal crônica pode evoluir para uma fístula subcutânea, em virtude do processo inflamatório. Essa fístula, que poderia ser descrita como um túnel subcutâneo, é de trajeto curto e retílineo, orientado radialmente, originando-se na fissura, podendo ser cega – quando não apresenta um orifício externo – ou completa – com orifício externo situado mais externamente, muitas vezes localizado na base de um plicoma anal. Na vigência de fissura com fístula secundária à mesma, eu opero a fístula e realizo tratamento medicamentoso da fissura.

  203. Karla Says:

    Dr. Gustavo, tive relaçoes sexuais que me deixaram com a vagina ulcerada e fissura no anus. fui procurar um medico ginecologista me passou benzatriz e disse que eu estava com uma verruga na vagina que teria que queimar, fui num gastro(cirurgiao geral) pois meu plano de saude nao tem proctologista, ja tinha ido uma vez em um procto que me indicou ultraproct por causa de uma pequena hemorroida bom esse gastro falou que eu estava com fissura anal me passou banho de assento (8 vezes ao dia) , mais proctil mais fluodin e paracetamol para dor.. a noite notei que estava com umas verrugas no anus tbm umas tres.. fui em outro ginecologista que me deu diagnostico de hpv e pomada ginecologica pra cicatrizar a ulceracao na vagina passados 10 dias voltei ao consultorio pra queimar a verruga e ela havia desaparecido ai perguntei se ele nao queimaria as do anus ele disse q nao, que iria doer muito e q elas tbm iriam desaparecer e que eu tinha plicoma realmente sumiram mas fiquei com duas que acredito ser o q ele falou q era plicoma nao doem mas me incomodam e como se eu tivesse uma parte de mim p fora .. sei q nao posso ter relação sexual nesse momento por causa do hpv.. mas me sinto bastante preocupada em nao poder ter mais relação anal por causa do plicoma..

  204. Penelope Says:

    Dr. Gustavo, bom dia.

    Fui diagnosticada com um plicoma, na ocasião a dra me receitou uma pomada (xylocaina e diltiazen) e Biprofenid 150mg para alivio das dores, passado alguns dias a dor melhorou. E marquei um exame (retossignoscopia) Porem agora que o exame esta agendado para daqui a 2 dias voltei a sentir dor desde a ultima quinta e dessa vez parece esta pior, sinto a saliencia e como se os musculos estivessem contraidos, arde, queima e chegou a sangrar. Minha duvida é se devo fazer esse exame mesmo nestas condições? Infelizmente a medica que me trato só atende na proxima segunda feira e o exame e na sexta (antes) Não tenho como falar com ela.
    agradeço se me ajudar.

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Penélope:
      Pelas suas queixas, provavelmente esse plicoma anal está associado a alguma lesão ulcerada como fissura anal, por exemplo. Talvez você já tenha sido submetida à retossigmoidoscopia. A princípio, não existe contra-indicação absoluta, mas a dor desencadeada por ocasião do exame pode ser um fator impeditivo.

      • Penelope Says:

        Muito obrigada Dr. Pela Resposta.
        Fiz o exame e fui diagnosticada com Polipo de 1cm, plicoma e fissura. Vou passar por um procedimento cirurgico daqui 2 dias. Estou com medo do pós operatorio mas depois das dores que senti nos ultimos dias creio que não deve ser muito pior.

  205. Nayara Gomes Says:

    Dr. Gustavo, Fiz uma cirurgia de fissura anal cronica e a retirada de um plicoma no ultimo dia 06, estou sentindo uma dor terrivel que nao passa com o ultracet indicado pelo médico, a unica coisa que me alivia é a injeção de voltaren, porém, nada melhora e há dois dias apareceu um carocinho que parece outro plicoma. Será possível? Estou com medo de ter sido alguma inflamação… Aguardo.

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Nayara:
      Uma orientação para você e para todos aqueles que acessam este blog, compartilhando suas dúvidas e experiências conosco. A escolha de um médico deve ser criteriosa, pois, afinal de contas, ele, ou ela, cuidará de nossa saúde, provavelmente nosso bem mais precioso, embora muitas vezes posto em plano secundário, senão terciário, etc. Portanto, converse com seu médico assistente. Se não ficar satisfeita, procure uma segunda opinião, mas com uma consulta presencial. Desejo melhoras.

  206. João Says:

    Caro Dr. Gustavo: tive relações anais pela 1.ª vez há cerca de uma semana. Nesse mesmo dia notei uma “bolinha” de pele junto ao ânus. Não é dolorosa, não sangra e até já diminuiu um pouco de tamanho. Fui ao médico, que lhe deu um nome (de que me não recordo), e disse que era apena o ânus “dilatado” e que nada havia a fazer nestes casos, sendo para o resto da vida (não sendo também maligno). Todavia, sempre que vou ao wc ou me lavo, lá está ela, a recordar-me uma experiência que me marcou, pela negativa, em vários aspetos. Não quero viver com isto e gostaria de saber o que posso fazer para retirá-la. Muito obrigado.

  207. MARIA APARECIDA PEREIRA Says:

    Dr.fiz uma cirurgia ára retirada de plicoma em dezembro, correu tudo bem graças a deus, mas estou com uma duvida. A uma semana atras começou a coçar muito, olhei no espelho e vi que se formou uma pele e tem varios caroçinhos. o Senhor acha que devo procurar o medico novamente? Obrigado pela atenção

  208. Amanda Says:

    doutor por quanto tempo necessitamos ficar em repouso após a retirada do plicoma, o meu é pequeno, gostaria de saber quantos dias no máximo devemos repousar após a cirurgia..obrigada

  209. jaqueline Says:

    DR. Gustavo agradeço muito a todas as explicações são muito esclarecedoras e ditas da maneira que qualquer leigo como eu entenda ,e já te respondendo a sua pergunta a medica que fez a colonoscopia em mim é uma coloproctologista . E lhe agradeço por mas essa explicação pois agora ficarei mas calma porque eu não sinto nada e fiz a colonoscopia por conta de um sangramento que tive mas grasas a DEUS está tudo normal e sabendo que ela pode ter surper valorizado coxis vasculares fico mais tranquila muito obrigada mesmo tenha um otimo ano cheio de saúde !!!!!

  210. Li Says:

    Fiz uma cirurgia de plicoma na segunda-feira, no qual o médico optou por dar pontos. Na sexta, (em 4 dias) após o banho, verifiquei que esses pontos já haviam caído. Fui verificar com um espelho, e notei que além de não existir mais pontos, havia uma secreção amarelada semelhante a pus. Porém, não sinto incomodo e tentei tirar com um cotonete essa secreção e não senti odor nenhum. Gostaria de saber se terei que refazer esses pontos, e se é possível que essa incisão esteja infeccionada. Desde já agradeço.

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Ligia:
      Se, após quatro dias, os pontos não mais permanecem no local, e, na vigência de secreção purulenta, provavelmente houve deiscência da sutura. Isto significa que o ferimento está parcialmente ou totalmente aberto. Secreção purulenta (pus) é manifestação de reação inflamatória do organismo, ocorrendo, por exemplo, após trauma tecidual cirúrgico, sendo etapa fundamental no processo de cicatrização. Inflamação não está, portanto, necessariamente relacionada à infecção.

  211. ma Says:

    tive uma trombose hemorroidaria há 15 dias, que doeu por 3 dias e logo após começou a desinchar, não tomei nenhum analgésico ou anti inflamatório, a dor não era insuportável; hoje restou apenas uma pequena pele que dependendo da posição que fico nem é possível visualizar….pele que não me incomoda em nada!!!que pelo que tudo indica é o plicoma anal (sabia que poderia estar com ele), minha pergunta é posso voltar as minhas atividades fisicas??? posso conviver com ele pro resto da vida??? ou em algum momento ainda terei que remove-lo???

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Mayra:
      Na ausência de outras contra-indicações, nenhuma razão para você não retomar suas atividades físicas. Como escrito no “post”, via de regra, plicomas anais não necessitam de tratamento. Fico impossibilitado de responder sua última pergunta, pois não sou vidente.

  212. Carla Says:

    Olá Dr. Gustavo, boa tarde!
    Tenho plicomas anais já constatados num exame com o proctologista. Falou que a cirurgia seria por pura vaidade, mas o fato é que essas peles me incomodam muito principalmente no asseio.
    Gostaria de saber mais detalhes sobre a cirugia e o pós-operatorio e se terei que me ausentar do meu trabalho (trabalho sentada o dia inteiro). Obrigada

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Carla:
      A decisão de tratar ou não, cirurgicamente, será sempre sua, desde que você seja devidamente esclarecida, bem informada, não devendo haver contra-indicação para o procedimento. A cirurgia baseia-se na excisão da pele saliente, com sutura, ou não, dos ferimentos operatórios, normalmente realizada em regime ambulatorial. Sugiro que repouse por pelo menos quatro dias.

  213. jaqueline Says:

    Ola dr fiz uma colonoscopia tenho 24 anos e fui diaguinosticada com plicoma e hemorroidas internas de gral 1 gostaria de saber se o plicoma pode fcar cada vez maior com o pasar do tempo, pois ainda não pensei na ipotese de retiralo ja que não me incomoda e não sinto nada e gostaria de saber também se a hemorroida pode se evoluir p/ um gral mas siguinificativo pois o meu medico não me passou neum medicamento somente acrescentar mas fibras na minha alimentção é o certo isso ou senhor acha melhor proucurar outro medico desde já fico muito grata a todas as esplicações que o senhor nos da muito esclarecedoras Obrigada !!!

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Jaqueline:
      O médico que realizou a colonoscopia era gastroenterologista, cirurgião geral ou coloproctologista. Pergunto, porque os dois primeiros tendem a supervalorizar os coxins vasculares existentes normalmente no canal anorretal, diagnosticando-os como doença hemorroidária interna. Se o plicoma anal aumentará, assim como suas supostas hemorróidas de primeiro grau, somente o tempo dirá. O incremento de fibras em sua dieta, no seu caso, em particular, somente encontra respaldo se você é constipada.

  214. Sabrina Says:

    Olá doutor, de uns dias pra cá surgiram umas três bolinhas na parte externa do meu ânus, que só senti ao tomar banho (uma saliência), ao verificar achei 2 bolinhas, no outro dia elas tinham diminuído de tamanho, depois olhei de novo pareciam ser três, elas são bem pequenininhas, parecem bolhinhas, não doem nem um pouco mas incomodam pela saliência e estética, que coisa mais bizarra, ao me limpar e pelas roupas intimas quando elas encostam uma na outra… No inicio fiquei bem preocupada, mas como elas não doem nem sangram nem nada, ao pesquisar sobre, aliviei um pouco, será que é este plicoma? Elas não sangram, porem algumas vezes ao evacuar quando estou encalhada sai um pouquinho de sangue mais coisa atoa, acho que é pq fere um pouquinho antes das fezes sair (quando as vezes são muito grandes), não tenho muita coragem de ir ao medico preciso de sua ajuda. Aguardo ansiosa obrigada!

  215. Ingrid Says:

    Oi dotor! Minha mãe foi ao médico e ela está com suspeita de plicoma anal, ela centi muitas dores na região, principalmente quando ela vai evocar, e se encomoda quando se senta, senti tipo um caroço na região, o médico passou remédio, mas será que isso num deve ser problema de cirugia?

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Ingrid:
      Plicomas anais, sem complicações outras, não causam dor. Se ela percebe dor, hipóteses diagnósticas seriam fissura anal, trombose hemorroidária e abscesso anal, as duas últimas mais prováveis pela existência de um “caroço”, como você mesma descreve. Quanto ao tratamento, dependerá do diagnóstico correto, principalmente. Caso o tratamento seja clínico, a ingesta de um medicamento analgésico, antiinflamatório, deverá minimizar a dor.

  216. Zoraia Says:

    Bom dia, Dr. Gustavo
    Há 14 dias tive uma trombose hemorroidária externa. Fui ao médico proctologista, e estava tratando há 14 dias com Diosmin SDU, Dolamin, entre outros medicamentos para ajudar a eliminar os gases e as fezes, pois a dor era extrema. Fiz dois retornos. No primeiro, ele disse que o edema estava cedendo e que era praticamente certo não necessitar de cirurgia. Ontem, no segundo retorno, ele “bateu o martelo” dizendo que seria necessária fazer uma cirurgia que retiraria o plicoma que formou-se da trombose, e que eu necessitava fazer um procedimento para alargar o esfíncter, pois disse que eu tenho hipertonia( o que estaria causando os problemas) e ainda faria um outro procedimento para “queimar” uma papila que está formada, mas não é grande. Fiquei apavorada, pois em abril de 2011, sofri demais com uma cirurgia de hemorroidotecmonia. Sei que a escolha é minha, mas tenho receio de fazer outra cirurgia e voltar tudo de novo. Tenho 46 anos e temo que a musculatura vá ceder com o tempo, causando a incontinência fecal em função da retirada de parte do esfíncter.
    Gostaria de sua opinião. Agradeço desde já.

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Zoraia:
      As observações que faço, como consequência de suas indagações, são para melhor informá-la, não necessariamente ratificando ou retificando as orientações do especialista com quem consulta. Em primeiro lugar, se você leu o “post” PLICOMAS ANAIS, pode verificar que não existe necessidade de tratamento cirúrgico dessas alterações, se você não desejar. Da mesma forma, se a papila anal aumentada de volume não lhe acarreta desconforto maior, não tem porque removê-la. Quanto à possível hipertonia esfincteriana anal, pergunto: você já foi submetida a um exame de manometria anorretal para constatar se ela realmente existe? O exame de toque retal não é a maneira mais adequada para avaliar o tônus esfincteriano de repouso, além do que, existem medicamentos para diminuir o mesmo. Espero, desta forma, ter contribuído para aliviar sua ansiedade.

      • Zoraia Says:

        Muito obrigada pelo seu retorno rápido. Fico mais tranquila e acredito que “vou levando” assim mesmo, enquanto puder. Faço uso há 3 anos de creme de Nifedipina a 0,3% (receitado por proctologista de outra cidade, e só interrompido durante o período que estive em recuperação da cirurgia no ano passado). O médico atual me deu receita de outra, que deixei para fazer em farmácia de manipulação, mas o efeito será igual ou similar. Ele não pôde fazer exame internamente, pois eu estava com muita dor local. Sua contribuição foi muito importante. Mantenha seu site.

  217. katia cruz Says:

    ola Dr. gostaria de saber se a cirurgia do plicoma é a mesma da hemorroida? e se corro algum risco em faze-la?
    desde ja agradeço a atenção
    Kátia C

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Kátia:
      Se a técnica para o tratamento cirúrgico de hemorroidas for a excisão (hemorroidectomia), a cirurgia é semelhante, porém de menor extensão, já que plicomas são externos, apenas. Todo o procedimento cirúrgico envolve riscos; o mais inconveniente e doloroso é a fissura anal residual.

  218. Hills Says:

    Dr. estou com um tecido que aparenta ser um plicoma porém sólido, ele cresceu de uma pequena ferida (fissura anal) agora ele fica “exteriorizado” devido seu tamanho. Acredito ser uma papila hipetrófica, como é o procedimento para remoção? Existe risco de voltar? Como evitar? Há pouquíssimo material sobre isso.

    Obrigado,

  219. raoni Says:

    Ps:minha hemorroida é milimetros abaixo do anus!assim,as fezes não vem acompanhada de sangue.

  220. raoni Says:

    Doutor,desde o dia 11/10/2012 que to com uma trombose hemorroidaria externa.No dia 16/10/2012 quando acordei..a hemorroida tinha estourado e desde entao a dor diminiu bastante e cada vez mais ta diminuindo de tamanho.Porem,desde o dia 16/10/2012, ate hoje minha hemorrodia continua sangrando.Sangra pouco e é constante.Pelo espelho,observo que ela sangra por uma pelezinha preta que se encontra na hemorroida.Minha pergunta é:é normal ja esta sangrando a 6 dias?o sangramento vai parar?o que devo fazer?

  221. bruna Says:

    plicomas anais pode vir a ser um tipo de c ancer

  222. Nereide Says:

    Doutor, consultei 2 proctologistas e ambos me indicaram a cirurgia para retirar o plicoma. um deles me disse que esta excisão não seria apenas externa, devendo se estender um pouco para o reto. Isso poderia ocasionar incontinencia posteriormente?? e o resultado estético desta cirurgia? Obrigada- Nereide

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Nereide:
      Nenhum plicoma estende-se até o reto. No máximo, até a porção do canal anal revestida por pele (área mais inferior). A excisão de plicomas, per si, não causa incontinência anal. O resultado estético dependerá da competência do médico, dos cuidados no período pós-operatório e da resposta inflamatória do seu organismo.

  223. Renam Says:

    Olá Dr, Fiz cirurgia para retirada de plicoma mas reapareceram, e agora em maior número, seguidos de uma dor que o médico disse que pode ser um trauma local da outra cirurgia, vou novamente para a cirurgia de retirada de plicoma, o plicoma pode voltar denoovo, a dor pode passar depois da cirurgia?

  224. Silvana Duarte Says:

    Boa noite, doitor Gustavo, uma dúvida: há umas duas semanas estou sentindo ardência pra evacuar. Já tive isso antes, mas sempre passava em 2, ou 3 dias. Agora faz 2 semanas e não passa. Pedi para meu marido ver e ele disse que tem uma fissura. Já tive plicoma, mas nunca me incomodou. Passei Bepantol, mas não vejo melhora. Por favor, vc teria alguma sugestão? Irei à gastro dia 9/10/12. Mas até lá gostaria de algo para amenizar a ardência quando evacuo.
    Desde já, agradeço sua atenção.
    Silvana.

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Silvana:
      Espero que já tenha resolvido seu problema de saúde. O médico indicado para o seu caso é o coloproctologista. Medidas gerais para dor, se for fissura anal: medicamento analgésico e antiinflamatório, dieta adequada, com ou sem suplemento, para evacuar fezes formadas e macias, higiene anal com água, além de anestésico tópico.

  225. Carol Says:

    Doutor, obrigada pela respostar anterior, porém ja estou com uma nova dúvida, rs.
    Se eu operar o plicoma, e o tirar, pode ficar alguma marca ou cicatriz da cirurgia que venha a ficar talvez maior que o plicoma ?
    Ou com a retirada do plicoma o anus fica basicamente “normal” ?

  226. edilene Says:

    Dr., descobri há um tempo q tenho plicomas. Antes eu pensava ser hemorroidas, mais depois de ir a um proctologista, ele me falou q eram plicomas. Gostaria muito de fazer uma cirurgia para retirar, mas tenho medo! Dr. como é esse tipo de cirurgia? A anestesia é a raqui ou pode ser feita com anestesia local?
    grata!

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Edilene:
      A cirurgia baseia-se na excisão dos plicomas, habitualmente com tesoura, bisturi, bisturi elétrico, ou associação desses instrumentos. Eu, por exemplo, emprego tesoura para incisar a pele e bisturi elétrico para a dissecção do subcutâneo. Dependendo das dimensões do plicoma, a anestesia pode ser local. Habitualmente, não realizo o procedimento com anestesia local para não alterar a forma da área de pele que desejo excisar, evitando com isso a retirada em excesso de pele e tecido celular subcutâneo.

  227. Melane Says:

    Boa tarde doutor, já falei com o senhor antes, fiquei ate de enviar-lhe fotos e farei em breve, marquei minha 1° consulta com um proctologista para a próxima semana! Darei notícias! Quero retirar os plicomas por questão estética, mas acho que tenho também uma leve hemorroidas pois as vzs sangra quando evacuo e as vzs tb sinto dor, mas nada que me incomode. A pergunta agora é, posso retirar apenas os plicomas e não operar da hemorroidas, fazendo somente a retirada dos plicomas eles terao maiores chances de voltar mesmo que eu tome mais cuidado com relação a alimentaçao e maus habitos como o de ficar horas no vazo? Tenho tb uma segunda dúvida, tenho dois plicomas, ligeiramente grandes de uns 2cm cada, caso eu nãoos retire eles tem uma tendência a aumentar, pois eu me lembro de ter um pequeno e foi aumentando ou posso conviver com eles?…

  228. Ricardo Says:

    Dr. Gustavo K. Pfeifer

    Descobri por causa desta página que tenho Plicoma anal, nunca me incomodou, acho que o que causou isso foi uso de papel higiênico, descobri por acaso, durante o banho, parece uma bolinha excesso de pele na ponta do ânus, não é na borda não, e na ponta final, tenho dúvida se opero ou não pois nunca me incomodou, meu intestino funciona muito bem, e não tenho fezes ressecadas, tenho receio de operar e ter problemas de recuperação dores etc, leva ponto? Nunca tive hemorroidas, o que o Sr acha?

  229. andreia Says:

    Boa noite doutor,
    Depois da retirada de plicomas há a possibilidade de se ter incontinência fecal ou estenose?Preciso fazer esta cirugia,mas estou meio receosa,li á respeito,mas gostaria de um esclarecimento clínico,
    obrigada.

  230. Julyana Says:

    Boa tarde doutor,

    Gostaria de saber se é comum para na retirada de plicoma não se dar pontos na região e se esta cirurgia me deixará com dor na hora de evacuar.

    Agradeço desde já.
    Julyana.

  231. rayllin Says:

    qual é a diferença entre condiloma é plicomas?

  232. Alda Patriarca Says:

    Dr. Gustavo, fui submetida a um cirurgia de hemorróidas e agora soube q estou com plicoma, q o médico diz ser normal… Ocorre que qdo evacuo, incha e dói muito por aproximadamente 5 horas.
    Acontece q nunca tive ressecamento de fezes ou prisão de ventre e evacuo 2 vezes ao dia !
    Sou motorista de ônibus e trabalho em média 10 horas por dia. Estava afastada do trabalho até dia 04.09.2012 e não aguento a dor proveniente deste tal de plicoma, justamente por evacuar aproximadamente 2 horas antes de começar a trabalhar.
    O médico disse para eu usar proctil e tomar dipirona, mas isso não resolve !! Disse também q se for o caso de operar, somente daqui um ano…
    pergunto : O que faço ?? quero trabalhar e não consigo !!
    Por favor Dr. me socorra.

  233. Carol Says:

    O plicoma pode variar de tamanho ? tipo aumentar?
    E na hora de fazer as necessidades, ele atrapalha a saida das vezes ou não tem nada a ver ?

  234. luciana Says:

    olá dr. Fiz uma hemorroidectomia aberta á 10 dias.naum sinto mais dores e nem tenho mais secreçoes,mas notei que fiquei com uns caroços ,será plicomas ou ainda é muito cedo pra saber?

  235. Tiago Says:

    Olá, Dr,
    Gostaria de saber qual tipo de cirurgia será necessária para remover múltiplos plicomas? Qual caso mais adequado? Existe tal procedimento pelo SUS, se sim, algum nome em específico?
    Hemorroidectomia aberta retiraria também os plicomas?

    Obrigado,

  236. Susu Ma. Says:

    Dr. Gustavo,
    Boa tarde,
    Acho que é isso mesmo que ela me explicou papila anal (excesso de pele no anus), o plicoma de fato é essa pele na margem que não incomado só é estranho.
    Pelo que entendi foi de tanto esforço na hora da evacuação, ou seja, fezes muito resecadas que com o tempo vamos tendo graves problemas. No meu caso foi anos de sofrimento por descuido da alimentação. Hoje estou correndo atrás do prejuizo e comendo os alimentos que melhorem o transito intestinal e principalmente a qualidade das fezes. Outra coisa , tenho bem na borda 03 bolinhas bem pequenas e endurecidas (acho que é fibroso). Com certeza deve ser retirado também na hora da cirurgia.
    Agradeço pela sua atenção, e espero que não sofra tanto no pós-cirurgico com dores terriveis e que minha recuperação seja rápida.
    Minha ultima pergunta: Essa papila anal após essa cirurgia pode voltar? e o plicoma?
    Grata…..
    Susu.

  237. Thiago Says:

    Olá,

    Possuo 3 plicomas anais, um deles está com a base interna e esta se exteriorizando, o outro é um recesso de um trombo e o outro não tenho ideia de onde tenha saído!

    O médico quer realizar um hemorroidectomia, nesta cirurgia os plicomas serão realizados?

    Se não, como eu consigo uma cirurgia dessas no SUS? O que tenho que mencionar? Com quem consultar?

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezado Thiago:
      Primeiro, qual o diagnóstico? Hemorróidas, plicomas anais, ou ambos? Segundo, habitualmente, plicomas são removidos quando da cirurgia de hemorróidas. Por fim, o médico indicado é o proctologista, ou coloproctologista, como queira, e, pesquisando, não encontrei a cirurgia de excisão ou exérese de plicomas contemplada na tabela do SUS, diferentemente da hemorroidectomia.

  238. Junior Says:

    Dr. Estou com uma trombose emorroidal e o Dr que me atendeu falou tudo muito rapido, dizendo para eu fazer compressa de agua morna por 3 semanas e tomar antinflamatorios por 4 dias que seria suficiente para tratar… Fiquei com a dúvida se a pele vai voltar ao normal e se caso contrario posso fazer cirurgia para retirada da mesma? obrigado!

  239. Susu Ma. Says:

    Dr. Gustavo, fui ao procto por dois motivos: fezes ressecadas que me machucam e causaram uma fissura anal (esta já cicatrizou pq estou cuidando da alimentação para conseguir fezes pastosas e passando pomada) . Mas além disto achava que tinha uma hemorroida com prolapso. Toda vez que vou ao banheiro sai uma pele para fora e tenho que colocar de volta e ai me incomadava pq a fissura doia e ai mistura as estações.
    A médica me examinou muito bem , após o tratarmos da fissura , olhou dentro, aparelho, toque e falou que o que tenho é: PLICOMA, ou seja ,excesso de pele no anus. E do lado de fora também existe uma carne crescida , notei , mas como não incomoda só é esquisita não liguei, achei que era normal.
    Ela sugere cirurgia para corrigir, mas como sei que vai ser cortado e costurado fico com medo de demorar a sarar e sofrer muito com dores e de repente uma complicação maior, apesar da médica ser muito conceituada. Mas cada caso é um caso.
    A minha pergunta é: posso conviver com este plicoma cuidando sempre da higiene no ato de evacuar e da alimentação sem que ele evolua para pior qdo estiver com mais idade?
    Hoje tenho 47 e este quadro de colocar o plicoma para dentro já faz uns 3 anos ou mais. Como não sinto mais ardor da fissura sinto que o unico incomodo é recolocar e plicoma para dentro passando uma pomada para não machucar.
    Ele pode crescer ainda mais ou vim para fora e não retornar mais?
    Agredeço a sua atenção.
    PS . não pergunto para a minha médica senão ela vai dizer assim: quer ficar com isso para o resto da vida ? rsssssss

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Susu:

      Pela descrição que você faz do seu problema, que eu entendo como uma lesão maciça que se exterioriza pelo ânus, associada ao diagnóstico de fissura anal, felizmente já cicatrizada, meu diagnóstico inicial seria de papila anal aumentada de volume ou de pólipo fibroso. Plicomas anais não se exteriorizam através do canal anal porque eles estão situados na margem anal, ou seja, na parte externa. Já a papila anal aumentada de volume, que sofrendo um espessamento fibroso e adquirindo uma forma maior e mais arredondada passa a constituir um pólipo fibroso, pode dar origem a manifestações semelhantes à hemorróida com prolapso, pois se exterioriza pelo ânus por ocasião das evacuações, necessitando de redução através de manobras digitais. Além do mais, uma papila anal aumentada de volume,ou mesmo um pólipo fibroso, é também frequentemente encontrada junto à extremidade superior (interna) de uma fissura anal crônica, seu caso. Se o meu diagnóstico estiver correto, e isso lhe causa desconforto, a lesão pode ser facilmente excisada sob uma breve anestesia geral, ou sedação profunda com anestesia local, normalmente com desconforto mínimo no pós-operatório. Mesmo não sendo vidente, existe a possibilidade da lesão aumentar de volume e frequentemente necessitar de recolocação no canal anorretal.

  240. lucas Says:

    Fui diagnosticado com o plicoma e estou fazendo o tratamento recomendado pelo medico usando o supositório proctyl, banho de acento com um comprimidinho roxo q se dissolve na agua. melhorou bastante desde então, diminuiu, não esta mais incomodando nem doendo porem desejo voltar À minha rotina de exercícios físicos que foram suspendidos pelo medico.
    Eu gostaria de saber se a causa do plicoma foi devido ao esforço físico com a musculação e se eu posso voltar a fazer meu treino ?

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezado Lucas:

      Plicomas anais não doem, exceto se sofrerem traumatismo ou alguma outra doença estiver relacionada com os mesmos, por exemplo, uma trombose hemorroidária externa. Analisando o tratamento que você descreve, alguma outra moléstia está associada à presença do mesmo, pois esses medicamentos não são empregados para tratar plicomas anais. O comprimido roxo deve corresponder a permanganato de potássio, empregado como desinfetante, para tratamento de candidíase (micose), etc. Musculação, em si, não determinando traumatismo local, não causa complicações em plicomas anais.

  241. Bruna Maria Importa Says:

    Boa dia dr., há uns 4 dias atrás, após ir ao banheiro, percebi que quando fui me higienizar a região do ânus estava inchada. Posteriormente percebi que ficou uma bolinha na parte exterior do ânus e quando utilizo o banheiro ela incha um pouco mais. Gostaria de saber se isso pode ser plicoma e se poderia me preoculpar com algum tipo de câncer. Se for plicoma o tratamento pode ser feito atravez de anti-inflamatórios? Aguardo resposta, obrigada pela atenção.

  242. elen Says:

    Dr Gustavo parabéns pela iniciativa, utilizando seu conhecimento para esclarecer duvidas, não guarda para si…
    Li todas as suas respostas a respeito d plicoma anal , esta muito mais claro, ja que vou fazer a cirurgia e estava bem preocupada com o pós cirurgico… porém no meu caso tem uma ferida q começa dentro do anus e se estende para cima do plicoma, meu médico disse que essa ferida será cauterizada, por conta dessa ferida tem alguma recomendação A MAIS referente o pós cirurgico??? GRATA ELEN

  243. Ulli Says:

    Oi Dr. estou há 28 dias com uma fissura anal que não cicatriza de modo algum, ja fui na médica trocamos 2 vezes de pomada a ultima ultraproct , tomei ant-inflamatório e nada, estou tomando laxante todo dia para sair pastoso e não doer mas as colicas são teriveis, existe um bolsinha gordinha fora do anus a medica diz ser plicoma, que murcha quando a fissura sarar , vou marcar outro médico para ver se o caso e cirurgia, tenho muito medo.
    Para tirar isso e cicatrizar pode ser a laser ???
    grata

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Ulli:
      Inicialmente, talvez as pomadas utilizadas não tenham sido as mais apropriadas. Evacuar fezes pastosas também não fará a fissura cicatrizar. Confesso que até hoje não tive acesso a nenhum artigo científico que demonstre cura da fissura com tratamento com laser. Leia o “post” fissura anal crônica para obter maiores informações sobre essa moléstia. Na dúvida, escreva novamente.

  244. kelly Says:

    Dr.Gustavo, fiz uma cirurgia a laser para retirada de plicomas há 6 anos, mas voltou de novo. O que devo fazer? Não sinto nada e mem me incomoda. Tenho medo de me dar alguma coisa pior, de maligno. Isso pode acontecer?

  245. juliana castro Says:

    Doutor gustavo meu nome é juliana tenho 27 anos, a 4 meses tenho dores abdominais principalmente do lado direito, como se tivesse uma caimbra na barriga, os médicos dizem que existe uma massa palpável na regiaõ do abdomem, existe também distensão abdominal, com diarreia frequente, perdi muito peso e nao consigo recuperá-los, no ultrasom existem quantidade de liquido moderada no abdomem e a tomografia apresentou o mesmo resultado, a primeira suspeita médica diante dos sintomas é doença do crohn, fiz uma colonoscopia que indicou a presença de uma plicoma, não foi feito nenhuma biopsia ou outro exame, no final fiquei sem saber se tenho ou não esta doença, ja que os sintomas persistem cada dia mais, plicomas podem ser relacionados com a doença do crohn, quando existem sintomas da doença ainda que não tenha sido diagnosticado na colonoscopia? grata Juliana

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Juliana:

      Inicialmente, é necessário informar que a doença de Crohn é uma moléstia de causa desconhecida, caracterizada por inflamação transmural de qualquer parte do tubo digestivo, da boca até a região perianal. Como aproximadamente 80% dos pacientes tem envolvimento do intestino delgado, habitualmente da porção final do íleo, com um terço dos pacientes tendo ileíte, exclusivamente, é de extrema importância que, na colonoscopia, seja realizada a intubação da valva ileocecal e inspeção da mucosa ileal, além de biópsias.
      Para maiores considerações sobre sua colonoscopia, necessitaria do laudo, imagens e resultado de exame anatomopatológico, se biópsias foram realizadas.

  246. Cleusa Says:

    Dr.Gustavo consultei um proctologista ele me disse que tenho vários plicomas, por incomodar, sangrar as vezes e por estética, pois estão para fora perguntei sobre uma possível cirurgia, ele me disse que poderiamos fazer, porém ele não trabalha com pontos e ficaria aberto até a cicatrização que varia de 30 a 60 dias, disse também que ficaria com cicatrizes e meu anus não voltraria mais como antes liso e normal como de todos isso realmente é verdade?

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Cleusa:
      Plicomas anais, por definição, correspondem a saliências de pele na margem anal, portanto são sempre externos. Os ferimentos operatórios podem ser deixados abertos, cicatrizando por segunda intenção, ou podem ser suturados, se for o mais adequado. Além disso, se os plicomas existem, o ânus não é liso. De qualquer forma, habitualmente, quando a cirurgia é bem realizada, o resultado estético é muito satisfatório para os pacientes.

  247. Henrique Says:

    Acho que estou com Plicoma Anal, a que médico devo procurar?

  248. pamela Says:

    Dr. Gustavo,tenho duvidas sobre plicoma,tenho 18 anos eu pelo que andei pesquisando na internet oque eu tenho seria isso pois a aparência e bem parecidas,começou a sai essas “pelinhas” quando tinha uns 13,14 anos,no começo achei que era normal pois tenho problema no intestino sou muito ressecada desde de pequena,mais com o tempo percebi que apareceu mais uma pele so que um pouco maior seria uma em cima e outra em baixo da borda do anus como se houvesse despregado,quando evacuo ao limpar sai sangue no papel higiênico e as vezes fica dolorido como se tivesse arranhado,sinto muito incomodada com isso,gostaria de saber se em um hospital publico tem como realizar enxames pois não tenho convenio e nem dinheiro para um medico particular,com esses sintomas e o aspecto que descrevi daria para o dr me dizer se seria realmente plicoma ou hemorroida grau 1.
    me ajude por favor,obrigado pela atenção

  249. Carolina Says:

    Dr. Gustavo, minha mãe sente um incomodo na região anal, foi ao medico que diagnosticou pequena hemorroida interna, fissura, anal e plicoma, Nisulid por doi dias, uma pomada manipulada para aplicação interna e Xyloproct para a região do Plicoma e banhos de assento, minha mãe reclama que sente agora uma queimação, está deprimida, tem dores ao sentar, não quer sair de casa. Fico muito preocupada pois ela tem 79 anos. O podemos fazer, procurar um novo proctologista? Aconselhe-me por favor.

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Carolina:

      Acredito que, em um primeiro momento, devas retornar ao médico, solicitando esclarecimentos sobre os diagnósticos e condutas referentes à tua mãe. Também, relate como o quadro dela está evoluindo, para que se verifique se alguma modificação no tratamento deva ser realizada. Por último, se não ficares satisfeita, procure outro especialista para uma segunda opinião. Isto é perfeitamente normal e não deve causar constrangimento nem em vocês e nem no médico que realizou o primeiro atendimento.

  250. Ribeiro Says:

    Dr. Gustavo, tenho 39 anos e no dia 28/05, fiz uma cirurgia para retira de um de plicoma anal, cirugia reliazada sem intercorrencia, segundo minha protologista.
    Na primeira semana, pós cirurgia, sentia dores ao evacuar com presença de sangue e, segundo a medica, seria normal.
    Me prescreveu Arflex 200 mg e Tamarine geleia. Já na segunda semana não sinto mais dores, minha dieta e a base de fibras e continuo usando Proctyl no local da cirurgia apos banho. No entanto percebo que existe uma abertura no local dos pontos onde antes existia o plicoma e, por essa abertura, fico com escorrimento todo tempo liquido úmido incolor, tendo que usar gases esterelizadas para absorver essa umidade.
    Pergunto, é normal esse ” escorrimento” de liquido que me deixa umido todo tempo ? em caso de sim, ate quanto tempo ficarei assim na media ? nao deveria esta seca essa região onde foi retirada o plicoma ? já que tenho ainda pontos ? as paredes do anus tem capacidade de fechar por si só essa abertura ou precisarei de nova cirurgia pra fecha essa regiao aberta ? nao poderia ter havido no momento da cirurgia uma retirada a mais de dessa parede do anus e dae esse espaço aberto todo tempo com escorrimento ? grato.

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezado Sr. Ribeiro:
      Essa abertura na área de sutura (aonde os pontos foram dados) provavelmente corresponde a uma deiscência, que é um afastamento das bordas do ferimento operatório. Resta, então, uma área dita cruenta, não revestida por pele, que cicatrizará por segunda intenção. Essa área cruenta normalmente produz uma secreção serossanguinolenta, ou mesmo purulenta (pus), resultado da resposta inflamatória ao trauma tecidual causado pela cirurgia. A secreção desaparecerá quando essa área estiver cicatrizada. Consideradas as variações individuais, o período de cicatrização variará na dependência da extensão do ferimento operatório aberto.

  251. Felipe Says:

    Bom dia dr,
    sairam 4 verruguinhas no meu anus e hoje fui num proctologista e ele me falou que eram plicomas. Ele mandou que eu aplicasse wartec com um contonete bem em cima delas durante 4 dias durante a noite. Porém, pesquisando na internet, eu vi que é indicado para plicomas apenas cirurgia.
    Qual a sua opinião sobre isso?

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezado Felipe:

      Inicialmente, é necessário fazer o diagnóstico correto para indicar o tratamento adequado. Como foi-lhe recomendado o emprego de WARTEC®, que tem como princípio ativo a podofilotoxina (droga com propriedades antimitóticas utilizada para o tratamento de verrugas anogenitais), muito provavelmente as lesões na região anal correspondem a condiloma acuminado. Se esse for realmente o diagnóstico correto, é preciso avaliar se a lesões também não estão presentes no canal anal. Isso é obtido com um exame chamado anuscopia, realizado no próprio consultório médico. Além disso, esclareça bem o esquema de tratamento e a maneira de realizá-lo. Normalmente, não indico que o próprio paciente realize as aplicações na região anal. Por último, se o número de lesões é pequeno, estando localizadas fora do canal anal, a simples excisão com tesoura, até mesmo sem anestesia local, é tratamento mais simples e mais breve.

  252. willyans Says:

    Dr. há 1 e 6 ano e seis meses atras fui no medico ele constatou plicoma anal ai mandou tomar uns remedios, que diminuiu o inchaço e mandou voltar depois de um tempo para retirar a sobra, uma cirurgia na verdade, mas não voltei mas com vergonha, e sinto um disconforto muito grande as vezes até coceira devido as pelos na região do ânus, essa região tem muito suor as vezes já causou assadurar quando chega no final do dia causa até um mal cheiro!! por mas que tome banho e limpe a região e tbm trabalho o dia todo em pé ando bastante, esse suor excessivo as e o mal cheiro pode ser por causa do plicoma anal?

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezado Willyans:
      O plicoma, por si só, não determina mau odor. Ele pode, por dificultar a higiene, normalmente realizada, após as evacuações, de forma inadequada com papel, contribuir para isso. Se ainda não tentou, empregue a ducha higiênica como primeira medida. Também, use roupa íntima de algodão e, se tudo isso não resolver, busque orientações com um dermatologista.

  253. Leda Santos Says:

    Dr.gostei mto das suas respostas á respeito de:PLICOMA ANAL,por isso venho lhe fazer essa pergunta…
    Fui hj.cedo submetida á um exame de “videocolonoscopia”.
    É q.minha irmã teve cancer de intestino em 2006,operou e hj.graças á DEUS ela tá bem.È ostomizada,mas convive bem com o problema.Tenho mto mêdo e por ter sangramento anal é q.fiz o exame citado acima.RESULTADO:Plicoma anal mediano anterior volumoso.CONCLUSÃO: Exame normal.Gostaria de saber pra qual profissional mostrar o exame para o tratamento?
    E se bem entendi esse diagnóstico ñ passa pra cancer…
    Obrigada!
    Espero resposta.

  254. Gizelle Says:

    Dr,Gustavo: Tenho um plicoma diagnosticado em 2008.que não me incomodava.Mas agora comecei a sentir dor e coceira.O que pode estar havendo?Já sei que plicoma tem que ser operado quando incomoda,mas há alguma coisa que posso fazer,durante a dor,uma pomada,algo menos radical que uma cirurgia?Agradeço uma orientação.
    Gizelle.

    • lima Says:

      Dr,gostaria de uma informação eu tenho plicoma anal e não me incomoda estou tirando por estética,o meu medico cobrou para a cirurgia,com internação e anestesia R$ 2,600.00 achei meio caro,sendo que não possui inflamação e nada .apenas um excesso de pele,agora não sei que fazer? o senhor acha que é certo este valor? eu gostaria de saber quanto mais ou menos varia essa cirurgia ?

      • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

        Prezado Sr. Lima:

        O preço cobrado varia de profissional para profissional e depende de outras variáveis como: hospital escolhido, regime ambulatorial ou de internação, necessidade de anestesiologista, etc. Para saber que preço o médico está cobrando pelo seu trabalho, haveria a necessidade de decompor o preço total, item por item.

      • lima Says:

        sim doutor eu pedi para ele ai ele me passou R$490,00 anestesia, R$790,00 hospital e honorários médicos:R$1.320,00,o que o senhor acha? esta dentro do valor cobrado?

      • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

        Voce encontrará tanto valores menores como maiores.

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Gizelle:

      Inicialmente, complicações relacionadas a plicoma ou plicomas anais não necessariamente determinam indicação de remoção dos mesmos (cirurgia). Em relação à conduta adequada para aliviar seus sintomas, cumpre informar que o CÓDIGO DE ÉTICA MÉDICO proíbe o médico de prescrever tratamento ou outros procedimentos sem exame direto do paciente. Portanto, o correto é você consultar com um médico especialista.

  255. lima Says:

    Boa tarde doutor..fui diagnosticado com plicoma anal ele não me incomoda mas quero fazer a cirurgia para retirada por estética sou passivo e isso me deixa com baixa auto estima, gostaria de saber quanto mais ou menos custa a mesma e se ela pode ser feita a laser ou não? perguntei para o medico que fiz os exames e ele me pediu exame de sangue e eletro do coração..mas estou em duvida se faço a cirurgia com ele estou receoso não quero ficar com nenhuma sequela quero que fique bonita a cirurgia e perguntei se ele faria a laser ele me disse que não que para plicoma anal não existe cirurgia a laser? é verdade?e quanto em torno vai sair a cirurgia ..obrigado

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezado Sr. Lima:

      O preço cobrado para a realização de qualquer procedimento cirúrgico é composto por alguns elementos como: grau de dificuldade da cirurgia, regime ambulatorial (neste caso, em consultório ou hospital) ou de internação hospitalar, necessidade de participação de médico anestesiologista ou de cirurgião auxiliar, cirurgião responsável envolvido, etc. O tratamento com laser não lhe trará nenhum benefício significativo e o resultado final dependerá da execução adequada, da conduta no pós-operatório, assim como da resposta inflamatória ao trauma cirúrgico, variável de indivíduo para indivíduo. Com isto, pretendo dizer que, por mais bem realizada que seja a cirurgia, o resultado estético final pode ficar aquém das expectativas.

      • Cleber Says:

        obrigado doutor pelas informações..fiquei só em duvida em um quesito entao quer dizer que o resultado final pode nao ficar perfeito?e assim o meu plicoma é simples ele nao encomoda na verdade é só um excesso de pele nada mais que isso,obrigado e assim doutor entao o senhor acha melhor eu nao fazer a laser?

      • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

        Em verdade, conforme já escrito, considero que a decisão pela conduta a ser adotada é do próprio paciente, desde que este seja bem informado. Ele deve ter conhecimento dos benefícios e consequências possíveis de cada possibilidade de tratamento, assim como do fato de assumir nada fazer.

  256. Gizelle Says:

    Plicoma pode causar câncer?Há 6 anos tive câncer de mama e tudo me apavora.

  257. Ariana Says:

    Ola doutor, eu fui ao proctologista pois tenho plicoma, e fiquei sabendo que se eu desejar retira-lo terei que efetuar uma cirurgia onde nao se leva ponto e seria muito desconfortavel ao ir no banheiro, enfim gostaria de saber se existe somente esse tipo de cirurgia? Grata

  258. diego pereira Says:

    quero parabeniza-lo dr, e tambem tira uma duvida,se um homossexual tive com plicomas, pode ter relações sexuais? desde de ja obrigada……

  259. Marcia Says:

    Olá, Dr.Gustavo K.Pfeifer
    Desde os 24 anos tinha hemorróida e na época o médico disse que eu tinha que operar,com medo nunca mais voltei nele. Hoje estou com 44 anos, tive que fazer a cirurgia,pois estava com trombose e muitas dores, não tive como escapar.Resultado: Fiz uma hemorroidectomia fechada grau 4 com biópsia. O resultado da biópsia não deu nenhuma malignidade, mas as hemorróidas em conjunto tinham o tamanho de 4,5 X 4,0 X 1,00 cm, gostaria de saber se esse tamanho é padrão, ou se deixei elas por muito tempo e ficaram enormes assim? E gostaria de saber tbm se é por isso que tive dores horriveis no pós-operatório. Hoje fazem 1 mês e 7 dias que operei, ainda tenho muitas dores no reto, e tive edema, agora estou com peles para fora do meu anus isso seria plicoma? Porque eu perguntei a minha médica e ela disse que isso não tem nome e falou que se não ceder as peles terei que operar daqui uns 6 meses. Fiquei quieta na sala dela, mas voltei com essas duvidas. Se o senhor puder sanar minhas duvidas agradeço de coração. Gostaria de comentar aqui que após minha cirurgia fiquei com o intestino preso e não saia nada apenas sangue, fui internada de novo,e lá me fizeram 2 toques retais e depois lavagem intestinal. Os tres dias que fiquei internada tomei morfina para dor,antiinflamtorio,oleo mineral,lactulona,etc. Quando voltei para casa segui o conselho de um enfermeiro para tomar 1 colher de sopa de tamarine,mas resolvi tomar 2 colheres de sopa. Conclusão: Tive diarréia por 8 dias, no final só saia agua do meu anus. Tive que tomar sorinho caseiro e comi banana para melhorar pois estava muito fraca e com as pernas bamba, mas agora estou bem melhor. Só aguardando para ver se minhas peles cedem ou não? Espero que tudo isso acabe logo, pois ainda não consigo sentar direito pois tenho dores.
    Me desculpe Dr. Gustavo falar tudo isso, mas acho que servira de exemplo para as pessoas. E aqui eu digo mais, apesar do meu sofrimento não me arrependo de ter operado. Só me arrependo de ter fugido do bisturi quando eu era jovem, meu caso hoje não estaria tão complicado. Por tanto aconselho a todos que o médico indica operaçao que operem.
    Que Deus ilumine à todos aqueles que vão ser operados e a todos os médicos que vão operar.
    Obrigada Dr.Gustavo pelo espaço que nos deu para sanar nossas dúvidas
    Abraços
    Marcia

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Sra. Marcia:

      Desculpe-me pela demora no retorno, mas estive fora do país até alguns dias atrás. Respondendo sua primeira pergunta, as dimensões de tecido excisado por ocasião da cirurgia não parecem algo extraordinário, porém confesso que não tenho conhecimento de que existam estudos estatísticos que mencionem o volume médio de tecido removido em hemorroidectomias. Dependendo da técnica empregada, da sensibilidade à dor, variável de pessoa para pessoa, além das competências diversas dos cirurgiões, a dor será mais ou menos intensa, mas sempre existirá. Entretanto, desconheço pacientes que se arrependeram de ter optado pelo tratamento cirúrgico, quando bem indicado. O emprego de morfina, no pós-operatório, pode ter contribuído para sua constipação, e o uso abusivo de laxativo, determinando evacuações diarréicas por mais de uma semana, pode ter ocasionado uma resposta inflamatória acentuada e formação de plicomas, além de provável fissura residual.

  260. rose Says:

    dr fiz uma colonoscopia pq estava evacoando com sangue o resultado deu doença hemorroidaria incipiente e plicoma anal,gostaria de saber se e normal o sangramento.muito obrigado,aguardo resposta

  261. Elaine Says:

    Doutor Pfeifer:

    gostei muito de ler, entender e desmistificar meus conceitos sobre as doenças proctológicas, principalmente sobre os plicomas.
    Parabéns pela iniciativa de “cuidar” dos pacientes além do consultório .

  262. marina Says:

    Gostaria de operar os plicomas anais que tenho., são dois, porém gostaria de saber um pouco mais sobre a recuperação após a cirurgia. Qual o tempo de recuperação?

  263. Renata Says:

    Olá Dr Gustavo,
    Fiz uma cirurgia para remoção de um plicoma, estou no sétimo dia de PO e percebo um inchaço significativo ainda na região. Estou com um pouco de medo de ficar uma “cicatriz” ainda mais “exuberante” do que o plicoma. Isso ocorre com frequencia? Ou é normal as bordas da ferida cirúrgica ainda estarem inchadas uma semana após a cirurgia? Por tratar-se de uma cirurgia simples, imaginei que com 7 dias de PO a cicatrização ja estaria mais evoluída e sem edemas, mas ainda sinto dores e percebo esse tecido “alto” na região. (Tentei falar com meu médico sobre isso mas ele está viajando e meu retorno so acontecerá na próxima segunda feira). Agradeço desde já sua atenção e ajuda,
    Renata

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Renata:

      Como relatei em outra ocasião, estava em viagem no exterior. A resposta inflamatória nos ferimentos operatórios é variável de pessoa para pessoa, dependendo também da técnica cirúrgica empregada e da conduta no pós-operatório. Os resultados obtidos, desta forma, variam de cirurgião para cirurgião. Dependendo da quantidade de pele removida, não é incomum a dor persistir por mais de uma semana.

  264. edileuza Says:

    Bom dia, Doutor! tenho plicoma interma a muitos anos, e vejo que ela nunca murcha. Tenho sensacão q ela cresce… Só de pensar em evacuar me dar uma tristeza enorme, ela sai toda pra fora. É muito ruim fazer a higienizaçao e devolver ela pra dentro de novo. É muita tristeza… Será que nao existe algum remedio faça murchar esse caroço? seria tão bom… Mês que vem vou fazer uma cirurgia e desde então já sonho com a dor após a cirurgia. Deve ser muito doloroso………..
    Att,
    edileuza

  265. giulia Says:

    Olá DR.!
    me esclareça dessa grande duvida.eu tenho 23 anos e agora surgiu acredito eu que seja um plicoma de uns 3 cm quase proximo do canal vaginal..como proceder.uma ginecologista ira me ajudar? e sofro de prisao de ventre..ja sofri com purido..isso me encomoda muito e por questao estetica tambem.tenho que fazer cirurgia?.desde ja agradeço;att

  266. tatazinha Says:

    Olá, gostei bastante do seu site e da maneira com que esclarece as dúvidas. Muito atencioso. Fui recentemente a dois médicos coloproctologistas, a procura de saber mais a respeito de técnicas para a retirada de plicoma anal. E os dois, me desaconselharam a fazer tal procedimento devido ao tamanho do plicoma, visto que é uma região difícil de cicatrização, e que eu poderia ‘trocar’ o meu plicoma por um maior, devido ao trauma operatório. Vi em um site, um médico dizendo que tem uma taxa de sucesso considerável utilizando laser. Gostaria de saber se procede tal informação. Procuro por uma resposta pois esse problema incomoda bastante por n fatores, que o Dr no texto acima citou.

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Tatazinha:

      Obrigado pelo depoimento. Como não realizei seu exame físico, não posso fazer nenhuma consideração sobre a opinião dos colegas. Porém, é verdade que existem regiões no ânus mais pobremente vascularizadas, determinando uma dificuldade maior na cicatrização do tegumento. Quanto ao médico que diz ter uma taxa de sucesso “considerável” com o emprego de “laser”, fica difícil quantificar o que é “considerável” em termos de taxa de sucesso.

  267. caroline Says:

    Doutor, adorei seu post!
    Gostaria de saber se a existencia de um plicoma significa tbm q há hemorroidas

  268. Thaisa Soares Says:

    Olá dr tenho 14 anos sinto dores muito fortes ao evacuar e um pouco depois também .Eu mesma pesquisei na internet e tenho certeza que tenho plicoma anal ,mas também tenho como se fosse um corte que dói muito .Como tenho vergonha de ir a um proctologista será que existe algum tipo de pomada para mim passar que cicatrizará ? Qual ?

  269. Roberto Says:

    Boa tarde, Doutor! Há alguns anos tive uma crise de hemorróidas muito severa que inchou bastante. A mesma foi curada com aplicaçaõ tópica de pomadas, mas depois desse episódio eu fiquei com uma saliência no ânus, que confere com a descrição deste post. Só que de alguns anos pra cá, se eu forçar muito na hora de evacuar, essa saliência incha e fica dolorida. Sinto também uma coisa mais rígida internamente, como se fosse um vaso. Após ler seu post estou na dúvida de que se trata mesmo de um plicoma ou se na verdade ainda é a hemorróida que tive há alguns anos e que deixou essa sequela. Gostaria também de saber se no caso da remoção cirúrgica, se o pós operatório é muito sofrido. Muito obrigado, desde já e parabéns pelas informações compartilhadas consco.

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezado Roberto:

      A dor, como sintoma, varia de pessoa para pessoa e depende de fatores outros, como quantidade de tecido removido, técnica adotada, medicamentos empregados no pós-operatório, etc. Um profissional competente deverá esclarecer todas as suas dúvidas.

      Atenciosamente,

      Gustavo Pfeifer.

  270. Marcia Says:

    Olá Dr. Gustavo, fui submetida a uma colonoscopia ontem, e o diagnóstico conclusivo, foi justamente plicoma anal, gostaria de saber se é necessário a realização desta cirurgia, ou possui algum tratamento que possa interromper essa doença. E quero saber se a interrupção deste tratamento ocasiona um câncer futuramente?
    Grata: M. O.B.S. Pa. Em 07.02.12

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Marcia:

      Se você ler atentamente o texto sobre “plicomas anais”, observará que a decisão por operar, ou não, é do paciente. Não existe a necessidade de colonoscopia para diagnóstico de plicoma anal, já que o problema é externo. Também não existem relatos de degeneração maligna dessas alterações de pele.

      Atenciosamente,

      Gustavo Pfeifer.

  271. Lilian Says:

    Prezado Dr. Gustavo, hoje faz quinze dias que fiz uma cirurgia de retirada de hemoroidas, as dores quase insuportável do pós operatório estavam mais amenas, quando ha 4 dias percebi a saliência e o retorno das dores, hoje tive retorno médico e este disse que a saliência é um plicoma, fiquei apavorada com a possíbilidade de ter que voltar a fazer uma cirurgia (ainda estou no trauma da dor do pós), meu médico disse que sumirá sem a necessidade cirurgica, mas agora pesquisando sobre o tema vejo que existe a possíbilidade sim de ter que operar, no meu caso não por questão estética (jamais operaria por este motivo), mas pela dor que causa, não dá pra conviver com essa dor. Aí pergunto: o plicoma pode sumir expontaneamente? E ainda, caso tenha que retirar cirurgicamente o plicoma, a dor do pós operatório desta é tão intenso e desconfortante como a cirurgia para a retirada das hemorroidas? Desde já agradeço por seu precioso parecer.

  272. Silvana Says:

    Dr. Gustavo,
    achei bastante esclarecedoras as informações do blog. estive em consulta ontem e somente com a medicação, já senti melhoras (alívio da dor). Fiquei bastante curiosa em relação a opção de “retirar o plicoma por razões estéticas”…bom final de semana!

  273. karla Says:

    plicomas podem surgir em decorrencia da prática de sexo anal? e para quem fez hemorroidectomia, essa prática é desanconselhada ou não interfere em nada (após o período de recuperação)?

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Karla:

      Em tese, plicomas podem se desenvolver como consequência de sexo anal. Em relação à sua segunda pergunta, a complacência anal diminui após a hemorroidectomia, em decorrência da retirada de parte da pele da região e consequente substituição por tecido cicatricial. Entretanto, isto não significa necessariamente impossibilidade para a realização de sexo anal. Há de se avaliar caso a caso.

  274. Eric Says:

    Doutor tenho retocolite ulcerativa inespecífica e sempre tive problema de hemorróidas, mas sempre consegui resolver através de pomadas, banho de assento e medicamentos, mas dessa vez apareceu plícoma anal, eu queria saber se eu não vou ter problema em fazer cirúgia devido o meu problema que eu tenho que é a retocolite, pois segundo um médio em que eu fui ele me disse que minha hemorróida está com sinal de cicatrização e o problema seria esse plicoma anal, pois eu sinto muita dor qdo. eu vou me limpar, as vezes sangra um pouquinho e sinto um pouco o meu anus um pouco pesado.Gostaria de ouvir sua opinião sobre isso doutor!

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezado Eric:
      Estava com dívida para com você. Espero que ainda possa ajudá-lo. Plicomas anais não sangram naturalmente. Isso poderá ocorrer se a pessoa realizar higiene anal com papel de maneira obsessiva, por exemplo. Como seu diagnóstico é de Retocolite Ulcerativa Crônica Inespecífica (RCUI), doença inflamatória que somente acomete a mucosa do intestino grosso, diferente da Doença de Crohn, a pele não deve estar comprometida. Tente realizar a higiene com jato d’água (com ducha higiênica ou no bidê) após as evacuações. Papel higiênico para “limpeza” do ânus, do meu particular ponto de vista, é um equívoco cultural.

  275. Gleyson Says:

    Olá!
    Gostaria de esclarecer uma dúvida, e agradeço desde já.
    Quero saber se doar sangue causa algum tipo de nódulo anal, fissura, abscesso, ou algo do tipo, como decorrência da perda sanguínea.
    Obrigado!

  276. Vanessa Says:

    Dr Gustavo, fui ao médico essa semana e fui diagnosticada com Plicoma, ele me indicou uma dieta e um medicamento chamado Venalot junto a uma pomada também, perguntei se poderia fazer cirurgia, ele disse que não precisava, mas também informou que somente com essas orientações que ele passou a “pele” não irá sumir, e simplesmente parar de incomodar. Pra essa pele sumir é só mesmo com cirurgia?
    Obrigada!
    Vanessa

  277. D. Freitas Says:

    Dotor, fiz uma cirugia de Hemorroidas a quase 2 anos e a quase um mês o meu médico cauterizou 2 plicomas com um objeto quente. Nos primeiros dias eu só sentia uma ardencia, mas agora não arde mais quando eu coloco pomada, mas as dores aumentaram muito quando eu vou evacuar, mas não tenho nem uma fissura. O que será que está conteçendo, pois ainda cinto umas bolinhas que meio saem para fora quando eu faço a higiene.

    Dino freitas!

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezado D. Freitas:

      Essa pergunta você deverá fazer ao seu médico assistente.

    • Leda Santos Says:

      Então,ainda ñ fui ao clinico geral mostrar o exame,mas assim q.for e tiver o parecer ou talvez ele há de me encaminhar pra um proctologista,Eu darei uma resposta ao senhor…Eu quero é entender sobre o sangramento,q.ñ é pouco.Ñ é sempre,mas qdo acontece me encomoda,me preocupa.Ñ sinto dores.Já cheguei á pensar q.pode ser tolerancia a algum alimento…O Dr.pode me adiantar algo q. me faça mal á respeito de algum tipo de alimentação q.possa ser prejudicial? Teve uns tempos q.tomava de vez enqdo uns comprimidos chamado “erva de bicho”,esse pelo menos regula o meu intestino.No postinho da minha cidade há um gastro,se tiver oprtunidade vou mostrar esses exames.Espero mais alguns esclarecimentos seus,até q. isso aconteça .GRATA! Abraços.

  278. maiza Says:

    Oiiiiii bom dia eu tenho plicoma anal mas isso me incomoda muito porque eu tento muito medo que venha ter uma doença ou mesmo cancer que deus me livre disso por favor me tire essa duvida sinto dores não tenho dificuldade de ir ao banheiro não mas quando eu estou evacuando ressecada sai sangue isso é que me deixa doida por favor me responda qualquer coisa.

  279. Lima Says:

    Por receios de cancer submeti me a colonoscopia e não retornei ainda ao médico, mas no resultado constaram as tais plicomas e nódulos hemorroidais nivel III. Devo me submeter à cirurgia?

    Lima

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezado Sr. Lima:
      Como já escrevi anteriormente, a decisão de tratar, ou não tratar, clínica ou cirurgicamente, essas duas moléstias, em caráter eletivo, do meu particular ponto de vista, é prerrogativa do paciente, desde que este esteja bem informado. Hemorróidas internas que se exteriorizam pelo ânus (prolapso) e que necessitam de manobras digitais para sua redução são classificadas classicamente como de terceiro grau. Esta caracterização é habitualmente obtida pela anamnese e pelo exame físico realizado no consultório, e não, pela colonoscopia.

  280. Carolina Says:

    Doutor Gustavo,
    Primeiramente, gostaria de parabenizá-lo pelos esclarecimentos que tem prestado à comunidade a respeito de temas relacionados à proctologia.
    Em segundo, queria fazer um desabafo…
    Desde os meus 20 e poucos anos tinha um plicoma, que me incomodava muito. Quando tive um agravamento do problema de hemorróida, anos depois, fiquei até contente pela oportunidade de livrar-me do problema, já que o médico não operaria por questão estética, como me disse. Feita a cirurgia, continuou ele lá. O médico disse que não era o plicoma, que era edema, que sumiria, etc. Mas, passou o tempo e nada…
    Agora, aos 40, um outro médico concordou que eu tinha o direito de fazer a retirada do plicoma por questão estética, mas que seria feita por internação e anestesia geral. Passado algum tempo, uma trombose levou-me a procurá-lo. Devia ter-lhe relembrado que o que me incomodava era o plicoma, pois quando fui para a cirurgia, a trombose, como ele mesmo prognosticara, já havia sumido com a medicação. Assim, fui internada por um dia e uma noite para o procedimento. Quando vi o resultado, depois de algumas semanas incomodada com os inchaços, quase chorei. O plicoma foi cortado, mas não houve pontos. A pele excedente formou um pequeno plicoma, ao lado de um corte e do lado onde tive a trombose, ficou uma elevação dura, com uma dobra, parecendo outro plicoma. O médico disse que é assim mesmo, que o corte se fechará e que o que vejo inchado é um edema. De novo? Já passou meses e não vejo melhora. O chato é que agora não tem mais jeito, não posso voltar no tempo e deixar tudo como estava. Terei que conviver com um complexo e um incômodo ainda maior. Não sabia, Doutor, que também na proctologia uma emenda poderia ficar pior do que o soneto. Nem imaginava que uma cirurgia para retirada de plicoma ou trombose pudesse deformar essa região… Se tivesse lido a sua resposta para a Manuela datada de 15/11/2011…

  281. Fabiana Says:

    oi bom dia sou Carla e tenho plicoma eu posso conviver com isso por muito tempo? sem se tornar um câncer? mas o meu plicoma esta duro, pois era para tar murcho. por favor me explique.

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Carla:
      Inicialmente, esclareço que não existem relatos de plicomas que tenham evoluído para câncer. Portanto, se desejar, conviva com os mesmos. Em segundo lugar, como escrito anteriormente, processos inflamatórios podem determinar fibrose e consequente infiltração dessas saliências de pele. Também, o diagnóstico diferencial deve levar em consideração a possibilidade de projeções externas no ânus corresponderem a papilas anais aumentadas de volume ou pólipos fibrosos. Escreverei sobre este tema ainda esta semana.

  282. Paula Says:

    Dr. está muito bem explicado o tema.
    Tenho plicoma desde a 2ª gravidez (20 anos). Atualmente não encomoda.
    Mas por razoes de higiene e estética fui consultar com 02 proctologistas e fiquei decepcionada com o resultado. Sugeriram
    cirurgia como se eu tivesse hemorroida. Envolve o anus inteiro,
    recuperaçao demorada, enfim como tenho apenas excesso de pele em uma pequena regiao, gostaria de saber se um cirurgiao geral nao atenderia meu caso. Moro no PR aqui não temos tratamento a laser. Agradeço se puder responder.

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Paula:
      Se você realmente apresenta um plicoma anal, ou plicomas em apenas um quadrante do ânus, não existe a necessidade de operar os outros quadrantes. Basta apenas realizar a excisão do mesmo, deixando as demais áreas intactas. Também, como deixei claro quando abordei este assunto, a decisão de operar, ou não, é sua. De qualquer forma, optando pela cirurgia, peça todos os esclarecimentos e eleja um profissional competente.

  283. Manuela Says:

    fiz uma hemorroidectomia ha quase 4 meses,so que agora,ontem me operei de fissuras e plicomas.Será que corro risco de operar novamente?

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Manuela:
      Plicomas e fissura ou fissuras anais podem ocorrer como consequência da hemorroidectomia. Os primeiros, mais frequentes, como resultado de edema (inchaço) da pele adjacente aos ferimentos operatórios. Operá-los, ou não, é decisão que cabe ao paciente, após esclarecimentos com seu cirurgião. A formação de fissura é um evento mais raro e ocorre quando um, ou mais, dos ferimentos operatórios não cicatriza adequadamente. O tratamento pode ser clínico ou cirúrgico, conforme exposto no tópico fissura anal crônica. A cirurgia de eleição é a esfincterotomia anal interna lateral com taxas de recidiva extremamente baixas.

  284. Silvia Says:

    Gostaria de saber se essa doença e transmissivel.

  285. mara regina Says:

    acabei de fazer um colonoscopia e apareceu esfíncter normotonico plicomas

  286. Karen Gebrael Says:

    Tinha uma pelinha pra fora e fui ao médico dizendo que aquela pele me incomodava. Não tinha dor, nem sangramento, mas apenas uma dificuldade de ir ao banheiro por minhas fezes serem muito grandes. Me indicou para cirurgia. Sofri demais no pós cirúrgico e o resultado foi péssimo. Agora tenho não uma e sim duas peles pra fora enormes, que dificultam a higiene e que pegam a volta toda do meu anus. Sangram qdo vou ao banheiro. Fui a dois médicos e estou fazendo tratamento com PlantaBen, miosan Caf, banho de assento 2x ao dia, passo uma pomada de dimitrato de exossorbida 2x ao dia por que no pós operatório me deu uma pequena fissura, mas com essa pomada já fechou.
    To muito deprimida porque fiz a cirurgia para melhorar e piorei muito, nunca tive problemas com pimenta e agora se como me arde e sangra na hora de evacuar.
    O médico que me examinou falou que são plicomas grandes, mas fiquei na dúvida por sentir incomodo ao evacuar. Será que vou ter que passar por nova cirurgia ou esses plicomas podem ser reduzidos a zero com tratamento?
    Obrigada.

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Karen:

      Você não informou que incômodo percebia pela existência da saliência de pele no ânus, para que o médico indicasse a cirurgia. Em relação aos plicomas, sinto informá-la que eles não desaparecem espontaneamente.

  287. elisabeth Says:

    Dr Gustavo, sou sua paciente e gostei muito dessa sua explicação, até me identifiquei com o problema. Na próxima consulta esclareço dúvidas. Abraços. Beth

  288. sílvia Says:

    Olá, Dr. gustavo.
    Tenho interesse em saber sobre a técnica chamada de Dearterialização Hemorroidária Transanal guiada por Doppler, ou THDl.
    Agradeço desde já sua disponibilidade em responder.Abraços.

    • Dr. Gustavo K. Pfeifer Says:

      Prezada Sílvia:
      Mais de um ano se passou desde que você escreveu, perguntando sobre o tratamento da doença hemorroidária pela técnica de dearterialização hemorroidária transanal (THD), também conhecida como ligadura arterial hemorroidária Doppler-guiada. Confesso que não lhe respondi naquele momento, por desinteresse na técnica e, também, porque não costumo tecer comentários sobre práticas que não realizo. Peço-lhe desculpas pela resposta tardia, porém ela poderá servir para outros com semelhante dúvida. Na Medicina, como em outras ciências ou atividades, como queira, as indústrias estão sempre querendo inovar, mesmo que isso não necessariamente signifique melhores resultados terapêuticos. O que inicialmente parece ser a panacéia para todos os males, o tempo traduz muitas vezes em resultados pífios. De qualquer maneira, até hoje, desconheço especialista em Coloproctologia em Porto Alegre (RS) que empregue essa técnica. Revendo a literatura médica, artigo publicado no periódico “Diseases of the Colon & Rectum” (2008;v51,pp.945-9) revela que a taxa de recidiva da doença foi de doze por cento 12,6 meses após o emprego de THD, com esses pacientes sendo submetidos à cirurgia complementar com o emprego da mesma técnica ou até de hemorroidectomia convencional. Trabalho mais recente, com acompanhamento de até cinco anos, publicado na revista “Techniques in Coloproctology” (2012;v16,pp.61-5) conclui que a THD é efetiva para hemorróidas de segundo grau, isoladamente parecendo menos eficaz para hemorróidas de terceiro grau. Cumpre lembrar que inúmeros trabalhos científicos demonstram que a ligadura elástica – que pode ser realizada no consultório sem anestesia qualquer – só perde em eficácia para a hemorroidectomia convencional, quando comparada com a mesma, tendo as hemorróidas anteriormente citadas como indicação terapêutica. Cumpre salientar que THD não trata alterações outras concomitantes, como os plicomas. Espero, desta forma, ter-lhe fornecido dados suficientes para que forme sua própria opinião.

  289. MARIA GOMES Says:

    Foi interessante compreender o assunto. Já fui sua paciente! Parabéns pelos objetivos deste site.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 61 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: